CONHECI MEU AMOR NA JUVENTUDE E HOJE SOU AVÓ



Em que momento nos escapamos um do outro e porque...

Meu amor de almas... totalmente de almas !!!! Ele me marcou pra sempre, muito embora não encontre explicações pra isso. Não vivemos grandes momentos juntos, mas sinto que, de alguma forma ele faz, fez e fará parte da minha vida.

Penso nele com carinho e um amor que não se explica de onde vem. Não é um amor possessivo, mas tão somente um bem querer inexplicável. Quando penso nele me sinto aconchegada, protegida em seus braços. É como se nada de ruim pudesse me alcançar e como se todos os problemas que tenho hoje, ele me assegurasse que vai passar, que devo passar e no futuro ele estará lá me esperando pra me abraçar. E logo me vem uma sensação de conforto que é muito boa.

Nunca terei a resposta mas um dia sei que o terei de volta.

Mesmo tanto tempo passado ainda existe algo que nunca consegui explicar e ainda me pergunto: o que houve de errado para que não ficássemos juntos?!. Em que momento nos escapamos um do outro e porque...

Nossas vidas se cruzaram um dia, mas tomaram rumos completamente diferentes e não nos alcançamos mais fisicamente. Mas o pensamento... estamos juntos sempre, mesmo sem saber muita coisa mais da vida um do outro.

Sei que também sente o mesmo, pois embora muito tímido e comprometido com uma família formada, ele também diz que pensa muito em mim, que jamais conseguiu me esquecer, que tem frio na espinha quando pensa em mim, mas no momento as condições não são favoráveis. Eu concordo e entendo, pois também tenho minha vida e minha família formada. Conheci meu amor na juventude e hoje  já sou avó
 

Depoimento anônimo. Leia texto original

Postar um comentário

0 Comentários