BODAS DE VINHO : AMOR GAÚCHO QUE DURA 70 ANOS

A receita de um casamento que já dura 70 anos: muito amor e respeito. Pelo menos foi o que disseram Affonso Schmitt, 94 anos, e Lydia, 91, residentes em Novo Hamburgo (RS). O casal não somente desfruta da mesma companhia há tantas décadas, como também mora na mesma casa e dorme na mesma cama desde o início do casamento. Prestativos e atenciosos, eles contaram que se conhecem desde crianças, mas foi na adolescência que se apaixonaram. "Quando brincávamos juntos, eu nunca imaginava que casaríamos, pois eu era filho de colono e ela, filha de comerciante", conta Schmitt. Segundo a filha mais velha, Terezinha Schmitt Link, 66, que mora com os pais, havia muita diferença social entre as duas famílias. "O legal é que eles se casaram na casa em que a mãe nasceu e trabalhou durante toda a sua vida", acrescenta Terezinha.

Affonso, filho de colono, diz que trabalhou no campo com o pai até os 16 anos. Depois que se casou com Lydia, passou a ser comerciante. A família foi constituída no cenário das vendas de vários produtos, como feijão, milho, banha, entre outros. Depois de aposentados, continuaram morando na mesma casa, que hoje ainda guarda diversos objetos antigos. São prateleiras, balcões e até uma vitrola que enfeita a sala. Lydia prefere ajudar nos afazeres de casa, mas também adora fazer crochê. Terezinha conta que a mãe fez uma colcha para cada filho.

Em suas "Bodas de Vinho", o casal, sentado no sofá e relatando histórias, diz que ainda há bastante amor e cumplicidade, algo verdadeiramente raro nos dias de hoje. A festa pelos 70 anos reuniu mais de 300 pessoas na comunidade de "Picada Café" (RS). Missa, churrasco e apresentações de folclore fizeram parte da programação, que durou o dia inteiro. Organizado pela família de Affonso e Lydia Schmitt, o encontro foi esperado por todos os parentes. "A cada cinco anos, fazemos uma festa para eles. Este ano, não podia ter ocasião mais especial. Afinal, não é todo dia que se faz 70 anos de casados", diz a filha Terezinha. Veja aqui vídeo de Affonso e Lydia.

A partir do Jornal NH. Leia texto integral.
Foto: Luís Félix/ GES
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;