As animações dos "Estúdios Disney" não serve apenas para filmes, mas também para curtas que a empresa costuma fazer, utilizando novas linguagens e técnicas. É o caso do vídeo acima, chamado "Paperman", uma história de amor, que não precisa de nenhuma palavra para ser contada

Apresentando uma técnica inovadora que combina perfeitamente imagens geradas por computador e desenhos à mão, o diretor John Kahrs conseguiu sua primeira indicação ao Oscar de curta de animação. Usando um estilo preto-e-branco minimalista, o curta conta a história de um jovem solitário, em meados do século, na cidade de Nova York, cujo destino toma um rumo inesperado depois de um encontro casual com uma mulher bonita no caminho para o trabalho. Convencido de que a garota de seus sonhos se foi para sempre, ele recebe uma segunda chance quando a vê em uma janela do outro lado da avenida onde trabalha. Com apenas o seu coração, imaginação e uma pilha de papéis para conseguir sua atenção, seus esforços não são páreo para o que o destino tem reservado para ele.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Editor

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;