ADORARIA TER ATRAÇÃO POR MULHERES

"Estou enfrentando uma barra em minha vida, eu sinto atração por homens mais me nego acreditar que eu sou gay e por mais que eu saiba e por mais que tente fugir disso eu não consigo. Estou cansado de ver alguns amigos tirarem onda da minha cara com relação ao meu jeito e até mesmo pessoas da minha família. Tenho apenas 17 anos e sofro com isso há bastante tempo. Na escola algumas pessoas diziam que eu era gay, mas nunca muito além disso. Ninguém nunca tentou me agredir, mas as vezes as palavras machucam mais que uma pancada.

No lugar onde moro tenho alguns amigos. Alguns não me menosprezam, mas às vezes eu sinto um pouco de rejeição da parte de alguns. Eu tenho em mente de jamais assumir minha homossexualidade, pois sei que eu irei viver um verdadeiro 'inferno'. As pessoas esquecem que o gay é uma pessoa normal, que tem sonhos e que temos objetivos na vida. Eu invejo pessoas corajosas que não tem medo de ser realmente quem são. Dentro da minha família seria um escândalo um gay. Sei que seria rejeitado por todos. A única certeza de que tenho é de que, mesmo sem me aceitar, minha mãe gostaria de mim da mesma maneira. 

Vou admitir que já pensei sim em suicídio. É difícil mais para mim e, por vezes, parece a única solução. Penso em fazer isso e escrever uma carta para que o mundo veja o quanto os homossexuais sofrem com isso. Tenho certeza que ninguém desejaria ter nascido gay. Até hoje não conheço ninguém que diga que adora ser gay, pois quem iria adora ser discriminado no meio da rua, espancado, ser o viado da escola e da sala de aula. É muito difícil. Adoraria ter atração por mulheres, mas em meus pensamentos sexuais só me vem à cabeça homens. Já gostei de alguns garotos e até mesmo de homens mais velhos. No momento não gosto de ninguém. Melhor assim."

Compartilhe no Google Plus

Sobre Editor

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

17 comentários :

  1. Não sei muito bem como colocar as palavras, desculpe se parecerem grosseiras mas não é a minha intensão.Conheço alguns casos de homens casados e que se mantem neste como uma faixada para viver, penso que porque são homens mais velhos e de uma clase social elevada em minha cidade, desculpe mas você vai querer viver de aparencias pra toda a vida ? Você só tem 17 anos para estar fraco e se entregar assim, a sua vida vale tão pouco assim para ser destruida por palavras maldosas e olhares invejosos ? Aprendi que neste mundo as pessoas principalmente familiares a intensão de cada um somente é ser egoísta e pensar em si, os falsos amigos comentando, a tal moral que se tem de ter perante a sociedade, se formos parar e analisar a gente vive o que os outros querem e esquecemos de nós mesmos, do que a gente gosta, dos nossos prazeres, das pessoas, lugares, comidas, roupas, enfim..., não deixe que tomem conta da sua vida ergue a cabeça peça a DEUS uma direção e siga em frente, mas suicidio por favor nunca mais pense nisso, seja um vencedor.

    ResponderExcluir
  2. Meu querido,li seu post e vim aqui para te falar que não desista de viver.Esqueça esses pensamentos ruins,eu conheço um amigo meu que sofre piadinhas maldosas,só pelo fato de ser sensivel,mas não é gay.Não deixe que os outros falem o que você é.Quem é você?Como você mesmo se julga ser?Que você sinta o amor das pessoas, principalmente da sua familia que querendo ou nao acaba sendo a mais chegada das pessoas em nossas vidas.Que você não perca seus sonhos,seu valor e a vontade de viver.Você tem um coração e isso já basta para ser especial.Que você tenha um dia maravilhoso,mesmo com as dificuldades.se cuida moço.beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. olá amigo só quero que vc saiba que não precisa se entregar e pensar em morrer....não é nada fácil eu sei porque também sou gay e como vc n queria ser mas a vida é muito mais importante tenha força e tenha muita fé.JESUS te ama desse jeito assim,não desista da vida nunca.

    ResponderExcluir
  4. Tente se abrir com as pessoas que sejam realmente seus amigos. Se houver algum tipo de rejeição, você descobrirá quem te merece de verdade. Acredite! Eu também já passei por isso.

    ResponderExcluir
  5. Moleque, é o seguinte: DEUS, o criador, criou o homem e a mulher por algum motivo, compatíveis sexualmente. O sexo entre homens é agressivo ao organismo. Pense nisto. Procure um bom psicólogo para tentar descobrir porque você sente isso. Geralmente advém de alguma carência paternal ou familiar.
    Eu já pensei que fosse gay, já que devido a fatores familiáres, peguei raiva e desprezo pelo sexo, relacionamentos com mulheres... Comecei a pensar que de repente com homens poderia ser o caminho. Cheguei ao quase e fiquei com tamamnho nojo que decidi ficar sozinho e assumir minha assexualidade. Até que as mulheres foram surgindo na minha vida e o sexo e os relacionamentos se mostraram gostosos.

    ResponderExcluir
  6. Bom , querido e bem dificil assumir a hosexualidade , mas eu convivi como a vontade de me assumir ate os meus 28 anos por causa da minha familia , pois meu pai era muito machista e tinha orgulho de ter um filho homem . Mas as coisas nao sao bem assim , quem sofre como isso e nois ... Entao um dia criei coragem e falei para meus pais se eles ma amassem me aceitariam como eu sou , no inicio foi dificil , mas agora graças a DEUS , meus pais me aceitam pois o amor que eles tem por mim foi maior que a minha opçao sexual ... Te desejo uma boa sorte e tudo de bom , e seja feliz do jeito que vc è e jamais mude para agradar os outros ! Um abraço ... \o/\o/

    ResponderExcluir
  7. Ow meu querido!! emocionante texto, saiba que na vida nada é fácil vc é a prova concreta disso... não mude o seu jeito, quem te amar vai te aceitar de qualquer forma, eu tenho vários amigos gay e se vc quer saber eu acho eles bem mais leais do que certas amigas... Olha! não desanime e nunca jamais pense em deixar de ser feliz ao lado de quem vc realmente ama. Antes de pedir para a sociedade te aceitar, ACEITE-SE!!! ama-se, So depois disso as pessoas te aceitaram. Tenha personalidade, isso é so os fortes que tem. beijos carinhosos que vc possa ser feliz com a sua opção sexual. ^^

    ResponderExcluir
  8. Hoje em dia a homossexualidade tem se tornado algo de certa maneira comum na nossa sociedade. Pense meu querido, se você já gera em sí toda essa negatividade, o que você espera dos outros? Na minha opinião, o que falamos, o que pensamos, o que jogamos pro mundo é o que volta pra gente. Se conectamos a nossa mente em pensamentos positivos, coisas positivas virão em troca. Eu também tenho 17 anos, e me coloco no seu lugar...deve ser muito difícil passar por toda essa tortura que você passa, mas saiba que suicídio não vai resolver as suas pendências nessa vida, muito pelo contrário, só vai piorar as coisas trazendo sofrimento pra sua família! Procure por amor.. independente se ele vier de um homem ou uma mulher.. o amor é a chave para um mundo melhor! =)

    ResponderExcluir
  9. Querido, todos nós somo filhos a mados por Deus. Ele é bom e justo para com todos, se a tua familia não te acolhe nem te entende, são eles que não te merecem. Tenho amigos gays, e digo com muito orgulho , são as melhores pessoas que conheço, são prestativos, profissionais, uteis a sociedade e inteligentes. Tenha fé peça coragem a Deus pois Ele nunca abandona um filho amado. Quanto aos colegas da escola , são uns ignorantes, não te conhecem de fato, não são humildes, não sabem as suas dores também não merecem a sua amizade. Busque estar entre os que te consideram, se imponha com altivez , seja o melhor da sua família nos estudos, no profissional, assim eles te respeitaram e terão orgulho de VC. Não te conheço, mas já gosto de vc pela sua coragem de falar dos seus sentimentos, meus 4 amigos gays sofreram o que vc esta passando na pele. Eu te acolho e te amo!!
    Sonia Leite

    ResponderExcluir
  10. Pois a sua vida é parecida com a minha e a de muitos gays que não conseguem se assumir. Pois a cada dia que se passa parece que estamos numa luta que não tem fim, e essa luta é contra a nossa propria insastifação de está no mundo que parece não pertencer a nós gays. Mesmo assim agente vai tentando sobreviver. Até que chega um momento em nossa casa no cantinho pela noite debaixo do chuveiro e desabamos ali mesmo sem ninguem,sem nada pra nos ajudar ou nos acolher pela nossa tristeza, a nossa solidao , o sofrimento de deixar de existir pra nunca mas querer passar por essa marmuria que só la no funda mas bem lá nas profundezas da nossa alma é que sabemos o que passamos e ao menos sem poder expor. Mas eu não queria expor isso pro mundo mas expor pelo menos a alguem que gostasse realmente da gente como somos (gays).
    Pois no meu particular já tentei de tudo pra poder me livrar dessa culpa de ser gay,porem eu passei a me aceitar do jeito que eu só e com isso acabei decepcionando pessoas que acreditavam que um dia eu iria formar uma familia com esposa ,casamento,filho,netos e outras coisas no seus devido tempo
    no entanto eu parei de sofrer com 28 anos de idade e passei a bola do sofrimento pros meus pais com a decepçao de ter um filho gay hoje tenho 36 e vivo minha vida ainda lutando contra tabus nessa sociedade que diz nao ter mas preconceito.

    ResponderExcluir
  11. nossa nós temos exatamente o mesmo problema minha família inteira a vida inteira falo q se nascesse algum gay é bom ele nem chegar perto de nenhum deles tanto a parte do meu pai como a da minha mãe e os dois também são assim e o nosso único problema é o medo de aceitação, eu já contei para meus 2 irmãos e 1 amiga e eles continuam me amando como normalmente para eles não mudou nada mais é difícil mesmo,minha própria família fala de mim pelas costas que eu sou muito carinhoso com os homens que eu me arrumo de mais,que eu tenho um geitinho acho isso horrível pois é descriminação mas quem sabe um dia as coisas melhore para nós. ;)

    ResponderExcluir
  12. Querido amigo,já passei por isso, sou homossexual,tenho 45 anos, no inicio foi quando me descobri foi muito complicado talvez até mais que nos dias atuais pois o preconceito era muito grande.O primeiro passo que dei foi aos 18 anos comecei a trabalhar, pois assim não necessitaria de ficar pedindo as coisas para meus pais,ou seja o gosto e o prazer de receber o salário e comprar tudo aquilo que muitas vezes era negado.Economizei muito dinheiro ao longo de muitos anos praticamente 17 anos sofridos porém bem prazerozos quando comprei uma pequena casa no interior de São Paulo.A casa era simples mas aos poucos fui reformando e deixando do meu gosto,comprei um carro não era do ano pois também não quis me individar. o tempo passou e hoje sou muito feliz sinto-me dono do meu nariz fiz muitas amizades ao longo desses anos é lógico o preconceito sempre vai existir, mas não se preocupe há sempre pessoas que nos amam e gostam da gente como a gente é. O importante é você fazer o que gosta, sempre tem alguém que vai compartilhar com você os mesmos gostos, de tempo ao tempo um dia você vai rir do passado e perceber que viver é muito legal, quem sabe ao lado de alguém bem legal.
    Desejo-lhe que seja feliz

    ResponderExcluir
  13. Olha amigo, sei bem o que você está passando, tenho 18 anos e já passei pelo mesmo, por varias vezes pensei em desistir de tudo, inclusive da vida, mas um dia percebi que fazendo isso eu só colocaria mais uma pedra nas mãos dos que estão me julgando, e que estava deixando de "viver", deixando de ser feliz. Meus dias eram tristes e sem graça, tudo era cinza, noites chorando sozinho no meu quarto por saber que no outro dia estaria eu e minha "mascara" com um falso sorriso no rosto. Eu vivia assim, até que meu avô veio a falecer, então percebi quanto tempo eu estava perdendo da minha vida. Foi ai que resolvi contar para minha família e amigos, assim percebi que as pessoas que realmente me amavam continuaram a amar do mesmo jeito, sem nunca me discriminar. Não estou dizendo para você se assumir, está escolha cabe apenas a você e você deve faze-lá apenas caso veja-se preparado, apenas lembre-se que a vida e curta e é apenas uma vez, esse é tempo que você tem para ser feliz e realizar todos os seus sonhos, sem nunca se arrepender por ter deixado de ser você. Não sei se você acredita em Deus, ou qualquer divindade, eu acredito e tenho certeza que Ele me ama do mesmo jeito. Deus não nos faria tão diferentes se quisesse que fossemos tão iguais. Pode ser que não será fácil, mas tenha certeza que sempre terá alguém do seu lado. Eu realmente espero que um dia as pessoas finalmente entendam que todos somos exatamente iguais... Boa sorte, se precisar de um amigo, aqui estarei. Abraços meu caro... :)

    ResponderExcluir
  14. Isso é normal um homem se sentir atraído por outro?

    ResponderExcluir
  15. Eu também sou gay e sei como você está se sentindo. Eu passei por essa fase que você está agora quando eu tinha 13 anos. Eu queria tentar me controlar, deixar de ser gay. Infelizmente, isso não é possível. Você é gay e vejo que não nega para si mesmo; isso já é um ótimo começo. Agora você tem que entender que mudar é impossível, que felicidade e rejeição são dois lados da mesma moeda, nenhum é melhor ou pior, que o inferno é tão quente fora quanto dentro do armário. Eu já sai, não sou mais feliz, mas sou muito mais eficiente, criativo.

    ResponderExcluir
  16. olá, assim como muitos gays eu também me identifiquei com o seu post, esse sofrimento da não aceitação é terrível, sou de família religiosa e conservadora, e dói essa incerteza do que eles vão dizer, fazer, em fim; eu também varias vezes pensei desejei ser hétero, mas simplesmente não dá, mas o que nós faz não querer ser quem somos é o preconceito não a sexualidade em si, que maravilhosa. Assim como os negros e as mulheres vem sofrendo preconceito ao longo da historia, e não podem e nem devem, mudar a cor de sua pelo ou seu sexo, nós também não devemos, quem esta errado é a sociedade machista e preconceituosa não nós. Boa sorte e que nós consigamos vencer :D

    ResponderExcluir
  17. Bom, isso é muito comum entre os homossexuais. Mas a culpa é da sociedade que prega o amor ao próximo e fica de preconceito. É muito difícil mesmo esse preconceito, principalmente porque você nem se assumiu e já está sofrendo, mas tenha certeza que você pode ser melhor que a sociedade e pode ser melhor que você mesmo. Cara não desista, aguarde, quando você achar que é a hora certa se assuma, não tenha medo. Procure um psicólogo para te ajudar nisso, vai fazer uma grande diferença na sua autoestima. Não tenha medo, seja você mesmo!
    Um abraço!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;