30/12/2009

QUANDO O AMOR ESTÁ ATRÁS DAS GRADES

Mulheres visitam maridos presos em penitenciárias e lutam para manter o afeto mesmo com a falta de privacidade e conforto

Renata, 18 anos, pegou o primeiro ônibus do dia - às 4h40 - para sair de sua casa, em Cariacica, com destino à Serra. Jovem, linda, cabelos encaracolados, cheirosos e macios, ela enfrenta mais de três horas de fila para entrar em um lugar aonde ninguém quer ir. Toda semana ela vai visitar o marido, preso há três meses por falsificação de documentos, numa cadeia que abriga mais de 200 homens.

Durante quase metade do tempo de casada - sete meses -, período em que muitos casais ainda estão em clima de lua de mel, Renata tem que se sujeitar às rápidas visitas íntimas permitidas dentro de uma cela úmida e fedorenta, ocultadas apenas por um lençol velho, "de onde ninguém se atreve a chegar perto", garante.

Faltam privacidade e conforto: "A 'jega' (como é chamado o local de visitas íntimas dentro da cadeia) é menor do que o banheiro da minha casa", conta Renata. Mesmo assim, a visita pode significar aumento da família. Morando com a sogra e sem estudar desde que casou, ela não usa nada para prevenir uma possível gravidez, mesmo sem o marido ter sido julgado. "Desde que a gente casou não tomo pílula, mas não consegui engravidar. Justo agora, que estou querendo tanto", lamenta, confiante de que o companheiro, office boy, será solto em breve.

Na porta de outra cadeia, Bianca, 21 anos, conseguiu realizar o sonho de Renata e de tantas outras mulheres que, como ela, estão presas mesmo sem ter grades e muros em volta. Sua filha de um ano foi "feita" durante uma das muitas visitas íntimas, ao longo dos três anos que o marido está preso. A menina vê o pai - preso por colocar fogo em um ônibus - quinzenalmente.

Não poder contar com a ajuda do pai não foi empecilho para Josi, 25 anos, casada há cinco, três filhos, dois deles feitos dentro da prisão. "Tem quase dois anos que meu marido está aqui - na Penitenciária de Segurança Máxima I, em Viana - mas desde que a gente se conhece ele vai e volta da cadeia o tempo todo", admite, sem esconder que o conheceu enquanto estava "de fuga".

O bebê mais novo, de um mês, nunca viu o pai, já que as visitas de crianças só são permitidas a cada dois meses. Condenado a mais de 20 anos de prisão por diversos crimes, ele provavelmente não vai fazer parte da vida dos filhos. "Não sei quanto tempo eu vou aguentar ficar vindo aqui. Não vou virar avó no meio da cadeia", destaca.

Maridos são raros na visita a presídio feminino

A cena é rara: com um filho pequeno no colo e segurando a mais velha pela mão, o polidor Cristiano Xavier, 29 anos, sobe a ladeira que dá acesso à penitenciária feminina de Tucum, em Cariacica, em pleno domingo pela manhã. Ele vai visitar a esposa, de 33 anos, presa há um mês e meio. "Ela estava conversando na rua com uns amigos, alguns deles estavam com drogas e todo mundo acabou pagando o pato", conta Cristiano, exceção entre os visitantes do local.

A maioria na fila para Tucum é de mães. Os poucos homens na maioria das vezes são filhos ou irmãos das presas. Cristiano sabe bem o porquê. "O cara é humilhado aqui dentro. Tem que abaixar um monte de vezes, esticar o pênis para os lados. Não é qualquer um que aguenta", confirma.

Foto: Nestor Müller

18 comentários:

  • Anônimo disse:
    novembro 18, 2012

    Oi genty,to passando por um momento mais triste na vida.Conhesci um rapaz em 2011 e no final de 2010 um amigo dele matou um rapaz i ele tva junto,mas naum fez nd jah q seu amigo confesso td,até ai td beim nos conhescemos e começamos a namorar,depois d quase um ano d namoro descubri q tva gravida d um menino q hj tem 7 meses e meu noivo foi condenado logo agra há 3meses to sofrend mto pois ele ta mto longe naum consigo ver sempre eu qria q ele participasce da criaçao do filho q ele tanto ama...Mas Deus é mais....

  • Anônimo disse:
    abril 17, 2013

    Meu namordo esta preso ha 9 meses e nao consigo ve-lo.A verdade é q nos ficavamos de vez enquando e só depois q ele foi preso começamos a namorar por cartas, ele ainda nao foi julgado mas tenho mto medo dele ser condenado.Eu o amo e nunca imaginei q um dia fosse passar por isso! E o q é pior ele foi preso por cumprir o seu oficio! Defendendo a populaçao de marginais! É isso é Brasil!!!!

  • Anônimo disse:
    maio 03, 2013

    oi.. pessoal meu amado esposo esta preso ja faz tres meses...somos casados temos um filho de quatro anos....ja estive muito triste por isso mais sabe o q mim fez erguer a cabeça servir verdadeiramente um deus q tudo podi...oro por ele vou a igreja sempre busco a deus pela vida dele e deus ja decretou vitoria logo,logo ele vai esta aqui do nosso lado pois deus quando fala maravilhas acontece creia em deus servem a ele q voces verao milagres acontecer.sou evangelica e nao mim envergonho de servir um deus vivo...façam o mesmo entreguem atua vida a JESUS...




































  • Anônimo disse:
    junho 11, 2013

    Deus esta com todas nos fortalecendo e vamos ter nossa vitoria pois somos grandes guerreiras

  • Anônimo disse:
    agosto 17, 2013

    oi sou casada a 5 anos...meu marido ta preso a 2...eh triste mais meu amor eh maior!
    q cante a liberdade a tds os guerreiros e guerreiras!!

  • Anônimo disse:
    agosto 20, 2013

    Ola meninas algumas de vcs vistam o cdp 2 deosascooo ..estou perdida precizoode ajuda !!

  • rosangela toledo disse:
    agosto 27, 2013

    Quero ser feliz queria me orientasse sobre o q eu fasso com meu camimho um amor atras. Das grades

  • Anônimo disse:
    novembro 28, 2013

    Oi tenho 24e meu esposo ta preso ja tem um ano e meio tenho uma filha de nove meses e sempre levo ela ,ele ja foi condenado a sete ano faz muita falta aqui pois miha família e amigos criticam muito eu aqui sozinha e gastando pra ir ver ele .

  • Anônimo disse:
    novembro 28, 2013

    oii eu tam bem estou passando por isso meu marido está preso a 11 meses , e uma saudade quem não tem explicação mexe com a emoção de todos mais tenho fé em deus que ele estará aqui novamente com todos nós... n podemos perder a fé nunca..

  • Anônimo disse:
    novembro 28, 2013

    oii estou com o msm problema meu marido esta preso tenho duas filhas e minha familia tbm fala um monto mais ninguem ta nem ai pro que agente sente!!!?! vamos vence

  • Anônimo disse:
    dezembro 25, 2013

    ola meu irmão esta preso em martinopolis, ele e solteiro e gostaria de alguém de la ou presidente prudente q gostaria de esta escrevendo para ele ou ate mesmo visitando ele, pode confiar ele e bonitao

  • Anônimo disse:
    janeiro 17, 2014

    oi eu tbm tenho um amor que vive atras das grades ja faz
    quadro anos que ele esta preso a saudade doi pq o amo
    mais nao perco a fe e continuo na caminhada forlacendo e
    esperando a liberdade dele canta.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 16, 2014

    Eu estou passando por uma barra o meu namoradode 2 meses estava foragido há 5 meses e foi recapturado hoje faz 10 dias já estou sofrendo muito e pra piorar ainda não posso visita-lo porque ele está no CDP e lá só podem parentes ou esposa casada no civil ou união estável ,estou triste demais!

  • Anônimo disse:
    março 06, 2014

    Oi . Meu namorado fui preso . Ja ter um messes quee ele esta la , mais fui pq ele fui da carona pro amigo dele . Ai venho a polícia pairou os dois mais na hora que o menino fala que ele nao tinha nada a ver falou que o meu namorado esta trabalhodo pra ele ai meu namorsdo falou que ele nao edta trabalhodo pra ele maus ele continuo fala que era do meu namora ai meu namorado falou que so foi da um carona a ele si ele feis isso . Hoje eu estou sofredo muito .mais eu pesso a meu deus pro ele pq ele nao tinha que passa pro coisa que nao era dele ...

  • Anônimo disse:
    março 12, 2014

    Olá, meu marido já esta preso há 10 anos, contando fugas,saidinhas etc...., estamos juntos há 16 anos e temos 2 filhos, para quem acha que esse amor não é verdadeiro não sabe oque é amar... cada visita é como se fosse a primeira vez dos dois. hoje ele esta mais longe, somos de sp, mas duas vezes por mês estou lá firme e forte do lado dele , matando a saudade de uma maneira carinhosa e cheia de amor. #ficaadica.

  • Adriana Pessanha disse:
    março 26, 2014

    Olá meu Marido está preso a 8anos em Bangu Rio de Janeiro. Estou sofrendo demais porquê a saudade e grande, mas graças a deus ele ta de V.p.l tem como a gente matar mas a a saudade ele vem em casa de 15 em 15 dias. Mas estou nessa luta com meu maridao.E triste mas abandonar ele jamais ainda mas agora que estou grávida e meu marido ta super feliz.

  • Anônimo disse:
    março 31, 2014

    Ola meu marido se encontra privado da tao sonhada liberdade ha 9 anos e ja tem 9 anos que estou na luta com ele temos 2 lindas filhas e por ele sou capaz de tudo pois ele è meu bem precioso ele e meus filhos e ele sabe que tera eu sempre ao lado dele e sei que ele saira de la um outro homem renovado eu creio pois meu Deus è maior o Deus que eu e ele serve è tremendo liberdade pra todos guerreiros e guerreiras...

  • Anônimo disse:
    abril 08, 2014

    Meu namorad se encontra preso armaram pra ele e ele caiu preso faz um mes e uma semana pra mim foi mt dificil pk eu tinha acadao d mudar d cidade no comeco sofri bastante axei qe tdo tinha acabado vi meu mundo indo embora mais passou uma semana qe ele caiu ele me lgou foi a melhor coisa qe podia acontecer.E ate o final do ano ele sai a advga flou. Então pasta ter fé que lgo lgo a Liberdade canta,e tudo vai se resolver tenha fe gente. As vzs se sentimos sozinhos mais nessa hora e qe Deus comeca agir. Tenha fé e nunca Desita pk qnd o amr e vdd passa por cima de qualqer bareira

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;

Artigos relacionados

2leep.com