Eu simplesmente me via isolado, sem perspectiva... penso que havia me tornado um andarilho da vida. Ela me surgiu quando eu menos esperava, se bem que sempre esperei pelo meu amor, mas ela veio de forma diferente, cheio de obstáculos e "prisões" íntimas, pessoais. Ainda assim foi uma química, como costumam dizer, mesmo nunca a tendo visto, mas a química parece ter sido através de alguma espécie de onda, magnetismo puro, contato imediato, me senti em outro planeta, uma outra esfera.

Dimensões que jamais poderia imaginar, assim ela me fazia e faz sonhar até hoje.
Eu a amo, disso sei, mas é um amor incontrolável. Não entenda isso como obsessão, mas como algo que não se vive, como a tão surrada frase: o ar que respiro... mas no fundo é isso mesmo. A ela devo tanta coisa, não suportaria uma separação em vida, acho que ficaria pouco aqui nesse mundo louco, não teria muita chance, pois minha ligação com ela é muito além de um simples desejo... seria uma corrente com elos gigantes, esse tipo de comparação que eu gosto de fazer, aos exageros, pra deixar claro que pra quebrar esse elo seria impossível, ainda mais que compartilho com ela que não viemos e não nos encontramos aqui nessa dimensão por acaso, sei do nosso amor inseparável e único e tão somente a ela vou viver esse amor e se a perder, ou melhor, quando um de nós for na frente, no derradeiro momento vou dizer seu nome e guardar tudo de bom que ela me fez e todas as vezes que me fez feliz, e pedirei que ela me perdoe, ou seja, a eternidade.
Simplesmente a amo.
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

3 comentários :

  1. Nossa..esse depoimento até parece
    que foi meu grande amor que escreveu...
    Pessoalmente a gente não se conheçe
    mas estou vivendo uma situação
    parecida..impressionante!!!
    Essas são exatamente as palavras
    que colocaria aqui para falar de
    alguém que entrou em meu coração
    com muita força..e assim
    permanecerá com certeza..sem sombra
    de dúvidas.E meu coração me diz
    que assim será...

    Flor de lírios..

    ResponderExcluir
  2. Preciso de você..tudo o que está
    escrito aqui..que saudades..me
    procura por favor meu amor..a gente
    se encontrou..o Universo nos uniu..
    que falta você me faz..quando li
    tudo o que está escrito aqui..senti
    você..mesmo estando longe de mim..
    te sinto do meu ladinho..sabe porque..porque você mora em meu
    coração..e sei que moro no seu
    coração também..hoje minha vida
    tem sentido..e sou muito feliz..
    mesmo com você distante de mim
    escrevendo tudo isto para você..
    te sinto bem do meu ladinho...
    Sinta o meu beijo em seu coração
    amor..amo você...

    Flor de lírios

    ResponderExcluir
  3. Completamente apaixonados?

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;