'INÉRCIA EMOCIONAL ENTERRA A ALMA'

"Me chamo Gustavo e aos 31 anos tenho a triste consciência de que a relação de 50 anos de união infeliz acima descrita, tem tudo para se tornar uma previsão razoavelmente precisa do meu futuro.

Estou casado há 4 anos com minha companheira, hoje com 27 ano de idade, e há 3 anos tento reverter esta situação.

A pergunta óbvia que vem a mente de qualquer leitor desta declaração seria:
“E o que te impede de dar fim à esta relação?” 

E a resposta é, talvez, ainda mais óbvia... quem já amou sabe como dói magoar a pessoa amada, mesmo quando não é mais amor o que se sente mas um carinho residual e uma forma de compromisso com o bem estar de quem se jurou cuidar.

Gostaria muito de ter forças para fazer o que é certo, e nos libertar aos dois desta prisão rotineira de refeições quentes, conversas mornas e corações frios. Mas ao menor indício de suas lágrimas minha determinação desaparece e eu dobro como um galho fino em chuva grossa, peço perdão e prometo tentar ama-la novamente. Promessa essa que até tento cumprir, mas não posso escolher quem amo e quem desamo. 

E assim tenho levado já há 3 anos uma vida onde assumi um papel quase paternal em uma relação que não me traz qualquer sensação de completude e onde a felicidade foi sistematicamente substituída por uma inércia emocional que lentamente enterra a alma na profunda cova da depressão."

Gustavo
Depoimento em "Casamento infeliz..."
Compartilhe no Google Plus

Sobre Editor

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

12 comentários :

  1. E eu o entendo...E como entendo. Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  2. LUANA: oi gustavo ñ seria melhor resolver essa situação quanto antes melhor, pq assim vc não a prende em vc, e os dois terá liberdade,(tenha isso como um concelho caro amigo).

    ResponderExcluir
  3. OLÁ GUSTAVO.
    SEGUINDO OS PRECEITOS DO ESPIRITISMO, ACREDITO QUE TUDO TENHA UMA CAUSA E SE AINDA NÃO CONSEGUIU FINDAR ESTE RELACIONAMENTO, É PORQUE VC TEM QUE PASSAR POR ISSO, POR UM MOTIVO OU POR OUTRO.
    OU SEJA, PARA UM CRESCIMENTO ESPIRITUAL, PARA UM RESGATE, ENFIM, CONFORME A VONTADE DE DEUS!
    ESPERO EM NOME DE JESUS QUE TUDO TERMINE A CONTENTO DOS DOIS, SEM MUITO SOFRIMENTO
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  4. Oi, sei bem como é a sua situação, vivo algo que me identifico em 100%.
    Estou com uma pessoa já à 11 anos, nossa união foi em meio a um conflito, uma mistura de necessidade e carinho entre amigos...
    Temos 2 filhos em comum, já tentei me separar dele, mas nas duas vezes ele passou mal e teve um infarto, ficou muito ruim no hospital varios dias.
    Ai desisti... Não sei o que fazer, rezo e peço a DEUS que me dê forças para seguir.
    Outro dia senti que ele logo partira e me deixará viuva. Não sei como explicar, mas meu coração senti isso.
    Não desejo seu mau, tenho um carinho muito especial por ele, afinal ele é pai dos meu filhos...
    Vamos ver o que DEUS nos reserva... ou até quando eu aguento esta situação.

    ResponderExcluir
  5. Gustavo ,

    Fica esperto , a vida passa muito rápido e a felicidade ,também.

    Quando vc acordar ,pode ser tarde demais .
    Siga só o seu coração . Tenha certeza que o que mais existe por aí ,são lágrimas de crocodila .
    Um abraço e boa sorte . Eu conheço a sua estrada e hoje ,faria tudo diferente mas agora ,não há mais tempo . Bjo

    ResponderExcluir
  6. Gustavo,
    Sei bem o que sente, mas o sentimento de piedade nestes casos não é bem vindo!
    Se você realmente gosta dela, liberte-a. Ninguém merece sofrer! É melhor um corte definitivo do que sangrar aos poucos a cada dia. Seja honesto contigo e com ela e não pense que uma separação a fará mal. Nada é pior do que passar a vida sem ser amada. Ela hoje pode não ter consciência disso, mas um dia terá.
    Dê a vocês dois uma oportunidade de felicidade! Vocês merecem!
    Com carinho ....

    ResponderExcluir
  7. vc deveria se sentir feliz, amar alguém é a coisa mais dolorosa que conheço! PRA QUE AMAR QUANDO NÃO SE É CORRESPONDIDO? TUDO É POSSÍVEL PELA PROVIDENCIA, MAS O AMOR DO OUTRO NÃO!!!! SERIA MAIS FÁCIL GANHAR 1 MILHÃO DE DOLARES SEM JOGAR, QUE FAZER "j" ME AMAR! SOFRO SÓ E ATÉ MEU ESPÍRITO ESTA DOENTE! DESCULPE MEU DEUS POR SER UMA ALMA FRACA! TENHA MISERICÓRDIA DE MIM E DE MINHA NECESSIDADE! AMAR É MUITA CRUELDADE MEU CORPO NÃO SUPORTA MAIS SENTIR DOR.

    ResponderExcluir
  8. 3 anos ... e o que dizer de 25 hein!!!??? eh como viver sem viver e morrer sem morrer....muitos pêsames pra nós meu irmãozinho....

    ResponderExcluir
  9. ~Pois é Gustavo, já passei por isso também, hoje sofro com o sentimento de culá, mas culpa de te-lo deixado ser feliz, faz 2 anos que me separei, mas nesse tempo houve muitas tentaivas de voltar, juro que tentei faze-lo feliz e ser feliz com ele, mas não consegui, porque meu sentimento por ele é de um amigo, um irmão, mas não sentia vontade nem de dar um beijo na boca, porque era falso, entende... quis fugir um tempo, trabalhando fora, mas ele não conseguia me esquecer, acho que o sentimento dele é obsessão por mim, ele prefer que eu esteja com ele sem ama-lo, mas que esteja com ele e com nosso filho, eu tentei, mas esse ano falei pra ele que não quero mais, porque ele disse que era tudo ou nada, eu disse que então era nada, a partir desse dia ele só sabe me xingar, falar mal de mim pro meu filho, disse até pro meu filho que quer matar o meu namorado (pelo que estou completamente apaixonada e ele por mim)porque acha que ele está querendo ocupar o papel de pai. Ele não quer assinar o divórcio, que por enquanto está parado porque ainda não assinou nenhuma das intimações. Vivo com medo, mas não falo nada para ninguém, medo de que ele realmente faça alguma coisa contra meu namorado, por não aceitar a realidade.
    Só agradeço por poder desabafar aqui, nunca tinha feito isto antes, sempre por medo, não peço ajuda, na verdade só quero agradecer por lerem meu desbafo.
    Fiquem com Deus e que Ele ajude a cada um de nós.

    ResponderExcluir
  10. sou csda a 12 anos vivo infeliz pois não o amo mais ai me mostrem uma solução...

    ResponderExcluir
  11. Esses casos são frequentes, mas ao meu ver se a pessoa não se sente bem em uma relação, e como consequencia há sofrimento deve libertar a alma da angustia e do sofrimento buscando uma forma cabivel para resolução do problema, não agredindo a pessoa nas formas fisica e mental. há sim solução, a pessoa pode até ficar mal humorada, mas sabendo falar vai entender e partirá para uma outra relação. é o que acho. mas a pessoa tem livre arbitrio pra fazer escolhas, melhor uma separação mesmo que dolorosa que uma futura tríção que causará mais dor ainda.

    ResponderExcluir
  12. Sinto um receio tão grande de viver algo assim.. mas cada dia que se passa tenho certeza que viverei uma encruzilhada dessas... namoro com um carinha há algum tempo.. só que sempre amei outra pessoa.. mas nossos caminhos nunca vão se cruzar... as vezes queria casar logo com esse meu atual na tentativa de fugir desse sentimento que persegue dia após dia...tenho receio de ficar sozinha.. e de não realizar meu maior sonho ...mas tbm temo ser muito infeliz por não sentir um amor forte.. intenso.. vivo.. que me faça sentir todos os sentimentos que um grande amor faça agente sentir...mas sei que nunca vou estar com quem amo.. que ele nunca vai ser o pai dos meus filhos.. que jamais vou poder acordar do lado dele.. por isso me apego a essa relação.. sinceramente não sei oque fazer... meus sentimentos são desencontrados...queria poder viver esse amor tão grande.. mas é como atravessar oceanos e mais oceanos à nado... e mesmo assim não conseguir encontrá-lo em lugar algum.. sinto que meu coração cada dia que passa fica mais sem esperanças.. sempre sonhei com um grande amor... mas esse grande amor nunca vai existir... a realidade é muito dura...

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;