Seria injusto colocar Deus como responsável por um amor que, embora muito ligado e mais vivo do que nunca, esteja adoecendo dois corações e minando aos poucos a sanidade?
Seria até cômico se não fosse trágico, como se diz no popular, bom, acho que é isso.

Às vezes se tem essa sensação... lamentável o que o destino faz com corações apaixonados. Porque as "manobras" da vida e do destino não interferem na situação da fome pelo mundo? Prefere brincar de joguinho do amor com pessoas... porque esse tão misterioso e poderoso manipulador de destinos não cuida de outros interesses?
Não! Mais fácil fazer de pobres mortais brinquedinhos ou marionetes. São tantas coisas lá fora injustas, bem se sabe!! Pensando como gente grande, pelo menos merecer ser feliz ao lado da pessoa amada, mas ao lado, Senhor destino! Cruza a milhas de distância pessoas, sem um "tostão" no bolso, praticamente na "pindaiba, mas pra compensar temos nesse amor alguém sem igual, incomparável, visto que o esforço que ela faz e o amor que se dedica é imenso, do tamanho da distância que separam esse amor.

Hoje não seria exagero os mimos que trocam, nada de material, mas simbólico... existem coisas que nem ouro paga, nada aliás!!! Não se sabe se vão se encontrar, mas crêem, que mesmo sem chances por aqui, os caminhos nesse ou do outro lado, andar de cima, sejá o que for, são juntos, pois não seria justo não ver nunca mais as pessoas que amamos por afinidade familiar, fraternal ou de alma... falo agora por mim... meu caso com minha amada, isso eu trago dentro do coração e sinto em minha alma que eu sou dela e ela é minha, não importa o que acontecer, um dia sei que vamos matar nossas saudades... que não são poucas... assim vamos remando nesse barco pequeno, nesse mar revolto, nessa viagem muito mais que insólita. Bom!
Nesse sentido então... sucesso e vitória a todos os distântes e apaixonados dessa vida.
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

1 comentários :

  1. Parabéns amor!Estou muito feliz de ver mais um dos seus textos publicado aqui neste site q t endiquei.Como vc costuma falar:
    É 50% vc e 50% eu!
    Confesso q no começo ñ pensava assim e via somente com seu.Mas agora é realmente como diz e é deste amor q sai textos lindissimos,realmente é...Eu e Vc!Precisamos muito um do outro...estamos separados e no momento certo,na hora certa,Deus vai nos unir por completo(fisico),pois nossas almas ja se uniram a muito tempo.
    Amo vc!
    Beijos...Khaterinne

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;