CASAL É CONDENADO POR REATAR CASAMENTO

A separação de um casal virar caso de polícia é comum. Na Espanha, foi a reconciliação que foi parar nos tribunais. E terminou em condenação. Um homem e sua ex- (e agora atual) mulher foram condenados à prisão porque descumpriram uma ordem judicial para manterem-se longe um do outro.

O casal havia se separado no ano passado. De acordo com uma sentença de setembro de 2008, o marido – identificado pelo jornal espanhol El País pelas iniciais M. H. E. K. – deveria manter uma distância mínima de 500 metros da mulher e não se comunicar com ela, por 40 meses. Ele foi denunciado por violência doméstica.

No mês passado, porém, eles resolveram reatar o relacionamento. Agentes da Guarda Civil em Motril, na província de Granada, flagraram os dois juntos.

Agora, por descumprir sentença judicial, o marido foi condenado a seis meses de prisão. A mulher, como cúmplice, terá de ficar quatro meses na cadeia. A condenação ocorreu apesar de ambos alegarem que estavam juntos por mútuo acordo.

A partir do jornal El País. Leia no original
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

1 comentários :

  1. Oi!

    Para que você receba acessos do Guia de Mulher é necessário que você coloque o selo deles também no seu blog/site o código você pode pegá lo no link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;