SOFRER POR AMOR PODE SE TORNAR UM VÍCIO

Uma nova pesquisa sobre o cérebro diz que a rejeição de um amor pode ser semelhante a de ter de se livrar de um vício. Os pesquisadores descobriram que, enquanto olham para as fotografias dos antigos parceiros, por exemplo, homens e mulheres com o coração partido ativam regiões no cérebro associadas com recompensa, ânsia do vício, controle das emoções e sentimentos de apego, dor física e angústia.

Os resultados do estudo explicam os motivos que tornam muito difícil para algumas pessoas superar uma separação. Também esclarecem porque, em alguns casos, as pessoas partem para atitudes extremas depois de perder o amor, como perseguições e assassinatos.

A boa notícia, também descoberta no estudo, é que o tempo cura a dor dos corações rejeitados. Quanto mais o tempo havia passado desde a separação, menor atividade era encontrada em uma região do cérebro associada ao prazer e à recompensa.

Postar um comentário

0 Comentários