NAMORO VIRTUAL : RESPEITO À OPÇÃO SEXUAL

Raquel Helen: “É difícil descobrir quem goste das mesmas coisas que eu”
Nascida em Fortaleza mas vivendo em São Paulo desde os 6 meses de idade, Raquel Helen, de 27 anos, não vê problemas em falar sobre sua opção sexual. “Gosto de mulheres e ninguém tem nada com isso”, avisa a moça, de 1,68 metro de altura, 60 quilos, cabelos castanhos e piercing no nariz. Formada há um ano em educação física, ela reconhece, no entanto, que sempre teve dificuldade para engrenar um relacionamento mais duradouro. “Já namorei durante quatro anos, mas não deu certo”, afirma ela, que está sozinha desde o início do ano. “É difícil descobrir pessoas que gostem das mesmas coisas que eu.” Dois meses atrás, por curiosidade, a professora se inscreveu na página Gencontros, exclusiva para homossexuais. No ar desde 2009, o site pertence ao mesmo grupo que administra o Par Perfeito. Mais de 200.000 paulistanos costumam utilizá-lo. Para usufruir o serviço a contento, é preciso se tornar assinante — o plano mensal sai por 23,99 reais. Aos usuários básicos, é permitido apenas mandar mensagens predefinidas como “Entre em contato comigo, acho que queremos as mesmas coisas”, para citar um exemplo mais comportado. “O público gay se sente mais à vontade para marcar encontros com pessoas sobre as quais tem alguma informação”, acredita Claudio Gandelman, presidente do Par Perfeito.

Raquel ainda não encontrou sua cara-metade. Mas não reclama. “Arrumei duas grandes amigas, com quem vou a bares e baladas todos os fins de semana”, diz ela, que em seu perfil virtual informa estar apenas em busca de novas amizades. “Vejo o site hoje como um instrumento para ampliar meu círculo de relacionamento”, afirma. “Só vou namorar alguém com quem tenha forte afinidade.”

A partir da Veja-SP. Leia no original
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;