Como muitos casais, a paixão de Frank (Leonardo DiCaprio) e April (Kate Winslet) foi diminuindo com o tempo. Quando se conheceram, ela sonhava ser uma grande atriz e ele só não queria seguir o mesmo caminho de seu pai, trabalhando como vendedor em uma fábrica. Anos depois, porém, April apenas cuida dos dois filhos do casal, enquanto Frank faz justamente o trabalho burocrático que sempre tentou evitar. Enquanto isso, as brigas e desentendimentos entre os dois se tornam cada vez mais constantes.

Desiludido, no dia de seu aniversário, Frank já não tem mais muitas esperanças de que as coisas melhorem, chegando a ter um caso com uma colega da fábrica. Ao chegar em casa, no entanto, tem uma surpresa. April faz uma festa e, como presente, tem uma ideia que pode revitalizar a relação. Ela acredita que o marido deve largar o emprego, vender a casa e se mudar com a família para Paris, onde ela trabalharia enquanto ele tenta descobrir sua verdadeira vocação.

Apesar dos protestos de todos que conhecem o casal Wheeler, eles percebem que esta é realmente a melhor coisa a se fazer. O único a concordar com eles é John, o filho de uma vizinha, que acaba de sair do sanatório. Mesmo parecendo uma loucura, os dois planejam os detalhes da viagem e como sobreviverão na Europa, enquanto sentem reacender a paixão. A decisão acaba afetando a vida de ambos antes de partirem. Alguns problemas no relacionamento, porém, deixam os dois em dúvida se a paixão entre eles não "Foi Apenas um Sonho".

Com direção de Sam Mendes, do premiado "Beleza Americana", o filme "Foi Apenas um Sonho" reúne, depois de dez anos, o casal de "Titanic", Leonardo DiCaprio e Kate Winslet. A atriz Kathy Bates, que interpreta a mãe de John, também havia atuado no longa de 1997. Winslet, esposa do diretor, recebeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Drama pela sua atuação. O filme recebeu três indicações ao Oscar de 2009.

Ficha técnica : Diretor: Sam Mendes - Elenco: Leonardo DiCaprio, Kate Winslet, Michael Shannon - Nome Original: Revolutionary Road - Ano: 2008 - País: EUA/ING - Duração: 119 minutos

Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

2 comentários :

  1. Sobre Amor e Almas gemeas só fala quem sente, não é? Eu levei flecha certeria do cupido e, não sendo cupido torto, acertou direitinho meu amor também Só errou na data: 2 semanas antes de eu voltar a viver do outro lado do oceano...
    Quem acredita no amor, por favor, entra no nosso site:
    http://vaquinhaparaoamor.blogspot.com/
    E ajudem-nos!!!

    ResponderExcluir
  2. Em 1997, com duas filhas para criar e percebendo que meu então marido estava infeliz com o casamento, deprimido e procurando outras mulheres fora de casa, resolvi separar-me dele, o que trouxe muito sofrimento para ambos. Ele se casou novamente e já tem filhos, eu não consegui me envolver com mais ninguém. Fico até feliz em saber que ele está bem profissionalmente e com a família. Estou seguindo a minha vida, com o meu trabalho e minhas filhas que já estão na faculdade. Não sei o que ocorre com os nossos sentimentos, quando nós nos encontramos nas festas de família, o que ocorre duas vezes por ano, parece que não nos separamos, porque tenho as mesmas sensações de quando éramos casados. Parece que ele é uma parte de mim. Sinto saudades, mas não me arrependo.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;