01/05/2009

CASAMENTO INFELIZ PODE DESTRUIR SUA SAÚDE


Não consigo tirar da cabeça um estudo de psicologia divulgado há alguns dias nos Estados Unidos. Ele demonstra como um casamento infeliz é capaz de destruir a saúde do coração. A imprensa deu pouca atenção ao trabalho apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Psicossomática. Para mim, ele suscita uma discussão da maior importância. A minha escolha é mais um exemplo de que os jornalistas não são poços de imparcialidade. Como qualquer pessoa, somos esponjas do mundo. Captamos a realidade e somos tocados por ela a partir de referências e experiências muitos pessoais.

Talvez por isso eu tenha ficado tão interessada na pesquisa realizada pela psicóloga Nancy Henry, da Universidade de Utah. Ela recrutou 276 casais com idades entre 40 e 70 anos. Eram uniões duradouras – de 20 anos, em média. Nancy investigou a qualidade desses casamentos a partir de parâmetros como suporte mútuo, envolvimento emocional e frequência de desentendimentos sobre sexo, filhos e dinheiro. Nancy descobriu que uniões desgastadas podem provocar depressão tanto nas mulheres quanto nos homens. Mas as mulheres que vivem casamentos infelizes parecem estar mais sujeitas a desenvolver sintomas fisiológicos da chamada síndrome metabólica.

Por que as mulheres sofrem mais? "As mulheres parecem basear o conceito que elas têm de si mesmas na qualidade das relações que elas vivem. Talvez por isso um casamento ruim tenha um impacto tão grande na saúde física e emocional das mulheres", diz Nancy.

Perguntei a cardiologistas brasileiros se as conclusões do estudo são plausíveis. O médico Raul D. Santos, diretor da unidade clínica de lípides do Instituto do Coração, em São Paulo, diz que sim. Ele explica que vários estudos epidemiológicos associam a depressão e a raiva com a síndrome metabólica. O stress aumenta as descargas do hormônio cortisol. Essa substância contribui para o acúmulo de gordura abdominal, aumento da pressão arterial e da resistência à insulina (o que desencadeia o diabetes). Há dúvidas na literatura médica sobre se as mulheres realmente sofrem mais danos. O cardiologista Marcelo Assad, do Hospital Pró-Cardíaco, no Rio, tem a mesma opinião. "A depressão é indiscutivelmente a doença do século. A manutenção de um relacionamento falido perpetua um ciclo de stress, diminuição da autoestima e falta de perspectivas", afirma Assad.

Conheço bem de perto um casal que vive esse ciclo há quase 50 anos. Começou a se desentender na lua-de-mel e nunca mais encontrou o eixo do respeito mútuo. Vai completar bodas de ouro (ou será de sangue?). Esse homem e essa mulher nunca tiveram coragem de reconstruir a vida – cada um a seu modo. O sofrimento não é só deles. A decisão de perpetuar um casamento desgastado e desgastante teve uma grande repercussão na formação da personalidade das filhas. As eternas brigas continuam fazendo vítimas. Hoje elas reduzem as possibilidades de convívio familiar oferecidas aos netos.

Sempre que os visito lamento tanta imobilidade. Eles se acostumaram a viver mal. Não há quem os faça enxergar que enquanto houver vida há espaço para transformação. A saúde de ambos anda mal. O homem, contido e calado, já sofreu um "quase" infarto. As artérias obstruídas puderam ser alargadas com stents. A mulher, explosiva e rancorosa, tem açúcar demais no sangue, colesterol alto e gordura abdominal. Os médicos tentam baixar os índices com remédios, mas a "questão de fundo" está além do alcance deles.

A infelicidade deveria ser tão combatida quanto o colesterol. Mas essa decisão só pode partir de quem sofre. Naquela relação não sei qual dos dois sofre mais. Nem qual dos dois é mais culpado. Amo os dois da mesma forma.

Acho que um dia vou receber um telefonema de um dos meus pais dizendo que o outro morreu de repente. De infarto. De AVC. Uma morte rápida, instantânea, mas tramada ao longo de décadas de uma infeliz vida a dois. Essa é a minha sensação. Mas quem sou eu para prever quem vai morrer antes de quem? Talvez um dia eles estejam vivos para receber um telefonema desse tipo. E a ligação pode partir da minha casa.

Quem sofre mais nos casamentos falidos: o homem ou a mulher? Você conhece alguém que adoeceu por essa razão? Queremos ouvir a sua opinião.

Cristiane Segatto

193 comentários:

  • Adenilson disse:
    maio 04, 2009

    Acredito nesse amor profundo e maravilhoso.Vai além do prazer sexual,pois é um
    prazer muito maior e gratificante.

    adenilsongoncalves90@yahoo.com.br

  • Clara disse:
    maio 04, 2009

    Olá para quem escreveu "Não consigo tirar da cabeça um estudo de psicologia divulgado há alguns dias nos Estados Unidos. Ele demonstra como um casamento infeliz é capaz de destruir a saúde do coração".
    Convido você a refletir sobre outras reportagens comentando sobre como atuar em um trabalho indesejado pode destruir a saúde do coração ou outra situaçao desagradável vivenciada por longo tempo...
    O que tenho percebido, por estudar a influência das informaçoes que trazemos registradas em nosso subconsciente em nossa realidade, é que essas informações / mentalidade fazem a diferença em nossa vida positiva ou negativamente e não a situaçao propriamente dita.
    Segundo Dr. Maturana, em seu livro "Habitar Humano" recentemente lançado no Brasil, nosso sistema nervoso "... existe e opera em todo momento como uma rede fechada de mudanças de relações de atividade entre seus componentes..." o que parace ser o motivo de vivermos em cegueiras e a forma de desvenda-las, de alterar a realidade interior é, primeiro nos permitir ovir a realidade do outro e segundo utilizar nossa função mental conciente para refletir sobre o que queremos consevar em nosso viver, quais atitudes estão nos causando sofrimentos...
    Acredito que o casamento é uma rica oportunizade de aprendizagem e exercício de amorosidade e compreensão e não o único tipo de relacionamento que pode adoecer o coração e, ainda, não é o tipo de relação que faz a diferença, mas como nós atuamos neste relacionamento.
    Grande abraço
    (3/5/2009 22:07:03) - (IP: 189.65.46.244)- clara (clara.ms@pop.com.br)

  • gustavo disse:
    novembro 19, 2010

    Olá.
    Me chamo Gustavo e aos 31 anos tenho a triste consciência de que a relação de 50 anos de união infeliz acima descrita, tem tudo para se tornar uma previsão razoavelmente precisa do meu futuro.
    Estou casado há 4 anos com minha companheira, hoje com 27 ano de idade, e há 3 anos tento reverter esta situação.
    A pergunta óbvia que vem a mente de qualquer leitor desta declaração seria:
    “E o que te impede de dar fim à esta relação?”
    E a resposta é, talvez, ainda mais óbvia... quem já amou sabe como dói magoar a pessoa amada, mesmo quando não é mais amor o que se sente mas um carinho residual e uma forma de compromisso com o bem estar de quem se jurou cuidar.
    Gostaria muito de ter forças para fazer o que é certo, e nos libertar aos dois desta prisão rotineira de refeições quentes, conversas mornas e corações frios. Mas ao menor indício de suas lágrimas minha determinação desaparece e eu dobro como um galho fino em chuva grossa, peço perdão e prometo tentar ama-la novamente. Promessa essa que até tento cumprir, mas não posso escolher quem amo e quem desamo.
    E assim tenho levado já há 3 anos uma vida onde assumi um papel quase paternal em uma relação que não me traz qualquer sensação de completude e onde a felicidade foi sistematicamente substituída por uma inércia emocional que lentamente enterra a alma na profunda cova da depressão.

  • Kelly Phoenix disse:
    novembro 23, 2010

    Gustavo, você não é responsável por ninguém. Quem realmente ama, deixa livre. Se ela usa dessa chantagem emocional para te manter ao lado dela, está sendo egoísta e não o ama verdadeiramente. Faça o que é certo, por mais lágrimas que ela possa chorar. Mais dia, menos dia, ela perceberá que você só fez o melhor, para ela inclusive. Abraços.

  • Anônimo disse:
    dezembro 08, 2010

    Estou csada há 22 anos, mas vivo um casamento infeliz, já pedi para ele ir embora, quer não o amo mais, mas ele finge que não escuta.
    Concordo que a saude fica pregjudicada, estou com pressão alta, colestoral, depressão, etc. e não consigo tomar uma decisão mais ´serisa por medo, pois tenho 50 anos e dois filhos, o menor com 14 anos.Penso até em suicidio...
    Marcia - Petropolis- RJ

  • Ali disse:
    fevereiro 03, 2011

    Fiquei muito tocada com a triste história e também com os depoimentos.
    Puxa Gustavo, eu sei o que você passa, só que do outro lado. Bem, não do lado da sua esposa mas do lado de uma outra pessoa na vida de alguém, que não o tem, pelo mesmo motivo que o seu.
    Sou irremediavelmente apaixonada por alguém que eu sei que também me ama, mas foi preso numa dessas armadilhas do destino e que ele mesmo se fez. Está num casamento de uns 4/5 anos e quando ele disse que ía embora ela apareceu grávida.
    Fraqueza dele? Lógico que sim. Some-se a isso a culpa, a dor de magoar algúem por quem se sente responsável e medo de perder a filha. Eu...me retirei, não aguentei mais tanto sofrimento. No entanto, continuo sofrendo, talvez a mesma coisa, pela ausência dele.
    Estou noiva e morando com meu noivo e sua filha. Gosto e admiro muito eles, mas amor...eu sinto pelo Lu.
    Não acho certo estar com alguém que não amo, mas tenho medo de ficar sozinha. Também pensava muito em suicídio. Adquiri pressão alta, sobrepeso e uma depressão sem fim.
    Que vida é essa? Arre!!!
    Só posso dizer: cuidem-se, e sejam livres enquanto podem.
    Abraço a todos.
    Ali

  • Anônimo disse:
    fevereiro 06, 2011

    Diante dessas historias de vidas, vou escreve um pouco sobre meu casamento infeliz... Ja estamos juntos a treze anos, vivemos felizes so os sete anos dai pra frente so brigas e tristeza, ele simplesmente ñ consegue nem tocar em mim, eu mim tornei fria e amarga... pois cansei de mendigar carinho e levar um fora, hoje ñ sei o quer fazer pois temos um filho de 3 anos e ele ñ quer sair de casa, por causa do filho. vivemos como irmão, mais so tenho 31 anos e sinto vontade de mim sentir desejada e amada... O QUE FAÇO?

  • Sofia disse:
    fevereiro 20, 2011

    Tantas histórias e tantos sofrimentos. Aquele sonho de amor eterno, de romance mágico, para muitos casais vai se desfazendo ao longo dos anos. Também estou em dificuldades. Parece que meu marido não tem mais ligação comigo. Até nossas conversas não fluem mais. Sinto uma tristeza angustiante, mas tenho dúvidas em me separar. Estou tentando achar respostas ou um caminho novo...

  • Anônimo disse:
    fevereiro 27, 2011

    tmb vivo um casamento infeliz,há 4 anos,só tenho 22 anos e o amo desde os meus 15anos.passei porcima da minha mãe para ficar com ele.para que?
    para ter uma vida infeliz,de choros ,tristezas,vontade de morrer e até de o matar,temos um filho de 3 anos,e só eu sei como sou humilhada,passo todos meus fins de semana sozinha em casa com meu filho,sinto muita dor ,tristeza,me acho muito burra pois não tenho coragem de dar um basta em tudo,me sinto fraca.
    me sinto a pior pessoa do mundo,só tenho vontade de chorar.sou muito ,muito ,muito infeliz com a minha vida.

  • Sofia disse:
    fevereiro 28, 2011

    Caros/as Companheiros/as de aprendizagem:
    Peço a Deus luz para todos, pois é comovente ler tantas histórias, com tantas semelhanças, infelizmente de dor e tristeza. Peço força e discernimento e que cada um encontre a ajuda de que tanto precisa. Compartilhar a fé e esperança, é o que sinto possível fazer neste momento. Que cada companheiro ou companheira, sejam tocados de algum modo. Elevem suas preces ao Nosso Pai, que é amoroso, bondoso e justo. Eu creio que vivemos situações que precisamos viver, para aprendizagem e crescimento. Entretanto, nossas fraquezas humanas, por vezes impedem nossa evolução. Não desanimem. Somos irmãos e irmãs e estamos juntos. Desejo luz para cada mente cansada, oprimida ou desesperada. Deus existe e está acima de nós. Seu auxílio SEMPRE CHEGA!
    Um grande abraço

  • Anônimo disse:
    outubro 25, 2011

    EU TAMBÉM SOU MUITO INFELIZ NO MEU CASAMENTO... ÁS VEZES ACHAMOS QUE O PROBLEMA É SÓ NOSSO, MAS LENDO ESSES COMENTÁRIOS VEJO QUE MUITOS TAMBÉM VIVEM O MESMO DILEMA.. É MUITO COMPLICADO TERMINAR UMA RELAÇÃO..TALVEZ SEJA POR MEDO DE SE SENTIR SÓ... O QUE É O MEU CASO.

  • Anônimo disse:
    novembro 11, 2011

    Vivo um casamento infeliz a quase 5 anos. tenho uma filha com essa mulher que não amo, ela tem mais dois um de 11 e outra de 15 eles não gostam de mim sinto isso. Só vivo nesse sofrimento porque amo a minha filha que é muito apegada comigo. Vivo calado no meu canto. A mãe é rancorosa, de comportamento explosivo e trata mau os filhos.Vivo com esta mulher para proteger a minha filha. Sou professor tenho 33 anos quero me livrar desta angústia e não deixar a minha saúde acabar. Já sinto muito mau,como numa prisão.Quero sair desse casamento e não perder a minha filha.

  • Anônimo disse:
    novembro 11, 2011

    É engraçado chegar aki e ver tantas pessoas que compartilham de um sofrimento semelhante. Eu infelizmente não estou em uma situaçao diferente! A dois meses me separei mais infelizmente estou me vendo obrigada a voltar pois meu companheiro nao consegue aceitar a separaçao e isso esta prejudicando a vida emocional dos nossos dois filho. Eu seu que estar voltando nao é nada mais nada menos do que estar adiando uma coisa que é clara pra mim, pois eu não o amo meu coraçao pertence a uma outra pessoa que é muito especial e maravilhoso. Porem o que resta e enfrentar a realidade e pedir q Deus que um dia tudo fique bem.

  • Anônimo disse:
    novembro 12, 2011

    É complicado. Principalmente quando não se tem mais certeza de que se ainda ama quem está ao seu lado. Religião, julgamento familiar e pessoas do convívio social. Tudo isso influencia a tomada desse tipo de decisão. É triste, a depressão chega e faz morada, você se alimenta apenas porque o estômago dói,, não por satisfação; Não tem mais vontade de sair, só fica dentro de casa, não quer conversar com ninguém, vive cada dia em tristeza mais que profunda, todo dia perguntando a si mesmo: porque tomei tal decisão?

  • Anônimo disse:
    novembro 21, 2011

    Tem alguém que me ama me esperando sair desse inferno em que vivo no meu casamento. O meu marido é um ótimo homem, mas não consegue amar ninguém além dele mesmo... talvez o nosso filho. E me percebo sem a alegria e prazer de viver que sempre me foi característico, mas não vou deixar o casamento que um dia acreditei ser o melhor para mim se tornar o meu fim. Acredito plenamente no amor, porque Deus vive em nós através dele e lamento profundamente que meu marido não perceba que é isso que vale apena na vida. Já estou casada há cinco anos e decidi aceitar que pra nós acabou, mesmo sabendo como vai ser destruidor essa separação, porém não vou desistir de ser feliz... ou ao menos tentar! E aconselho a quem como eu parece sem saída a não sucumbir no sofrimento e na infelicidade, coragem é o que precisamos para viver.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 07, 2012

    hoje o casamento é uma ilusão pra muitos quando entramos na rotina não enxergamos a essência que pode existir e fazer a vida ser melhor ...........

  • Anônimo disse:
    fevereiro 15, 2012

    Prezados, sei muito bem o que é viver um casamento de fachada, vivo isto há sete anos. Meu marido é mais velho e a gente convive qual dois irmãos, temos uma filha e vivo a cada dia me anulando, me sublimando. Sofro muito pois ainda sou jovem, tenho 39 anos, sou bonita, bem sucedida pofissionalmente e extremamente infeliz. Tenho medo de adoecer, de nunca mais ser feliz, de não fazer mais sexo. Por outro lado me compadeço de sua velhice e não consigo deixá-lo.

  • suzana disse:
    fevereiro 24, 2012

    É uma pena que tudo que parecia tão bonito se torne em algo tão doloroso. Estou casada a 3 anos e esperando meu primeiro filho, amo meu marido, e sei que a seu próprio modo ele também me ama, mas o problema é que ele ama mais um jogo no computador do que eu. Não adianta conversar, pedir, implorar, aquilo é a vida dele a mais de 2 anos e esta me matando. Me sinto tão sozinha, ainda mais nesse estado, precisando de mais atenção e carinho, mas isso já não existe faz tempo no nosso casamento. Sempre fui uma pessoa alegre, cheia de sonhos, mas agora só sinto amargura, e uma depressão que por mais que eu tente afastar vai chegando devagarinho dia a dia. Eu sempre acreditei no casamento ate o fim, mas a solidão esta me deixando doente. Será justo fazer tudo por uma pessoa e não receber nada em troca?

  • Anônimo disse:
    março 18, 2012

    PARECE MINHA HISTORIA, TENHO UM CASAMENTO INFELIZ ONDE MEU MARIDO SE ACOSTUMOU QUE EU TOMASSE A FRENTE DE TUDO, FAZIA ISSO PARA AJUDA-LO, POIS ACREDITO QUE CASAMENTO É PARCERIA E COM ISSO ELE NUNCA SE ESTABILIZOU EM UM EMPREGO SOU EU QUEM DA TUDO PRA MINHA FILHA E ELE QUANDO É QUESTIONADO OU IRRITADO VIRA UMA FERA E ME AGRIDE VERBALMENTE DE UMA FORMA TAO CRUEL QUE PARECE QUE VOU MORRER, ESTOU CANSADA DELE DA VIDA COM ELE TENHO UMA LINDA FILHA, SOU JOVEM MAIS ME SINTO INDO EMBORA CEDO PORQUE INFELICIDADE MATA, ESTOU GORDA, COLESTEROL ALTO E OUTRAS COISAS MAIS DESDE QUE ME CASEI COM ELE, TENHO CONCIENCIA DISSO E ESTOU AMADURECENDO MINHA SEPARAÇÃO PORQUE A VIDA É LINDA EU TENHO MUITO O QUE CURTIR COM A MINHA FILHA E A A VIDA QUE DEU.S ME DEU

  • Anônimo disse:
    abril 02, 2012

    Simpatia Escrever o nome dela embaixo do pé esquerdo e bata no chão por 3 vezes dizendo: Debaixo do meu pé esquerdo, te prendo, te amarro, e te mantenho pelo poder das 13 almas benditas. Que assim seja, assim será, assim esta feito. Que você venha me procurar, dizendo que me ama e quer ficar para sempre comigo. Enquanto você não vier, não irá comer, nem dormir e nem terá vontade de outro homem ao seu lado a não ser eu. Assim seja e assim será assim está feito. (Publicar no mesmo dia 4 vezes, e se sonhar, não revele o sonho a NINGUÉM! )

  • Anônimo disse:
    maio 17, 2012

    SIMPATIA PARA QUE? ESTA TUDO UMA MERDA TODOS ESTAO CANSADOS GENTE BOLA PRA FRENTE AMOR NOVO SENSAÇAO DE APAIXONADO NOVAMENTE NAO TEM COISA MELHOR DEIXA DE SOFRER

  • Anônimo disse:
    maio 18, 2012

    Estou "amigada" há 8 anos,ele não trabalha,não estuda,é feio,desarrumado,irresponsável,já peguei ele dizendo pornografias bizarras no facebook,é viciado em videogame e chantagem emocional,mente tanto que nem sei mais se diz algo q seja verdade,é mais velho que eu...eu tenho mais estudo e dinheiro,ele tem inveja.Não saio de casa,não tenho amigos,quase não falo com minha família,já tive depressão de engordar 30 quilos,antes dele,era magérrima,manequim34!Já passei dias sem comer,tomar banho,pentear cabelos,escovar os dentes ou levantar da cama,ele é agressivo...Pra piorar,minha mãe mora conosco,tem esquizofrenia,e eu sempre sou submissa,com medo dele gritar e assustá-la.Eu posso ficar louca,não posso ter filhos,ele joga tudo isso na minha cara.Diz que sem ele ficarei só para o resto da vida,pois ninguém irá querer uma mulher triste como eu,que pode terminar louca,e o pior é que sei que isso é verdade,pois mulher cuida,mas homem, na primeira oportunidade,abandona.
    Ele me tortura emocionalmente,mas eu sou fraca,preguiçosa e acomodada,não tenho ânimo pra sair por aí caçando homem,não é da minha personalidade.Minha mãe nunca deu dicas,nunca conversou essas coisas,eu não sei nem me maquiar...

  • Anônimo disse:
    maio 18, 2012

    Minha vida é um inferno,só não tenho coragem de me matar.Talvez,quando minha mãe morrer,eu me vá.Ele é hiper preconceituoso,não aceita sua família de origem negra e nordestina,não aceita ser filho de empregada doméstica.Joga na cara que eu sou mimada,apesar de esquizofrênica,minha mãe fez administração antes de adoecer,trabalhou no ministério da aeronáutica,meu pai é advogado...Às vezes acho que ele está comigo pq sou branca,sempre fala dos meus cabelos lisos pros outros,cisma que eu tenho de pintar meu cabelo de louro(gosto dele castanho claro,como sempre foi,sou meio "natureba")e que está comigo pra ter onde comer e dormir de graça.É triste não ser amada por sua essência,pelo que se é de fato.
    Ele nunca trabalhou,não vai mudar nunca,mesmo sendo mais velho que eu.
    :(

  • Anônimo disse:
    maio 18, 2012

    Eu tenho 25 anos,mas minha bagagem é de 70,acho q já sofri tudo q tinha pra qualquer ser humano sofrer nesta vida,estou quase desistindo...

  • Anônimo disse:
    maio 19, 2012

    eu tb tenh 25 anos,uma bagagem de 70..mas ja separei 4 vezes e foi pior ,pq tenho medo da solidao..ja me acostumei ao desprezo ,a implorar por migalhas de carinho e de tempo para conversar

  • Anônimo disse:
    maio 22, 2012

    bom sou casada a 7 anos e muito infeliz estou com ele pela convivencia nao por amor .
    ele diz me amar ,mas eu nao o amo ,nao sinto nada por ele ,temos um filho de 3 anos , isso me segura um pouco nao sei mas o que fazer tudo que faço e por obrigaçao ate nas horas mas intimas eu sinto nojo me sinto suja
    ja tentamos converçar ja prometi mudar mas nao consigo esse e meu dilema presa a um relacionamento que so me faz infeliz

  • Anônimo disse:
    maio 29, 2012

    anoniminha maio;2012
    sou casada ha´21 anos.nao sou feliz a nao ser pelo casal de filhos que tive,eles saolindos,mas so vou ser feliz na outra vida, porque nesta ,jafoi.so tive um amor na vida,mas nao lutei por ele e nem ele por mim.

  • Anônimo disse:
    junho 01, 2012

    eu hein...

  • Anônimo disse:
    junho 01, 2012

    gentemmmm, bom em primeiro lugar que Deus abençoe a todos nós, Só Jesus pode ajudar, enfim desejo saúde a todos pq o resto a gente corre atrás.

  • Anônimo disse:
    junho 01, 2012

    Sou casada a 7 anos, minha convivência foi difícil desde o primeiro dia, sinto que nem acreditam quando falo. Tenho uma filha de dois anos, quero me separar mais não sei se é certo, princípalmente pela minha filha. Meu casamento é um fracsso, foi uma grande decepção pra mim! Será que devo me separar?

  • Jeff Khulmann disse:
    junho 01, 2012

    Vc já conseguiu se separar amigo? Me conte , se possível, como vc está.
    Abraço.
    Jeff.

  • Anônimo disse:
    junho 08, 2012

    mu=iha mulher me trata assim q pena queria q fosee diferente

  • Anônimo disse:
    junho 20, 2012

    O homem passou a está longe de Deus por causa do pecado. cada pessoa que nasce já nasce longe de Deus. Davi disse que foi concebido em pecado.Adão pecou por isso se separou de Deus, então todos que descenderam de adão nasceram londe de Deus.
    Exemplo de uma vida de morte:
    Infelicidade no casamento,miseria financeira,relacionamentos frustrados,sonhos mortos,vida de eferminades. vc acha que Deus te criou pra vc viver assim? logico que não.DEUS E O SEU PAI, VOLTA PARA OS BRAÇOS DELE. QUE TUDO NA SUA VIDA QUE VC PENSAVA QUE ERA IMPOSSIVEL É POSSIVEL PRA DEUS.O SEU CASAMENTO VAI SER RESTAURADO TENHA FÉ EM DEUS. haa mais uma coisa, começa a colocar diante de Deus o seu casamento que vc vai ver o poder de Deus no seu casamento.tudo vai fica bem

  • Anônimo disse:
    julho 24, 2012

    Tem 15 dias que me separei da minha esposa estamos casados a três anos tenho uma filha de 2 anos , mas o problema e que eu a amo e ela não me quer mas parece que não me ama mas eu sofro muito mas sou joven tenho 24 anos e vou curte a vida tenho um emprego bom bola pra frente..

  • Anônimo disse:
    agosto 06, 2012

    Tenho 35 e ela 30. Começamos há 5 e estamos casados há 1,5.
    Eu sempre amei estar na natureza. Sempre fiz esportes e sempre dormi cedo. Tanto que a conheci de dia.
    Mas eu também me tornei infeliz no casamento. Minha mulher se tornou (ou já era) hipocondríaca e não consegue realizar nada. Não trabalha e agora nem cuida da casa direito. Só tem algumas preocupações: cabelo, roupas e suas doenças. Qualquer coisa que eu diga pode tornar um dia ensolarado em um furacão, de acordo com suas idéias tortuosas.
    Outro dia comprei 3 maçãs para completar até o fim de semana e comprar em um mercado mais barato. Nota: ela não estava comendo maçãs. Só que ela comeu. Eu, de boa comentei: ah foi por isto que acabou mais rápido então. E a noite de lua virou uma noite de tempestade. Que os pais dela falavam que ela era isso ou aquilo. Que eu não devia falar aquilo pois ela era traumatizada. blá blá blá. A maior parte de nossas brigas sempre foi neste molde. Desde sempre meu casamento foi assim. Ela vive prostrada na cama doente. Sexo é sempre para amanhã... E eu montei um apartamento no melhor bairro. Comprei o melhor carro. Tudo para dar as melhores condições... Em uma cidade longe de sua família, pois assim meu trabalho permitia. Mas ela devaloriza tudo quando faz tempestade em copo d'água praticamente por qualquer coisa. Já teve Síndrome do Pânico, reumatismo, dor nas costas... Depois de 9 anos sem fazer exame de sangue fez e não deu nada. Mas agora apareceu tontura... Fora a fraqueza. Quando mestrua é um inferno. Choro choro choro. Não podemos sair e conviver com ninguém. Eu comecei a ter rinite. A otorrinolaringologista perguntou como eu estava respirando. Não consegui curar com homeopatia. Acabei tendo que recorrer à alopatia. O diagnóstico eu sei: amor sufocante. Sempre fui esportista, mas depois de casar, via cara feia para ir nadar ou fazer qualquer coisa sem ela. Nem penso em ir para uma pescaria ou fazer qualque programa de homem.
    Mas algo aconteceu: quando estava para morrer de sufocamento (sentido figurado) ela teve que viajar. Fui ao médico, voltei a nadar e aos poucos me desconecto de seus problemas. Não posso viajar a serviço. Minha vida parou por causa dela, pois para sair em um fim de semana para fazer qualquer passeio tem horários, regras e rituais. Vive tendo fraqueza, vertigem. Quer controlar até meus pensamentos. Estou cansado, mas tenho que esperar o momento certo... E pagar o preço, pois ela, além de me alugar, me convenceu a casar em comunhão parcial.
    A pior nem conto. Ela outro dia veio comentar sobre a minha infância: que eu não sabia o que era afeto. Que podia comprar o mundo que não me preencheria... Porca! Ela que "teve a infância perfeita" nunca conseguiu construir nada na vida e sempre viveu parasitando o pai e agora a mim. Este dia marcou o fim do meu amor. Hoje eu apenas me conformo. Mas sempre me pergunto onde eu errei e onde erro.
    Peço ajuda a DEUS, pois ela depende financeiramente de mim e não tem condições de se reerguer. Só que ela está me consumindo e eu já não tenho mais 20 anos.

  • Anônimo disse:
    agosto 07, 2012

    Querido amigo Esportista!!!Quando li o seu depoimento,tive um déjà vu!!!!Conheço uma história semelhante,e te digo essas pessoas hipocondríacas e supostamente doentes,costumam enterrar toda a família,de tanto que duram!!!Vc,me pareceu,ser uma pessoa boa,mas como Eu, casou com alguém,que não era compatível!!!Meu querido,acho que vc está um pouco preocupado em dissolver o seu patrimônio,o que eu acho perfeitamente normal,mas sua felicidade,
    não tem preço!!!!Proponha um acordo,para sua esposa,nem que vc tenha que sair um pouco prejudicado nesse processo!!!Me parece,que vcs não tem filhos,e se isso é fato,nenhum inocente
    será afetado com sua atitude, de querer algo mais para sua vida!!!Tenho certeza,que vai encontrar uma outra pessoa,que venha somar e não te tirar nada!!!Recupere sua vida,sua saúde,sua confiança e volte a ser feliz!!!!Te desejo tudo de bom!!!

  • Anônimo disse:
    agosto 20, 2012

    Oi Anônimo de agosto, 07, 2012. Eu sou o Anônimo de agosto, 06, 2012, o esportista.
    Acho que você está coberto de razão. E tomei esta decisão já há algum tempo, mas a hora certa ainda não é agora. Tem que ser em um momento que ela esteja em condições de ser acolhida e apoiada pela família dela. Mesmo que isto me prejudique em termos patrimoniais.

    É esperado que as pessoas evoluam. Mas aquelas que involuem e amarram o cônjuge são as mais cruéis. Eu sempre achei que eu não compreendia, que era filho único e egoísta. Mas hoje vejo que não era bem assim.

    Quanto ao patrimônio, eu já imagino como fazer.

  • Unknown disse:
    agosto 27, 2012

    nossa,quantas historias triste por aqui e a minha é só mais uma..sou casada ha 18 anos e ha uns 10 anos que vivo de aparências em meu lar.tenho 36 e sou totalmente independente pois trabalho e tenho condições de tomar um outro rumo em minha vida,tenho 2 filhos 18 e 15 anos..tenho tudo para sair desse casamente que só me faz vegetar na vida,mais não tenho coragem e forças para me separar..peço a Deus forças e muita coragem,se tiver alguem ai para me ajuda desde ja eu agradeço.

  • Anônimo disse:
    agosto 28, 2012

    Oi amiga que postou em 15/02/2012, me identifiquei muito com sua história e talvez o seu relato me dê forças para sair da situação em que me encontro há quase sete anos. Sou mais nova que tu dez anos e não quero esperar ele chegar na velhice para sentir essa piedade toda que você expos em seu relato. Sinto que meu coração já está balançando por outro homem, porém tenho muita pena dele e não acho coragem pra me separar, Deus que me perdoe, mas parece que nossa covardia nos faz esperar um raio divino, um fator externo que seja capaz de tomar a nossa decisão por nós, para que assim não sejamos responsáveis por um possível fracaço amoroso futuro (imagino que muitos aqui morrem de medo de não encontrarem um novo amor ou acabarem arranjando um pior do que o atual, coisas que a nossa família conservadora, a sociedade e a religião encucaram na nossa mente). Já decidi que quero ser feliz, terminar essa relação de fachada, já que não temos filhos (e ele é infértil), eu nunca idealizei ser mãe, mas sei que posso mudar de idéia e que quanto mais o tempo passar, menores seriam as minhas chances de encontrar um homem bom para ser o pai do meu possível filho... Preciso resolver isso logo e este fim de semana percebi que estou começando a ter depressão, um choro que rasga a alma, falta de vontade de sair, de comer, uma angústia que não tem fim. E pior que, como muitos aqui, tenho todas as condições de chutar o balde e tocar minha vida só, porque sou independente financeiramente, sou bonita e inteligente, ele é que não anda tão bem. Se alguém aqui que teve coragem de tomar essa decisão tão importante para a sua felicidade, por favor me diga como foi e como está hoje, mais feliz, mais realizado(a) pessoal, profissional e amorosamente? Obrigada se puderem me dar uma dica de como pedir logo pra terminar. Obs: Confesso que sou um pouco acomodada e tenho muito medo do julgamento da minha família, ele me trata muito bem, porém vivemos como tio e sobrinha, pai e filha, ou sei lá! Obrigada a quem puder me ajudar, de verdade! Ass: Belinha.

  • naruto game disse:
    agosto 28, 2012

    meu casamento tambem não vai nada bem.

  • Orfa disse:
    agosto 31, 2012

    Nunca tive pai nem mãe, fui criada por uma tia que nunca me deu amor era criada como a empregada das minhas primas.Então de tanto sofrimento me casei com o primeiro que me ofereceu vida digna aos 19 anos, Hoje tenho 33, um filho de 11 anos e uma filha de 8 anos, 12 anos de casada e muita solidão. Meu marido é empresario, meus filhos tem escola particular, viajens e tudo que precisam e eu também tenho carro, apos meus partos fiz lipo mas é só,meu marido é muito ocupado nunca tem tempo para mim e para meus filhos, por não ter familia me sinto muito sozinha, nao tenho com quem conversar e minha vida é um saco sou obrigada a frequentar todas as festas e reunioes de negocios e me arrumar como uma boneca, me sinto parte da vida dele, mas na verdade nunc fui a vida dele, e sou nova e bonita e tenho um sonho de viver um grande amor...Tudo no meu casamento é muito robotizado.. Sabe um beijo de bom dia, um beijo de boa noite e mais nada, me casei virgem então nem posso dizer se o nosso sexo é realmente bom.... Aii me sinto tão infeliz....Sem falar que ele me regula o tempo todo saio da academia e ele me liga....tenho que dar noticia ate da minha ida a padaria.... A pior solidão é a solidão a dois. Já estou me conformando vou viver apenas para fazer a vida de meus filhos totalmente diferente da minha. e eu tentarei se feliz em uma outra vida......

  • Anônimo disse:
    setembro 03, 2012

    Vou dizer que tu estás reclamando de barriga cheia.
    Eu sou homem, trabalho o dia todo e sempre dei carinho e recursos para a minha mulher, que adora reclamar e arrumar briga. Ela não me deixa conviver com ninguém e não trabalha. Até eu pedir divórcio ela estava um saco e agora pediu para reconsiderar e está um doce... Da água para o vinho em 1 dia. Mas mesmo assim eu desconfio.
    Se teu marido te dá tudo é porque ele te ama e ama teus filhos. E em vez de ele ligar para ti, porque tu não ligas para ele para dizer que lhe ama e mandar beijos de amor? Porque tu não dás um abraço e um beijo na hora que ele chega cansado, esgotado do trabalho?
    Louve a DEUS por ter um marido que trabalha para dar tudo à tua família e pare de reclamar!

  • Anônimo disse:
    setembro 07, 2012

    Concordo com anonimo 03 setembro 2012, sou amigada ha dez anos morei 7 na casa da sogra, meu companheiro é esteril nunk quiz casar comigo mesmo sabendo que é o meu sonho, tem 50 e eu 32 e sou eu quem pago todas as minhas contas sozinha inclusive o aluguel da casa que moramos, quando o meu sonho era ter pelo menos uma casa e casar com ele, e mesmo assim eu o amo, apesar de me sentir cansada da situação.

  • Anônimo disse:
    setembro 10, 2012

    Estou casada há 15 anos e desde a lua de mel percebí que ele não se importava comigo como antes ( na fase do namoro ).Tudo o que faço em minha vida desde o primeiro dia de casada é cuidar dele e procuro até hoje ser a melhor esposa do mundo, amável, carinhosa,compreensível e paciente; mas ele deixou de ser carinhoso e amável e passou a focar sua vida no trabalho e viagens sozinho, que segundo ele é uma forma de descanso por trabalhar demais - (o que faz até hoje).
    Há 3 anos ele entrou em depressão e para completar me traiu com uma colega de trabalho trocando e-mails e presentes; não chegou a ir pra cama ( acredito eu ) mas só o fato de trocar mensagens e presentes para mim já é traição. Tudo isso aconteceu de uma vez. Hoje já não sinto por ele o mesmo amor que sentia antes e a disconfiança ronda minha mente 24 hs por dia, tenho sim uma vontade enorme de reverter essa situação, mas vejo que ele não se importa em querer mudar. Estou adoecendo por causa disso. não tenho coragem de me separar porque tenho duas filhas e por me dedicar excessivamente à ele esses anos todos, não me profissionalizei, por tanto, não trabalho fora.
    Sentir o seu desprezo tem me matado aos poucos e a falta de coragem de encarar a separação tem me consumido diariamente.
    O brilho e a alegria que sentia quando jovem acabaram, hoje me olho no espelho e vejo tristeza. Vejo uma mulher covarde e fraca.
    Não quero que minhas filhas se lembrem de mim assim quando crescerem, mas realmente estou sem chão e sem rumo...

  • Anônimo disse:
    setembro 12, 2012

    Ali disse:
    fevereiro 03, 2011

    Tô vendo minha história na sua, ela engravidou para segurá-lo qdo ele estava prestes a sair de um casamento infeliz pra ficar comigo, ele por ser correto continua...ele me ama, mais a esperteza dela foi além....triste...

  • Anônimo disse:
    setembro 13, 2012

    eu tambem sou muito infeliz no meu casamento stou casada a quase 14 anos tenho 32 anos vivemos muitos momentos bons isso so 9 anos e a 4 anos vivemos uma relação morna sem motivação, vivo em uma depressao que so tenho vontade de chorar, isso porque me apaixonei a 4 anos por outra pessoa, mas é um amor proibido e com isso eu sofro de um lado e ele sofre do outro porque ele é comprometido tambem. eu tenho 4 filhos e tenho medo de jogar tudo pro alto e meus filhos sofrerem e co isso eu continuo sofrendo. meu marido tambem não me ama e esta junto comigo tambem por causa dos filhos, eu não tenho certeza mais acho que ele tambem é apaixonado por outra pessoa e com isso sofremos os dois.

  • Anônimo disse:
    setembro 18, 2012

    SOU CASADA A 12ANOS MAS NAO AMO MAIS ELE MAS TENHO MEDO DE SAIR DE CASA SEI LA ACHO QUE FICO INSEGURA PQ TENHO 2 FILHOS TENHO 25 ANOS MEOS PAIS NAO ME APOIO

  • Anônimo disse:
    setembro 23, 2012

    A infelicidade realmente mata as pessoas precocemente.
    Só pelo olhar, podemos reconhecer quando alguém mesmo sorrindo é infeliz.
    Mas um dos fatores que leva à isso, é acomodação ou impossibilidade de sair de algumas situações sofríveis.

  • Anônimo disse:
    setembro 27, 2012

    olá pessoal o casamento so vai melhorar se os dois estiver dispostos a mudanças se nao houver coperacao continuara sofrendo.. mais acredito que Deus transforma tudo e possivel pra Deus.procure uma igreja evangelica peça oracao vc que esta lendo esta msg busque ajuda mas lembre so jesus è a solucao que vc precisa.

  • Anônimo disse:
    setembro 27, 2012

    casamento nao è brincadeira.mais tenho que concordar que jesus realmente trasnforma quero dividir essa experiencia com vcs. eu ouvia falar mais nao dava ouvidos estava passando por uma situacao bem dificil fui a igreja e verdadeiramente DEUS FEZ ALGO QUE MUDOU MINHA VIDA PRA SEMPRE HOJE MESMO NAS CITUACOES MAIS DIFICEIS SEI O QUE È CERTO E QUE DECISAO DEVO TOMAR PRA MINHA VIDA OLHA GENTE ELE CURA SALVA RESTAURA LIBERTA MAS È PRECISO DAR UM PASSO que o senhor conforte cada familia e os ajude a encontrar a luz a saida em cristo jesus...

  • Anônimo disse:
    setembro 27, 2012

    Caro anônimo de 27/09. Jesus salva quando abrimos nossas portas mentais para ele. Não adianta rezar e viver com a bíblia debaixo dos braços e fazer ou pensar todos os tipos de maldades. Não adianta ir à igreja para rezar e quando sair dela ter posturas ruins. Estão próximos de DEUS os bons e não os que rezam!

  • Anônimo disse:
    outubro 01, 2012

    Maria disse:
    outubro 01, 2012

    Sou casada a 26 anos,quando meu marido e eu nos conhecemos eu já trabalhava eramos felizes (principalmente eu)é não sabiamos, por que meu sogro faleceu tem uns 08 anos, fomos morar com a minha sogra (dentro da casa dela), desde então nunca mais fui feliz em 2005 descobri que meu marido me traiu esperei meu filho mais novo (solteiro)terminar os estudos para me mudar de casa, mas a mãe dele disse pra ele que eu ia embora por isso ele me pediu uma 2ª chance, dei essa chance mas ele continua do mesmo jeito, chega em casa todo arranhado, machucado, duas vezes por semana, chega em casa quase as 08horas da noite,não tenho filhos mais pequenos sei que essa decisão só depende de min para eu ser feliz.

  • naruto game disse:
    outubro 01, 2012

    isso mesmo segue em frente.

  • Anônimo disse:
    outubro 02, 2012

    Estou separada a 15 dias do meu marido, a pouco tive uma crise de choro e quase pedi para voltar com ele, mas aguentei... Estive casada a 7 anos tenho uma filha. Sempre tive problemas com meu marido c/ bebedeiras, agressividade, traição, enfim cheguei ao meu limite depois de uma briga horrivel que acabei levando um tapa na cara.Esta sendo dificil ficar sem ele, é muito louco pq acostumamos até com coisa ruim, mas estou firme na minha escolha... "O que não mata me fortalece"

  • Anônimo disse:
    outubro 03, 2012

    lu,estou separada a quase dois anos mas nao consigo esquecer o que vivi a 26 anos ,fui traida varias vezes,sempre trabalhei com ele para adiquirir as coisas e ele me roubou todo o meu patrimonio pois queria que eu continuace com ele,mas como sempre fui uminhada por sua familia ,ele nimca me respeitou e vivia me traindo,as vezes quero morrer por me semtir culpada deste fracasso,mas nao sei as vezes o que pensar ,tenho duvidas as vezes não sei o que e o certo ou errado ,so sei que estou infeliz.

  • Anônimo disse:
    outubro 10, 2012

    Tenho 25 anos e estou em um relacionamento de quase 12 anos,ou seja eu comecei namorá-lo aos 13,sendo q estou casada a 7 anos.Meu marido é daqueles homens bem sérios(retraído),ele é o marido q toda mulher deseja ter,me dá beijinho quando vai sair e quando volta,me ajuda nas tarefas da casa,tenta me agradar no q pode,eu nunca descobri nem desconfiei de nenhuma traição,o problema todo sou eu.Eu errei lá no começo quando fiquei com ele pra esquecer um menino que eu gostava e não me correspondeu.Fiquei muito tempo pensando nele,mas eu sabia que tinha que tirá-lo da mente e dar valor a quem realmente gostava de mim.Com o tempo fui me conformando e descobrindo coisas da adolescência,meu marido foi o primeiro e unico em tudo,beijo ,amassos e enfim desfrutou do bem que pensei em dar para o tal menino q nunca me quiz.Valeu a pena pq independente do q sinto hoje,fui muito feliz e ele era a pessoa certa naquele momento.Mas o vazio continuou e sempre senti q me faltava algo,ele tbm ficou um tempo frio comigo,acho q exausto de tanto meio amor.Eu nunca me entreguei completamente,apenas fui levando a vida,gosto dele,mas não o amo,já cheguei a pensar que amava,mas me imagino muito feliz sem ele,nem sofro ao pensar em perde-lo.Ele é completamente diferente de mim,eu tenho tantos sonhos e objetivos,planos para uma vida melhor,já ele nem comenta sobre o futuro.Quando fomos morar juntos eu tinha 18 anos,ele tinha acabado de sair do emprego e não tinha onde ficar já que toda a família dele é do interior,então ele teve que ficar na minha casa,eu não queria,mas pior seria se eu abandonasse ele quando mais estava precisando.Ficamos morando na casa de meus pais por uns meses e depois nos mudamos,eu fui me acostumando e gostando da vida de casada,nem pensava com tanta frequência na minha desilusão.Mas quando eu via alguém parecido com o tal rapaz eu ficava diferente.Eu sofria e ainda sofro me perguntando porque eu não consigo tirar esse homem de minha cabeça,porque até hoje eu sonho com ele.Nosso casamento fica frio e já penso em me separar ,eu me sinto como um passarinho preso em uma gaiola,ele me sufoca é muito ciumento,meu casamento já não está bem tem uns 5 anos e eu sei que sou errada em continuar,tenho um filho de quase 2 anos,eu não queria ter engravidado,sempre me previni e nunca tinha vacilado e bastou uma vez apenas para acontecer.Apesar de eu não ter desejado engravidar meu filho foi muito bem recebido por todos e eu amo ele mais que tudo nessa vida.É o maior presente que recebi.Mas com o nascimento dele nossa relação ficou mais fria,a uns meses atrás eu não queria nem beijar,tive nojo de transar com ele,eu sei que ele sofre quando estou assim e por isso não me sinto no direito de estragar a vida dele que poderia estar com quem realmente lhe aceita e ama como ele é.Eu falei pra gente se separar,mas ele não aceita,fica mal,por coincidência o tal rapaz me adcionou no facebook e hoje mantemos contato diariamente,ele confidência muitas coisas a mim,pois sofreu uma desilusão com uma namorada de longa data,ficou sozinho por um tempo e agora namora outra.Ele me liga me dá atenção tem tanto haver comigo,mas não dá em cima de mim e eu prefiro,pois acredito que não me seguraria.Penso nele todos os dias,sei que estou muito errada porque sou casada com um cara muito gente boa e esse rapaz ainda é comprometido.Eu penso em me separar pra me dar um tempo,ficar sozinha sem ninguém,pois nunca tive esse tempo pra mim,comecei namorar muito nova e ainda tive uma experiência apenas,não sei quase nada da vida,tenho medo de abandonar uma pessoa tão boa e aprender a dar valor com mais sofrimento.Respeito muito os meus pais,sei que eles ficariam muito mal com a minha separação,pois todos gostam muito do meu marido.Eu pretendo me separar depois que o meu irmão firmar sociedade com meu marido,pois ele vai poder andar com as próprias pernas,terá mais condições financeira de morar sozinho e as pessoas acreditão mais na capacidade dele.E hoje exatamente estou naqueles dias infelizes,frustrada e depressiva.

  • Anônimo disse:
    outubro 12, 2012

    Sou casado a 30 anos e extremamente infeliz. Tem sexo, mas não tem amor, paixão, cumplicidade, sinseridade; falta tudo. Não sou mais um garoto, porém, os hormonios e o amor exalam para não explodir. Será que estou condenado a morres sem ter vivido? Eu sei exatamente o que estas passando.

  • Anônimo disse:
    outubro 17, 2012

    ola sou do mesmo time que vcs sou casada a 22 anos comecei a namorar com ele eu tinha 15 anos ele 17 hoje tenho 41 e nao cosigo ser feliz ele nao deixa ja ouve triçao da parte dele e ele fala palavras que doi muito me compara com mulheres que ele ja teve fala que elas sao melhores que eu coloca mil defeitos em mim fala que sou nada que ele e melhor que eu so por que ele trabalha e eu nao tenho dois filhos uma de 22 e um de 17 e tenho uma netinha sao as minhas alegria teve uma vez que eu estava passando mal ele queria fazer sexo entao quando viu que eu passava mal disse que eu estava podre que tinha que proucurar mulher na rua que as da rua eram melhor que eu tem muito mais nao da nem para comentar que e bizarro eu so queria ser feliz pois nao sou feia como ele diz mas tenho medo de me separar pois ele fala que se nao dele nao serei sde mais ninguem as vezes ele e violento ele nao sai comigo eu fico so dentro de casa mas quando ele quer tomar a serveja dele ele sempre e eu sempre em ultimo plano isto e so pedacinho de tudo que passo obrigada por lerem meu depoimento se tiver alguem que possa me ajudar eu agradeço

  • Anônimo disse:
    outubro 21, 2012

    Vivo um casamento de fachada; ainda sou atraente, saudável, porém sou apenas a mulher quem cuida da casa em todos os setores, tipo eletro-doméstico...dei vida, juventude, prazer, e estou tremendamente só.Não quero sexo com ele pois não o desejo a muitooooooooo tempo.

  • Anônimo disse:
    outubro 22, 2012

    Estou casado a 22 anos. Já faz um ano que eu e minha esposa não temos relação. Não sinto mais atração por ela nem ela por mim, aliás, ela nunca teve muito interesse por sexo. Eu que sempre forcei um pouco a barra, tentando transmitir-lhe algum interesse. Estamos os dois obesos, ela com hipertensão, pedra na vesícula, problemas com a tireóide; eu com diabetes e desanimado com tudo. Não conseguimos construir nenhum patrimônio. Moramos na casa que foi dos pais dela, onde mora cunhados no quintal, onde há sempre discussões e falta de respeito. O único saldo positivo é nossos três filhos: 21, 15 e 12 anos. Trabalho como vigilante. la nunca conseguiu arranjar emprego. Este ano descobri que ela não tem nem o ginásio completo. Ela não cuida da saúde, tipo faltar as consultas médicas, não cuidar dos dentes, sendo que sempre trabalho em empresas que tem convênio médico e odontológico. Sempre quando falo em me separar, ela chora e diz que eu não tenho dó dela e que vou abandoná-la. Chego a pensar que se nos separássemos, teríamos uma chance de ser mais felizes, sozinhos ou com outras pessoas.

  • Anônimo disse:
    outubro 22, 2012

    Anônimo do dia 22/10 vocês dois estão entregue a depressão e isso é péssimo.Nenhum ama o outro,apenas se acostumaram com a vida que escolheram viver.Como eu já disse eu estou esperando uma situação se firmar para poder realizar a minha decisão,então vc tem que determinar o fim de seu sofrimento.Acorde!Esse conselho que lhe dou tomo para mim tbm pq a vida passa,os filhos crescem e nem lembram os sacrifícios que os pais fizeram e fazem por eles,eles na verdade nem tem culpa pq a escolha é nossa apenas.

  • erika g. disse:
    novembro 06, 2012

    Todos aqui tem mais de 3 ou 4 anos de casados. e eu que tenho somente um ano e ja me sinto completamente uma fracassada. Meu casamento e uma droga, temos varios desentendimentos todos os dias, ele me agride com palavras me deixa com a auto estima la no pe , e pra completar ainda piso em cima . Antes de morar com ele era uma pessoa atletica , que tinha amigos ,emprego , vivia sempre sorrindo . Hoje um ano depois vivo em depressao, nao pratico mais esporte , nao tenho animo nem pra levantar da cama , nao tenho emprego nem vontade de trabalhar , vive me criticando , resumindo estou desanimada de tudo na vida , nao durmo a noite ,fico noites pesquisando no celular uma forma de tentar reverter essa situacao pois na minha vida e cabeca nao consigo pensar e nem por em pratica nada . Vivo chorando enquanto ele dorme tranquilo , tem amigos , familia perto e emprego . As vezes acho q ele queria so uma empregada onde nao precisa se pagar pelo servico . Eu deveria ter enxergado isso quando ele me disse q foi juntado 3 vezes co outras mulheres e nenhuma deu certo , segundo ele sempre por causa delas .sera mesmo , ultimamente tenho minhas duvidas .a vdrdade e uma so , eu amo ele daria tudo pra nao amar , mas amo , e vivo dias ou chorando ou decepcionada c minha decisao .ja tentei tirar minha vida 3 vezes e estou em profunda depressao . So queria viver . Sera que e tao dificil , e olha que so tenho 23 anos .

  • amor e vida disse:
    novembro 09, 2012



    MensagemAssunto: oração Reconciliação Seg Maio 21, 2012 9:34 pm

    MILAGRE IMEDIATO FAÇA COM MUITA FÉ, POIS ESSA ORAÇÃO É MUITO FORTE E DEFINITIVA. SÓ
    FAÇA SE TIVER CERTEZA DO AMOR QUE SENTE POR ELE.

    QUE SÃO MIGUEL QUEBRE AGORA TODO O ORGULHO DO CORAÇÃO DO (RFCES), E EXPULSE
    TODO ESPIRITO DE INVEJA QUE CERCA A VIDA DO (RFCES) E DE (AIFF)
    E AFASTE TODO MAL QUE EXISTA ENTRE NOS DOIS (RFCES) E (AIFF), PERMITINDO
    ASSIM A RECONCILIAÇÃO IMEDIATA DO AMOR PARA SEMPRE.QUE O ANJO SÃO GABRIEL ANUNCIE
    O NOME (AIFF) SUAVEMENTE TODOS OS DIAS NOS OUVIDOS DO( RFCES) E FAÇA O ANJO
    DA GUARDA DO (RFCES)TRABALHAR EM FAVOR DA RECONCILIAÇÃO E DO ETERNO AMOR. QUE O
    ANJO SÃO RAFAEL CURE TODA MAGOA, TODA RAIVA, TODAS AS MÁS LEMBRANÇAS, TODO O MEDO, TODA INCERTEZA, TODA DÚVIDA, TODO RESSENTIMENTO, TODA TRISTEZA, TODO
    ORGULHO QUE POSSA EXISTIR NO CORAÇÃO DE (RFCES.) QUE IMPEDEM QUE O ( RFCES.) SE
    ABRA IMEDIATAMENTE PARA O AMOR E PARA A PAIXÃO E SE DECLARE PARA MIM (AIFF)
    QUE FAÇA ISSO PARA QUE HAJA A RECONCILIAÇÃO IMEDIATA E O AMOR ETERNO.
    ASSIM QUE EU PUBLICAR ESSA ORAÇÃO OS TRES SANTOS ANJOS,MIGUEL, GABRIEL E RAFAEL
    REUNIRÃO O ANJO DA GUARDA DO (RFCES) AO ANJO DA GUARDA DE (AIFF), QUE SE
    REUNIRÃO SOB A PROTEÇÃO DE ANJOS DE CONEXÃO, QUE HÃO DE TRABALHAR EM FAVOR DA
    RECONCILIAÇÃO DO AMOR. ASSIM QUE EU PUBLICAR ESSA ORAÇÃO O CORAÇÃO DO (RFCES.) SE
    ENCHERÁ DE ALEGRIA E MUITO AMOR POR (AIFF), ANJOS FAÇAM COM QUE O (RFCES) SE
    LEMBRE COM AMOR E EMOÇÃO DAS PALAVRAS BONITAS E CHEIAS DE AMOR VERDADEIRO QUE
    EU(AIFF) LHE DISSE, E QUE O SEU CORAÇÃO SEJA TOCADO, AMANSADO, RESTAURADO, RENOVADO E ILUMINADO FORTEMENTE PELAS LUZES QUE EMANAM DO SANTO ANJO MIGUEL, SANTO
    ANJO GABRIEL E DO SANTO ANJO RAFAEL, EXPULSANDO DE PERTO DELE TODO O MAL, FICANDO O
    ( RFCES) REPLETO DA CHAMA ROSA DA MESTRA ROWENA, ENCHENDO-LHE DE
    MUITO AMOR POR(AIFF), A CADA DIA A CADA INSTANTE MAIS E MAIS. QUE O( RFCES) ME
    PROCURE OU LIGUE URGENTE, AINDA HOJE PARA ESTARMOS JUNTOS. QUE ASSIM SE CUMPRIRÁ EM
    NOME DE DEUS PAI, DEUS FILHO, DEUS ESPÍRITO

  • Anônimo disse:
    novembro 09, 2012

    Eu sou amigada ha 8 anos, e sou infeliz a 7, ele tbm e...creio eu. Mais não conseguimos nos separar.... a gente se ama, não e costume. A vd e q somos infelizes, o motivo eu desconheco... Mais estou pensando em ir embora, nem q eu sofra, posso sofrermuito ou não...estou desanimada d td! Coloco nas maos d Deus.

  • Anônimo disse:
    novembro 11, 2012

    Me identifiquei com muitas histórias aqui relatadas.Incrível como os relatos são semelhantes... Vivo numa relação (38 anos!) onde na grande maioria das vezes não fui feliz. Sempre havia sérios problemas considerando grandes, enormes diferenças entre nós. Antes, ou seja, no início eram diferenças em relação à área sexual. Enquanto eu necessitava muito de sexo, ele se esquivava quase sempre, dizendo que eu era anormal. Cheguei a acreditar nisso! e vivia sempre muito carente, com uma vida sexual pobre.Nem sei como consegui sobreviver tanto tempo com essa falta enorme de sexo... O tempo passoa, tivemos, apesar de tudo, quatro filhos maravilhosos, alías o maior presente dessa relação... Tres casaral e foram cuidar de suas vidas. São um orgulho realmente... Porém , em determinado momento , nos deparamos com uma dura e triste realidade ,ou seja, já não tínhamos nada em comum, nem sonhos, projetos, interesses,desejos, nada! Aí, se instalou uma profunda tristeza, um vazio enorme em ambos. A depressão e a infelicidade contribuiu para que eu adoecesse. Enfim, tive um cancer( há oito anos), felizmente tratável, descoberto em fase inicial.E curável graças à Deus! Mas, continuamos vivendo de destroços. Muitos poucos momentos positivos. Não temos coragem até hoje de separar. Vivemos literalmente uma grande,cruel solidão á dois. Há momentos ,em que que ainda sinto uma grande energia, vontade de ir atrás de sonhos, de me livre de tantos desentendimentos e sofrimentos e também propiciar à ele a sua busca pessoal. Talvez seja tarde demais. O nosso maior erro foi a acomodação com as gritantes diferenças e conflitos contantes ao longo da vida "em comum".

  • Anônimo disse:
    novembro 12, 2012

    anonima,12/11/2012.
    Bom dia pessoal,tenho certeza que uma psicologa podera ajudar a quem não tem coragem de enfrentar a vida, na minha opinião assim como entrou numa relação tem como sair sim e com dignidade.Tive um casamento de 13 anos dois filhos e fui chifruda,tive coragem arrumei emprego fui na justiça pedi pensão,e continuei a minha vida,acho que filho não é a desculpa para ficar com alguém que não amamos mais,pois antes eles não existiam e voce assumiu o risco de ficar com essa pessoa então cria coragem vivem a vida como se ela tivesse um dia só,não coloque os filhos contra os pais e nem contra a familia dele(a),por que os filhos não tem nada a ver com os nossos problemas, se sabermos separar a nossa vida e dos filhos acharemos o caminho.

  • Este comentário foi removido por um administrador do blog.
    amor e vida disse:
    novembro 12, 2012

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

  • Anônimo disse:
    novembro 14, 2012

    sou casada a 08 anos tenho 25 anos ele tem 32 fui felis uns cincos, mais ultimos trez sou muito infeliz eu e meu marido nao
    temos aassunto carinho resumindo nao temos afeto de nada entre nos dois. temos dois filhos um de 7 anos e outra de 05 anos .choro todas as noite quando coloco minha cabeça no travesseiro por ser usada so como secretaria do lar. e vista pela as pessoas como uma boa dona de casa.mas por dentro mi sinto vasia fria um fracasso. ele nao sei se tem outra mais trabalha direto e so vem pra almoça e a noite vem dormir. sinto falta de viver e mim devirtir um pouco .gostaria de receber conselhos.

  • rary garcez disse:
    novembro 15, 2012

    Estou amigada apenas 03 anos,namoramos por uns 05 anos temos uma filha de um ano e meio,eu com 33 anos ele com 63 estou totalmente infeliz ñ trabalho ele aposentado brigamos mt ele doente quase ñ sairmos na relação intima e péssima ele envelheceu mt nosso namoro era tão bom agora nosso casamento e uma merda. Tenho vergonha de sair com ele se tornou um homem chato reclamao feio,velho,sou infeliz ainda ñ o trair mas estou sentindo mt vontade de ser ao menos feliz um pouco saindo com alguém. Oque eu faço gente .

  • Anônimo disse:
    novembro 21, 2012

    Seja feliz.

  • Anônimo disse:
    novembro 21, 2012

    SEJA GENTIL. Isto é a base para uma convivência melhor.
    E volte a estudar; invista numa carreira, profissão, trabalho.
    Boa sorte ...

  • ca disse:
    dezembro 01, 2012

    São tantos anônimos e infelizes como eu. Sou casada háquase 25 anos, completarei no próximo dia 28 de maio 2013, "Bodas de Desespero", tenho 44 anos, mas só posso não ter juízo é o que penso sobre mim. Vico, ou melhor, sobrevivo com uma pessoa que mal converssamos, se o fazemos é para brigar... Tem horas que sinto que meu coração está machucado, mas machucado de verdade, pois a dor é como de uma ferida que está vingando... Já li que isso realmente acontece, mas não queria que fosse assim. Todos me falam que sou uma fonte de luz, onde chego não gosto de ver tristeza, tento fazer piadinhas que particularmente acho sem graça, mas não admito ver tristeza em ninguém, acho que por que na verdade eu não resisto mais tanta tristeza, profissionalmente tenho altas e baixas, tenho uma mãe, um vô e uma filha maravilhosos, são tudo pra mim e não sei por que eu que sou tão corajosa em tudo não tenho a coragem de parar de sofrer - dar um basta nesta porcaria de casamento...Ele não dorme comigo há mais de 1 ano e meio e alega que ronco, realmente deve ser o choro da minha alma repercurtindo lamurios. Meu sonho é encontrar alguém que me ame de verdade, o sexo pra mim que não vivo, nem é vital, sonho em andar ao longo do caminho da vida de mãos dadas com alguém, rumo ao mesmo destino - felicidade reciproca :(

    ca

  • Anônimo disse:
    dezembro 06, 2012

    muito triste...

  • Anônimo disse:
    dezembro 07, 2012

    Pessoas,
    Se estou cá a ler vossos depoimentos é evidente que divido do mesmo mal... Mas não quero contar minha história. O que me chama a atenção é a qtde de sentimentos comuns. Todos que se sentem sozinhos, não se sentiram melhor ao ver que não estamos sozinhos, que o que sentimos de alguma forma é normal ao ver tantos sentindo a mesma coisa? Seria muito bom, se se criasse um "AAA"onde pudessemos encontrar pessoas que sofrem do mesmo mal....O falar, o poder ser entendido, o receber afeto verdadeiro de alguem que sabe o que sentimos é um santo remédio. Nem mesmo uma terapia, onde o profissional não se comove, não sente nosso sofrimento, daria tanto resultado. Se pudessesmos ter um lugar nosso, mesmo que virtual, poderíamos resolver questões como um dos lados da solidão (a de que não somos os únicos a sentir o que sentimos) e por que não, achar uma solução mesmo para os nossos problemas? Mas só o conforto de termos "amigos que nos entendam DE VERDADE E COM SINCERIDADE, já seria de grande valia... Eu não sei como poderia entrar em contato com vocês, mas seria bem legal juntar todo mundo virtualmente ou pessoalmente.... cada equipe por cidade.... ABS a todos... Laura V.

  • Anônimo disse:
    dezembro 10, 2012

    meu deus .sempre tem alguem pior do que agente.eu achava que era só comigo. mas to vendo.que este mal...esta em quase todos os lares.eu vou fazer 10anos de casado.de uns tempo pra minha mulher nm na minha cara q olha.as vezes fala comigo.as vezes não.eu fico muito triste.temos uma filha de 5 anos.tento contorna mas e dificil.queria reconstruir minha vida sou novo tenho 33anos.mas eu olho minha filha. vida de casado e dificil.muito dificil.só dando tempo ao tempo.

  • Anônimo disse:
    dezembro 12, 2012

    Oi gente, "vivo amigada" faz um ano ( um inferno) de inicio eram os tel. fora de hora, ele me deixava dormindo em casa e sumia de madrugada só voltava de manha, agora ( faz uns 4 meses) as coisas pioraram , as vezes sinto que vou morrer de tristeza já ate encontrei uma camisinha usada no quarto do nosso filhinho de 2 e meio, agora descobri que ele anda metido em drogas é violento comigo, ameaça me bater o tempo todo e as vezes é agressivo comigo, não tenho coragem de me separar e não sei como ajuda-lo, tenho 26 anos e ele 35 estou finalizar a minha faculdade, com muita luta, porque ele não me ajuda, trabalho e pago as contas de casa porque não sei o que ele faz com salário, por favor ajudem-me. estou a definhar aos poucos só este ano engordei 30kg e ganhei pressão alta. sinto que tenho 50 anos apesar d só ter 26 anos. minha mãe não quer que eu me separe.
    Angolana

  • Anônimo disse:
    dezembro 15, 2012

    Não estou aqui querendo dizer que diante de tudo que foi exposto, sou a mais infeliz, mas posso dizer que penso ser a mais estranha no ninho.
    Estou casada a 23 anos e nunca fui sexualmente feliz, mesmo desejando meu marido o sexo foi sempre minguado para mim, quase posso contar quantas vezes tive relação. Com o passar dos anos a coisa ficou pior, e o que era minguado, tornou-se de conta contas. Além de vir acompanhado situações estranhas tipo me trocar por pescarias, nunca entrar cedo para o quarto(espera sempre que eu durma), procurou empregos que me deixavam longe. E ai vem às duvidas, chequei a pensar em coisas terriveis, tais como: será que ele é homossexual, impotente, tem outra, não gosta mais de mim, enfim tantas coisas que me aniguilaram como pessoa. Olho para outros homems e me pergunto porque não tentar ser mulher com outro. Vivo com essa dúvida, de com quem mesmo estou, ele parece não querer se separar, disse que não tem desejo por ninguem, mas, ainda assim não acredito que um homem de verdade consiga viver assim.
    Diante do que escrevo, o que vocês acham?

  • Anônimo disse:
    dezembro 17, 2012

    erika g. disse:
    novembro 06, 2012

    Tenho uma vida idêntica a sua, se quiser conversar

  • Anônimo disse:
    dezembro 19, 2012

    saida
    li por muito tempo varios comentarios unica maneira que achei para desabafar..nao sei o que mais fazer to casado 1 ano e meio de tivemso varias brigas a unica diferença e a idade tenho 31 ela 21 vomos os dois precipitados largamos uma vez e implorei para voltar ela disse que voltou por minha pressao e da mae com medo da vida sozinha... e triste pois meus sonhos acabaram e sei que os planos solidos dela tambem mas um a coisa tenho certeza cobri muito carinho fiquei ate chato com a cobrança por que quem ama da carinho sem cobrar fui muito bom pra ela mais nao foi o suficiente como se diz eu estou numa vibe ela esta em outra que r aproveitar a vida ficou bonita fez lipo depois da gravidez mais ta bom e direito dela a vaidade.. mais uma coisa ela nao me ligou e nem vai me ligar pois ela ja deixou bem claro que nao gosta de mim ,, vou respeitar o direito dela vou separar dela como se paga uma conta frio e calculista pois quem ama a gente e nos mesmo eu falo putra coisa quando eu achar outra pessoa com meus ideais vou me casar de novo pois quando dar certo e a melhor coisa se vc homem ou mulher que estiver lendo dou uma dica de uma chance mesmo sabendo que daqui um tempo vao largar mais no futuro vc vai olhar pro passado e ver que vc tentou

  • Anônimo disse:
    dezembro 19, 2012

    Amigo, abri esta página sem querer e li seu comentário ! Tbm fui casada por 1 ano. Ele me deixou do nada...! Imagina isso? Nunca esperava isso. Eu entrei com o divórcio. Existe vida após o divórcio! O começo não é tarefa das mais fáceis, você pode ficar deprê, depois pode até querer bater na porta dela outra vez. Mas te digo, um ano se passou depois disso. Nunca mais nos falamos. Nunca fui procurá-lo. Acabou. Game over. Livro novo. A vida é isso, é chorar e rir. Basta agente estar vivo. E te digo mais, ninguém no mundo é capaz de fazer você ser feliz, se você não se descobrir e dizer para você mesmo que é feliz. Não deu certo com ela é porque não é esta pessoa que é para você. Se ela não quer você, siga em frente. Com certeza, mas com certeza você vai ser muito feliz. E se houver AMOR VERDADEIRO entre você e a sua esposa, a vida vai fazer vocês dois se reencontrarem. Amigo, seja feliz. Encare isso como um namoro que acabou. Porque casamento mesmo nem foi, né?
    Ahhh, passado agente esquece....... vire a sua página!

  • Anônimo disse:
    dezembro 28, 2012

    meu marido é preguiçoso,nunca trabalhou empregado na vida,só quer prestar concurso,nunca passou porque não sabe nada,ele não escreve uma frase correta!eu sustento a casa toda,ele só curte as viagens,tv a cabo,internet.É ruim de cama apesar de atencioso eu nunca tivwe um orgasmo com ele,eu juro!isso só acontece quando me mastubo...casei virgem,não quero e nem tenho vontade de trair.mas é horrivel viver sabendo que não posso contar com ele pra nada...todo mundo sabe que ele é vagabundo.MEU trabalho é longe de casa nunca transferir pra operto para as pessoas não saberem que ele não faz nada!só que já estou de saco cheio, avida não foi justa pra mim

  • Anônimo disse:
    dezembro 31, 2012

    bom como todos aqui eu nao vivo uma historia diferente,sou casada a um ano e depois do primeiro mes fui as ruinas!!! tenho 22 anos uma filha de 5, me sinto só estando ao lado de alguem, nem lagrimas mais eu tenho dentro desse um ano de casada perdi 10kg me sinto feia, triste, arrasada e tenho guardado muitas magoas, estou cansada de mendingar carinhos e sexo,sou bonita me acho atraente, mas parece que ele nao sente mais tesao em mim, me arrumo passo cremes e perfumes cheirosos só para agrada-lo mas de nada adianta isso me frusta demais, sinto que estou perdendo tempo,dinheiro e saude nessa brincadeira,nao agento mais parece que estou numa prisao sem muros,ja pensei em suicidio mas nao acho justo com a minha filha, sinto mal nao tenho mais vontade de nada, nada mesmo nao durmo direito nao como e paresse que estou com gastrite devido a meu stress e raiva,isso esta me levando a loucura, quero separar dar uma nova chance pra mim mas ele nao aceita e tenho medo dele.estou sem forças pra lutar por esse relacionamento, na verdade eu sei q nunca ira dar certo.eu como disse sou bonita,jovem, mas beijo na boca e um sexo satisfatorio nem me lembro quando foi a ultima vez, sou muito nova e nao quero viver essa amizade me sentindo sozinha acompanhada, ele trabalha e tudo mas nao me deixa trabalhar e assim so vou me sentindo menor.nos nao decidimos morar juntos formos forçados a viver debaixo do mesmo teto, me sinto burra sei que foi uma pessima escolha, nunha mulher quer se sentir sozinha nao sendo desejada e quer uma pessoa para dividir a vida feliz. problemas eu sei que todos tem, mas acho que ele tinha q ter conciencia que se ele nao me ajudar ele vai acabar comigo, sei tabm que ele nao esta feliz mas me perdoe nao posso fazer outra pessoa feliz se eu nao estou, o pior e que ja tentei conversar pedi separaçao mas ele nao aceita, estou frequentando a igreja pedidndo a Deus para que me tire desse sofrimento e que eu possa viver dias feliz mesmo que solteira.gente tenham fé nao desista das suas vidas nao sejam covardes que nem eu porque a vida e so uma e se a gente nao viver ela alguem toma conta por vc.força gente e fé.

  • Anônimo disse:
    dezembro 31, 2012

    Após ler tantos desabafos,me sinto um tantoconstrangido mas vou compartilhar minha historia.tenho 45anos,casado a 8 anos,é meu segundo casamento,e doprimeiro ,3 filhos.Travei uma luta judicial com minha ex mulher e consegui a guarda dos tres.Neste interim conheci umapessoa,que é minha atua esposa,que ja tinha 2 filhas.NO MEU entender oamor e as circunstancias,faria meu casamento atual uma vida de paz,mas ate a presemte data e um desastre.minha atual mulher me aceitou max nao meus filhos,como sempre trabalhei muito fica aos cuidados dela mmeus filhos.todos os dias reclamações dela e dos meus filhos.muitas vezes agredia meus filhos,apos as reclamações,porem passei a escutar os meus e vi que o tratamento das filhas dela era diferente dos meus.meu filho mais velho,completou 18anos saiu de casa e mora com minha mae,meus outrosdepois de tanta reclamação da mulher e dos filhos levei-os pra minha mae.Na igreja sou lider de famila,mas nao sou exemplo.estou fazendo tratamento psiquiatriico,psicologico,consumo remedios para ansiedade,depresssao,insonia,refluxo,gastrite e problemas de figado.Depois da saida de casa dos meus filhos,vejo que boa parte de mim junto foi.falei em separar mas evsngelico nao separa,conversei com o pastor,e o mesmo diz que o mais importante é o casamento,qud meus filhos fique la e eu mantenha esta relaçao que eu deixei que me adoecess.hoje estou com um vazio imensoinsisti em separar mas ela nao aceita.sei que preciso romar uma postura mas ja nao sei qual.

  • Anônimo disse:
    janeiro 02, 2013

    Pessoal já compartilhei com vcs a minha história(anonimo do dia 10-10-1012)Mas vejo q cada situação ainda q semelhantes possuem uma causa unânime...Cada um sabe bem o q passa.Para vc anônimo do dia 31-12-2012 entendo muiiiito seu lado em relação a religião(já fui evangélica),sei q realmente ñ é permitido a separação a menos q haja traição.É por esta e outras exigências q saí da igreja,eu ñ compreendo,ñ estou dizendo q o melhor é sair,cada um escolhe o caminho a seguir.Mas nunca esqueça de q pra vc estar bem precisa fazer escolhas,seja elas quais forem.Ultimamente tenho pensado mais em mim do q nos outros,estou saindo mais,me divertindo com pequenas coisas q por um tempo deixei de dar valor e agora estou me resgatando...Algo q me ajudou muito foi procurar saber sobre coisas positivas,li um ótimo livro (100 segredos das pessoas felizes)esse livro insentiva vc a ver da melhor forma as coisas simples da vida e aprender a dar valor a elas tornando seus dias mais alegres e prazerosos.Isso ñ resolveu meu problema,mas me ajudou a entender q tudo tem seu tempo,q a minha decisão depende de mim apenas,e q várias pessoas reagirão de forma distinta e eu preciso estar pronta para enfrentar.Por isso estou saindo mais,sorrindo mais(ñ traio meu marido)...curtindo "a minha vida"q independe dos outros,quando o momento chegar então eu poderei dizer q apesar de tudo vivi,pois nunca se sabe o dia de amanhã.

  • Anônimo disse:
    janeiro 04, 2013

    Bom dia pessoal aqui quem escreve é a Mih... sou mais uma aqui com o coração partido, totalmente desacreditada do amor por assim dizer.Sou uma mulher apresentável, madura, o única coisa que queria era ter alguém que retribuísse de forma recíproca o que ofereço, mas hoje em dia até isso está difícil de encontrar. Minha história não é diferente de muitas, dei o meu melhor, meu bem precioso(meu coração) a quem não deveria. Sou solteira me apaixonei por alguém comprometido(na época ele estava decidindo por separar) pois como ele mesmo disse "foi um erro o casamento", vivemos momentos maravilhosas e cheguei a acreditar na tal "alma gêmea", pura ilusão. Algo muito intenso aconteceu entre nós dois, coisa nunca vivida nesses meus 35 anos. Pensei sim em tentar outros meios de fazer com que ele mudasse de ideia mas não sou esse tipo de pessoa porém lendo algumas experiências consegui tentar me acalmar, acalmar meu coraçãozinho que está cansado de apanhar. Agora o que preciso é tempo para me centrar e esquecer o que nunca me pertenceu... Na verdade estou quase me conformando de que realmente não nasci para o amor verdadeiro e para ser amada. NamastÊ

  • Anônimo disse:
    janeiro 05, 2013

    Queridos,

    Fico triste em ler tantos relatos de insatisfações nos relacionamentos. Tenho 42 e comigo não é diferente! Sou casada há 5 anos, perdi minha casa há 4 por imprudencia do meu marido(não quiz negociar na caixa o que deviamos por momentos de dificuldades que passamos) é individual e magista. Hoje vivemos na casa da minha com a maior pressão de parentes não fazemos sexo há 4 anos, por ele não querer. Eu sempre fui uma mulher feliz, boa aparencia, sorriso radiante, palestrava sobre autoajuda. E hoje por não viver um casamento de amor no qual eu sonhei(ele tb não me ama se me amasse não seria individual e soberbo dessa forma), vivo com depressão, panico,tristeza profunda, pesadelos, tomo remédio tarja preta, psiquiatra é o lugar mais longe além da igreja que eu vou. Só depois de tanto sofrer e a pessoa ficar fria e imparcial com meus sentimentos e sonhos, clamei a Deus e hoje Deus que nunca falha me deu coragem para romper com o relacionamento e não volto atraz eu quero é ser feliz recuperar estes anos que perdi, poder trabalhar, fazer outro curso superior, cuidar da minha saúde ficar colada em Cristo e transmitir a felicidade ao próximo que sempre transmiti e que por 5 anos não tive força e nem testemunho para isso. Creio que assim como Deus está me dando paz e coragem ELE te dará tb. Deus é bom e tudo que vem de Deus é puro saudável e bom. Fora esse inverno que vivemos que foi colocado por Satanás para nos apricionar e nos adoecer. Mas Deus, nos resgatou há tempo e nos dará a cada dia mais vida , saude, vigor, amor, alegria e curará nossas feridas. Hoje posso disser que nasci de novo.
    Felicidades queridos!

  • Anônimo disse:
    janeiro 07, 2013

    Anonimo
    Out - 10- 2012
    Lamento sinceramente que Vc esteja passando por todo esse sofrimento. Mas acredito que o que vou dizer aqui não será de Teu agrado. Mas acho que tenho de dizer o que realmente penso e sinto.
    Vc ainda é muito jovem, 25 anos. Está na flor da idade, apesar da maioridade, parece que continua ainda com os seus 13 anos. Pensamentos de criança. Vc não cresceu ainda, apesar de ter um filho.
    Quando Vc decidiu casar-se com ele, não pensou na seriedade do passo que estava dando, nem levou em consideração que ele, seu marido estava Te Amando e desejando Vc, para formar uma Família e ficar com Vc para toda a vida.
    Teve tudo de bom na sua vida, com ele. Segurança, bens materiais, todo Amor de um homem, que Te Ama, Te respeita e Te protege.
    Claro que ele sempre desejou ter filhos, e apesar de Vc não se entregar a ele, quando faziam amor, ele imaginava e desejava Vc e o filho.
    Tanto é verdade que Vc mesma diz, que por um discuido é que aconteceu de Vc se engravidar. Mesmo assim, Vc tem sido fria, uma mulher que nem deve ter feito esforço para tentar mostrar a ele que estava feliz.
    Sei perfeitamente que isto é muito difícil. Pode até acontecer por algum tempo pequeno, mas não se consegue por muito tempo.
    E agora, Vc complementa que quer que o seu irmão se firme profissionalmente, para então pedir a separação.
    Veja o teu desabafo é inteiramente e claramente expressa que Vc só se casou com o seu marido, por interesse material e segurança. E continua assim.
    Imagine-se agora, se é que Vc seja capaz, de imaginar que alguém tivesse Te falado tudo o que Teu marido disso, que Te Ama, que Te Deseja, que a Quer para toda a vida e fosse mentiras e que ele na realidade estava sonhando com outra mulher o tempo todo e que a qualquer momento fosse embora??!!
    E se Vc, realmente acreditasse em tudo isso, mesmo que não o amasse??!! 7 anos ouvindo isto tudo e depois dizer que foi tudo uma farsa, só queria mesmo Te usar, se aproveitar de sua boa vontade!!
    Ahhh, é que agora tem o filho e eu não quero que ele sofra. E Vc acha que ele já não está sofrendo??!! Saiba que as crianças tem um sexto sentido muito mais aguçado e sente essas coisas no ar. E saiba que as crianças aprendem com os Pais, não pelo que os Pais dizem, mas na imagem do dia a dia que eles captam e vão compondo o seu banco de dados memorial. isto chama-se a base do caráter!!
    Agora o outro, porque está numa pior, fica falando besteiras e bobagens e Vc acha que ele é o maior do mundo. Quando Vc estiver com ele, depois de dois anos Vc vai ver como a coisa será bem diferente. E acho que Vc tem de tomar essa atitude agora mesmo.
    Chegar ao seu marido e dizer que infelizmente Vc não consegue mais manter esse realcionamento com ele e que tem de se separar.
    E diga toda a verdade!! Será um baque e um desgosto imenso para ele, que viveu 7 anos sendo enganado, apesar de ter sentido isto, pelo seu comportamento ao longo desses anos. Talvez ele tenha sofrido, porque da forma que ele Te Ama, deve ter procurado saber o que estava fazendo de errado para que Vc fosse assim fria com ele!! Vc mesma foi honesta aqui, de dizer que muitas vezes sentia nojo quando fazia sexo com ele. O que Vc se acha que ele deva ter sentido???!! Nem as piores profissionais fariam isso.
    Então converse com ele franca e honestamente, e se separe. Ele por certo, vai ficar irreconhecivel em seu sofrimento. Mas acabará aceitando. Acerte a pensão e o cuidado com o seu filho. E tenha certeza que o seu filho, também irá ficar em dúvidas, se quer ir com Vc ou ficar com o Pai dele. Claro que uma criança nessa idade, é mais dependente e sempre vai optar pela mãe!!
    E cuidado, pois agora tem a responsabilidade do filho, se ele for com Vc, cuidado com o seu comportamento. Seja muito discreta, para não proporcionar mais infelicidades para o seu filho!!
    Seja Feliz!!!

  • Anônimo disse:
    janeiro 07, 2013

    Boa tarde pessoal, tenho 27 anos, namorei 3 anos e estou casado a 2 meses, ate o primeiro ano de namoro estava tudo bem, sexo, a gente se dava muito bem, mais como o passar do tempo tudo foi piorando, a gente terminou várias vezes, a maioria eu terminava, acho que o amor foi acabando e nenhum dos dois queria enxergar, então acabamos nos casando, acho que não foi a melhor das ideias, a gente continua vivendo bem poucos dias e mal na maioria do tempo, somos muito diferentes, brigamos muito, mais não sei o que fazer. Ela não aceita minhas amizades, minhas vontades, sempre achando que estou errado em tudo, não da valor na minha batalha diária pra tentar viver melhor, sempre achando que faço pouco, agora o sexo não anda bem, ja não estamos conseguindo no entender e eu estou extremamente cansado e estressado com a situação que vivo. Será que um dia serei completamente feliz.

  • Anônimo disse:
    janeiro 08, 2013

    Em resposta a anônimo do dia 07-01

    Para ser sincera gostei de saber sua opnião(sério mesmo)Mas quando falei do "negócio"de meu irmão é q na verdade eles serão sócios,meu marido vai deixar de ser empregado de uma empresa para ter a sua própria,ou seja estou pensando nele e não em mim.Ele não tinha nada quando o conheci,apenas uma bicicleta.Gostei dele pelo bom caráter q tem.Apesar de tudo isso q sinto respeito muito a pessoa q ele é,respeito suas vontades-ele ñ respeita as minhas,mas como eu me sinto culpada então relevo.E se fosse eu no lugar dele eu aceitaria o q ele achasse melhor pra ele, é assim q tem q ser,deixaria livre pra escolher o caminho q quer seguir e de resto a vida se encarrega...separação ñ é abismo isso é certo.Quanto ao meu comportamento jamais faria coisas q fossem envergonhar futuramente o meu filho,sei das consequências e quero que ele me veja assim como vejo meus pais.Eu tenho certeza de q todo relacionamento esfria um pouco depois q a paixão dos primeiros anos acaba,com todo mundo funciona assim,não quero sair por aí caçando um principe montado em um cavalo branco,eu só quero me sentir livre,sem sufocamento,longe de mim sair dando por aí é q liberdade ñ quer dizer isso.Mas como eu já disse muitos dos meus erros aconteceram por eu pensar mais nos outros ao meu redor e esquecer de mim,então chega um dia q isso cansa.Não quero passar por cima de ninguém,apenas quero me sentir bem.

    Mas muito obrigada pelo conselho,não sou daquelas pessoas q só gostam de ouvir sobre elas o q é bom.Eu prefiro saber extamente o q pensam de mim do q ser enganada e ainda mais vindo de quem está de fora da situação q pode analisar bem,mas cada um aqui sabe o q passa em um casamento e q ñ existe um unico culpado...casamento é em dupla então os dois são culpados por qualquer coisa q acontece..ainda q indiretamente os dois erram.

  • Anônimo disse:
    janeiro 12, 2013

    boa noite estou aqui para por para fora tudo que estou sentindo hoje tenho 24 anos sou casada a 5 anos 9 anos ao todo de relacionamento meu primeiro e unico namorado viviv sempre para ele não saio de casa vivo isolada ele pode tudo chega sexta e sabado ele some na rua só volta de madrugada eu já tentei tanto me separar, mas não tem mais amor sinto que é uma dependencia que sinto dele, mas não consigo me separar tenho que viver minha vida mas não sei o que fazer moro em outra cidade so eu e ele não tenho nenhum amigo aqui vivo chorando e sofrendo só deus para me dar força preçiso de ajuda .

  • Anônimo disse:
    janeiro 12, 2013

    Digo apenas q já passei por inúmeras provacoes e sei q na escola da vida é assim: o professor te entrega a prova esperando q vc saiba todo conteúdo... Daí ele fica perto e em silêncio... Mas não tira os olhos de vc!
    Deus é assim. As vezes Ele te da uma prova fica em silêncio mas não tira os olhos de vc.
    Não adianta querer receber o diploma da felicidade sem passar pela prova da dor, da perda da separação da renúncia...
    Seja qual decisão vc tomar, Q Deus seja contigo.
    Pratique a oração... Oração é orar e agir.
    Deus diz.. Não temas por q sou Teu Deus, Eu te esforço e te ajudo com a minha mão de justiça.
    Boa sorte a todos... Sejam felizes, a vida é uma escola onde o diretor é Deus e o mestre é o tempo... Tudo se resolverá!!!
    Não se acomodem, sou casada há 18 anos me separei por 2anos e voltamos... Isso nos concretizou q precisávamos melhorar muita coisa, e melhoramos. Não haverá uma 3a chance, mas estamos nos respeitando... Começamos tudo de novo e tem sido maravilhoso!
    Boa sorte meus amigos, fiquem com Deus.

  • Anônimo disse:
    janeiro 12, 2013

    AMIGA MIM DESCULPA, NÃO SOU A MELHOR PESSOA DO MUNDO PARA TE DAR CONSELHOS MAIS VOU TE FALAR SE VALORIZA CHAMA ELE PRA CONVERSA POEM AS CARTAS NA MESA E FALA QUE SE ELE NÃO SE ARRUMAR VOÇÊ VAI SEGUIR SUA VIDA AS VEZES ELES PRECISAM DE UNS PUXÕES DE ORELHA PASSEI POR UMA SITUAÇÃO PARECIDA COM A SUA ONDE ELE PODIA TUDO E EU NADA NOS SEPARAMOS POR DUAS VEZES NA ULTIMA NÃO TEVE VOUTA VOU TE FALAR ELE NÃO PRESTAVA MAIS NÃO FUI EU QUE DEI UMA LIÇÃO NELE E SIM A VIDA VOUTOU IGUAL UM CACHORRO QUE PRECISAVA DE CARINHO DO SEU DONO, EU NÃO QUIS MAIS, ESSA FOI A MINHA DECISÃO VOÇÊ PODE SER DIFERENTE SÓ NÃO DEICHA ELE FAZER ISSO COM VOÇÊ POIS VOÇÊ É MUITO NOVA TEM UMA VIDA PELA FRENTE FALA ISSO PRA ELE ENCOSTA ELE NA PAREDE FALA QUE VOÇÊ CASOU PRA SER A ESPOSA DELE NÃO A ESCRAVA TENHA FIRMESA POIS DESCOBRI HOMENS ASSIM GOSTAM DE MULHERES AUTENTICA NÃO TENHA MEDO.

  • Anônimo disse:
    janeiro 13, 2013

    é gente a coisa esta feia pra todo mundo, todo mundo quer ser feliz cada um sabe de sí mas acho que no intimo todos sabem as decisoes que querem tomar, o que falta e coragem estive aqui no dia 31 de dezembro , mas garanto estou tomando providencias para que as coisas melhorem pra mim, vou sofrer vou mas sei q estarei aberta e o sofrimento vai passar, e em breve estarei muito muito feliz e volto pra contar

  • Anônimo disse:
    janeiro 14, 2013

    Acabei de ter a última conversa com minha esposa. Ela, deitada a cama, prestes a dormir. Eu de pé ao seu lado, falando sobre como fomos infelizes nos últimos dois anos desse casamento de cinco.
    Nossa relação nunca foi das mais efusivas. Já na época do namoro brigávamos muito estávamos prestes a terminar tudo, quando uma gravidez não planejada nos levou ao casamento. Surpreendentemente, nos demos muito bem nos primeiros dois anos de casados. Vivemos e criamos nosso filho numa tardia paixão, cercada de muito afeto e carinho, mas logo as diferenças percebidas durante o namoro começaram a aparecer. De um ano e meio para cá a situação ficou insustentável. Tentamos a todo custo resgatar a relação, mas o amor da parte dela já havia se extinguido.
    Mesmo sentindo sua indiferença e falta de desejo tentei seguir em frente, na esperança de que alguma coisa, alguma atitude minha a sensibilizasse e assim pudéssemos retomar o rumo. Mas somente o que temos conseguido é prolongar o sofrimento, as cobranças pela falta de afeto, a perda de interesse e a depressão. Sempre fui um homem espirituoso, brincalhão e alegre, porém tenho me tornado amargo, sisudo e reflexivo. Passo os dias pensando sobre o relacionamento, sobre o medo de terminar tudo e me arrepender,sobre o sofrimento que será não ter meu filho por perto todos os dias. Mas sofrer por não estar mais com minha esposa, não pode ser pior do que sofrer ao seu lado. Por isso tomei a atitude que ela não consegue tomar, justamente por pensar em manter incólume o "lar" para nosso filho. Todavia uma vida de sofrimentos silenciosos e que, às vezes, nem são tão silenciosos assim, não é ambiente saudável para o crescimento de uma criança. Certamente eu não serei um bom pai se estiver infeliz. Meu casamento acabou hoje, pelo menos no que está aos olhos, porque nas entrelinhas ele já se foi há muito tempo.
    A ficha ainda não caiu e certamente, dias de sofrimento ainda virão, principalmente quando eu finalmente sair de casa daqui há 15 dias. Este é tempo que preciso para deixar pagas algumas contas, bem como para encontrar e organizar meu próximo endereço, mas a decisão está tomada e já até consigo me sentir mais leve. Concordo que um casamento infeliz pode causar doenças porque isso mexe com toda a nossa estrutura emocional, portanto não é difícil somatizar essa infelicidade, nas mais diversas mazelas do corpo e da mente. Espero estar melhor daqui pra frente.

  • Anônimo disse:
    janeiro 14, 2013

    Parabéns pra vc anônimo do dia 14-01

    Vc conseguiu dar o passo mais importante,agora é seguir em frente tentando fazer melhor o q fazia antes e dando mais atenção a si mesmo.Li aqui em um depoimento q determinado casal se separou pq nem um suportava mais o outro,passaram 2 anos separados e agora voltaram.Pelo q entendi está dando certo,talvez o tempo q fcaram separados ajudou ambos a repensar sobre seus erros e assim tentar melhorar em suas falhas.Q vc seja bastante cuidadoso em suas atitudes,mas saiba de uma coisa e tenha em mente sempre que o tempo dará todas as respostas.O tempo é o dono de muitas coisas que questionamos.

    Boa Sorte!

  • Anônimo disse:
    janeiro 15, 2013

    A vida é linda..... e existem várias perspectivas! Acreditem! O final de um casamento é frustrante, nos sentimos fracassados por não conseguir levar algo planejado a diante. Mas, temos que ser fortes e convictos. Decididos na vida. "É ISSO QUE EU QUERO? SIM". ENTÃO VAMOS LÁ! Dediquei todos os anos da minha vida em ser quem eu sou hoje. Estudei e trabalhei muito, sem dormir até. Mesmo casada, nunca parei de acreditar no meu sonho e batalhar por ele. Meu ex não compreendia meus pensamentos e o pior não acreditava. Eu também dei game over no meu casamento porque ele não entendeu oque é uma família. Preste atenção, eu disse "game over" porque é o jogo da vida. Eu fui a um local e assinei tudo oque tinha para assinar sem pestanejar e rápido, me divorciei. Papel agente rasga, amassa e vai pro lixo. Padre é um homem como outro qualquer que faz as bençãos. Não é no documento que devemos acreditar e sim no nosso sentimento. Afinal, muitos não se casam na igreja e nem no papel, mas estão juntos e apoiam um ao outro. Quando peguei o meu papel de divórcio, eu sorri e me dei conta no mesmo instante que havia me tornado a mulher mais feliz do mundo, talvez até do universo, porque me senti livre! Liberta, hoje eu me pego rindo a toa. Ele que não valorizava as coisas simples da vida, eu que via nas coisas mais simples como um grão, novas idéias. Não me envolvi com ninguém desde então porque não é isso oque eu procuro para mim atualmente. Eu casei com que eu amava. Me divorciei porque vi que não era amor oque eu recebia. Hoje - passado muito tempo - eu posso ser quem eu realmente sou. Eu encontrei o meu lugar no universo. Ás vezes paro e olho aquela folhinha que cai de uma arvore ou sinto aquela brisa da manhã e penso que para ser feliz não preciso de mais nada. Passei a entender o que aconteceu comigo e o porque de todo este sofrimento do passado, e o melhor, vejo com mais claridade o mundo em que estou. No meu caso, meu casamento desfeito era a minha sombra. Ele, minha ancora. Eu não podia nada a não ser a aprender a cozinhar! Coisa que nunca aprendi!!! Não me arrependo de ter casado, afinal a força que eu construí com tudo isto me tornou mulher e pronta para encarar o que der e vier sem cometer os mesmos erros do passado. Somos a nossa própria fortaleza. Não podemos almejar a paz mudando de lugar, escolhendo outra casa, trocando de carro ou seja o que for, se a paz que procuramos não estiver em nossas próprias cabeças. Podemos estar em uma confusão, mas dentro de nosso próprio templo, estamos em paz. Eu sou feliz por que tomei a melhor decisão da minha vida! Acredito no amor e se eu tiver que casar de novo, eu caso! Mas desta vez com quem me amar por dentro. Força para vocês !

  • Anônimo disse:
    janeiro 16, 2013

    Parabéns pela sua atitude "Anônimo janeiro 14 2013".Quanto tempo perdemos esperando o tempo passar, pensando que algo poderá mudar, assim... por um milagre, e quando nos damos conta, a única coisa que mudou foi o tempo, ele passou voando que nem percebemos e nossa vida junto com ele. Temos que nos permitir, PErmita-se ir em busca do que te faz feliz, liberte-se do que não te faz bem. Coragem muitas das vezes nos falta, mas temos que nos agarrar a ela para que possamos fazer a coisa certa. Vamos nos permitir, um dia chegará nossa vez de encontrar alguém que realmente nos mereça assim como somos e nos dê o devido valor. força sempre pessoal. Mih

  • Anônimo disse:
    janeiro 19, 2013

    1ª parte
    ola a todos!
    eu conheço um caso de quem esta doente devido a um casamento insuportavel... esse alguem sou EU!
    pois é tudo era maravilhoso nos seis anos de namoro embora tenham havido alguns desentendimentos alguns tempos de separação pelo meio, mas ao fim de seis anos e nesse mesmo dia estavamos no altar a casar a jurar amar-nos e respeitarmo-nos para o resto das nossas vidas...
    pois é isso nem de longe nem de perto acontece agora passados 3 anos de casamento...
    o 1º ano foi bom um mar de rosas o segundo começou a ser mais dificil pois ele começou a chegar super tarde a casa bebia e era super arrogante e mal criado chegando mesmo a tentar bater, mas como eu nunca fui de me ficar quem acabou por ir parar ao hospital foi ele e nao eu...com um golpe na cabeça da pancada de uma vassoura...
    nunca fui pessoa de me rebaixar muito menos de levar tareias, logo que quando ele me agarrou para bater foi ele que levou... e que nao é para meu espanto que quando chegamos no hospital ele nao tinha alcool no sangue estava se fazendo de bebado para me bater e mal tratar...

  • Anônimo disse:
    janeiro 19, 2013

    2ª parte
    apartir dai tudo começou a mudar...
    mas ele viu que eu ja nao era a mesma pessoa e voltou a ser ele...
    entao planeamos ter um filho juntos ele nao se calava o contentamento dele era contagiante quando soube que deu positivo...
    eu sou sincera sempre pensei que isso fosse mudar a nossa relação pela positiva porque ele queria tanto esse bebé...
    mas o pior aconteceu a gravidez correu sempre mal, desde as 8 semanas de gestação que comecei com risco de aborto e o medico recomendou descanso absoluto durante 3 meses seguidos... meu marico começou entao a mudar novamente de atitude, nao estava em casa a horas de me ajudar a levantar da cama, de me dar o jantar, nada... quando um dia eu ja farta de sofrer com dores e desanimada por nao poder sequer levantar, disse vou ser eu a tratar de mim e decidi ir pro banheiro tomar banho, quando derrepende cai no chuveiro e tive de ir para o hospital ai a coisa mudou de figura mesmo ele ralhou comigo e insultamo-nos uns aos outros ate nao termos mais insultos para dizer...

  • Anônimo disse:
    janeiro 19, 2013

    3ª parte
    a gravidez piorou em muito, e eu fui hospitalizada de urgencia as 32 semanas de gestação e como nao estava aguentando me tiraram meu bebé prematuro. tive que premanecer 1 mes no hospital longe de casa sem sequer ter visitas e ele nem sequer queria saber de nós apenas nos visitou 2 vezes na maternidade dizendo que nao tinha tempo.
    um dia ele me prometeu que iria me ver mas nao apareceu e nao me disse nada nem um telefonema... quando minha afilhada me ligou contanto o que se estava passando ele passou bebendo todo o dia começou a levar pessoas para nossa casa e destruir o que eu tinha lá.
    tivemos uma discussao feia e ele me disse que nao queria saber de mim nem do bebé para nada.
    ai o meu mundo cai nao sabioa mais o que fazer eu nunca estive preparada para ser mae sozinha nunca mesmo.
    entao quando voltei para casa tudo foi um caos ele nao aparecia, eu nao podia levantar pra fazer o leite pra dar banho no bebé e ele coitadinho chorava e eu ja nao podia mais desesperada que estava...
    tivemos uma conversa e ele começou mudando mas agora...passados 5 meses voltamos ao mesmo ou pior...

  • Anônimo disse:
    janeiro 19, 2013

    4ª parte e ultima
    existe violencia fisica e verbal entre nos nao conseguimos sequer olhar na cara um do outro, eu estou ficando careca de tanto sofrer... e ele continua saindo e se divertindo e gastando tudo aquilo que eu tenho chegando mesmo a faltar o dinheiro para comprar o leite para o bebé.
    ja nao aguento mais estou desesperada e sinto que estou a morrer aos poucos, tem noites que me sinto tao mal que chego a desmaiar e ele me deixa caida no chao sem se quer se preocupar comigo nem como estou e sai porta fora deixando meu filho pequenininho assim sem amparo algum num dia que eu nao acorde mais...
    agora me digam como é possivel depois de 9 anos juntos uma pessoa se enganar tanto em relação a outra?
    eu nao consigo acabr tudo com ele porque cada vez que eu quero acabar eu olho meu filho e ele se ri a gargalhada quando papai fala... mal ele sabe que papai nao quer nem saber dele...
    o que faço gente me ajudem estou me destruindo aos poucos cada dia que passa é uma tortura enorme e o pior é que pros outros o nosso casamento é perfeito porque fora de casa nos nos damos bem como se nada fosse, vivemos um casamento de aparencia apenas...

  • Este comentário foi removido pelo autor.
    leo disse:
    janeiro 26, 2013

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Kinhalinhares disse:
    janeiro 27, 2013

    Tenho uma história muito parecida com a sua , sou casada ha 17 anos porem tenho 37 anos e meu marido 56. Trabalho fora , tenho dois filhos 8 e 16 anos , resolvo todos os problemas da casa até uma lampada que queima, tenho uma pessoa que trabalha em minha casa e cuida dos meus filhos , nos finais de semana meus pais sempre pegam os meninos para viajar e eu fico em casa sozinha com meu marido, ou seja não há problemas de privacidade. Meu marido simplesmente não me procura à cinco meses , diz que não tem mais vigor sexual, que sua disposição fisica acabou para o sexo, porem que me ama muito. Já tentei me separar diversas vezes, mas ele não aceita, o pior é que quando converso sobre isso com pessoas intimas , elas dizem é impossível isso porque me acham super bonita , me cuido, estou sempre arrumada , meus filhos morrem de ciume de mim por que observam os outros homens olharem, eu nunca me neguei a fazer qualquer coisa que ele quisesse na cama , sempre inventei coisas novas , tipo camisolas, etc... Mas realmente estou no meu limite, olho para outros homens e as vezes chego a pensar quer saber vou experimentar, mas fui criada com certos valores morais e ai não vou adiante e tambem ainda o amo , fico observando ele dormir e me da vontade de cair em cima sabe! Ja procurei um psiquiatra para ele , fez varios exames e não deu nada tipo hormonios baixo ou coisa parecida. Pra ele ta tudo bem, só que eu não aguento mais essa situação, parece até que estou mendingando amor, prazer , coisas que normalmente são os homens que passam. Conheço mulheres que rezam para os maridos dormirem antes delas , enquanto eu passo a noite esperando que ele me acorde. Já cheguei a falar pra ele procurar uma prostituda para ver se o problema não é comigo , mas ele disse que nem pensar, porque me ama e o problema não sou eu e sim com ele , mas que não pode fazer nada , pois pra ele esta tudo normal. Mas como achar normal uma coisa dessas ?

  • Anônimo disse:
    fevereiro 02, 2013

    Casamento é um lixo... uma inutilidade... eainda vem dizer que ISSO vem de Deus... Jesus jamais instituiria algo que só resulta em briga, dívida e desamor... as vezes um mata o outro.. sou casado ha mais de 6 anos e aqui é só confusão, a ponto q nao tenho mais nem vontade de chegar em casa... só de morrer.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 02, 2013

    colega nem todo casamento é assim mais muitos são infelismente um colega meu se matou á três meses atrás mais porfavor não faça isso nem pense nisso se sua vida tá complicada é melhor se separar ou ver o que está acontecendo de errado morei junto com uma pessoa dois anos eu não trabalhava porque tinha que ficar com meu bebê não tinha ninguém pra mim ajudar eu ficava tão angustiada de ficar em casa fazia tudo meus deveres de casa mais sentia uma profunda solidão só meu ex marido trabalhava quando ele chegava em casa eu já estava preparada para brigar sei eu errei mais ele também errou no momento em que se disfazia de mim falando de outras mulheres na minha frente não sei porque senti vontade de contar minha história pra voçê pra terminar de completar tinha uma cunhada que morria de inveja de mim e jogava ele contra mim o inferno foi tanto que chegamos a avançar um no outro quem diria um amor tão bonito que nos fez ter um filho tão lindo se tornou em odio mortal para mim, por culpa nossa, nós fizemos isso, hoje ele reconhece somos separados nos damos bem assim longe essas semanas atrás ele descobriu que eu ia colocar ele na justica e ai eu vi ele nunca mudou falou coisas horosas pro meu filho de cinco anos estou atormentada não sei se ponho ele na justica ou se crio meu filho só sem ajuda financeira ele casou novamente tem um filho e não se segura no emprego tenho medo pelo meu filho pois o amo muito agora sei jamais dariamos certo somos muito diferente.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 02, 2013

    por isso que muita gente as vezes larga uma pessoa pela outra as pessoas vive separadas dentro de casa e não sabem.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 02, 2013

    pra voçês homems é muito facil falar que casamento é um lixo voçês podem ficar com um monte de mulher e não fica mal falado, nós mulheres não podemos fazer o mesmo pois somos vistas como um monte de nome que não preciso nem falar, conta todo mundo tem para pagar pessoas solteiras e responsavéis pagam conta, pessoas erradas todo mundo encontra mais ningém precisa morrer junto com essa pessoa não existe só uma pessoa no mundo acorda e esse negocio de falar que casamento é uma vez só e pra quem vive bem e feliz não pra quem vive infeliz quando mim separei pensava a mesma coisa mais agora sei lixo foi ter escolhido a pessoa errada vejo muito casal feliz e que se dam muito bem em todos os sentidos.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 03, 2013

    é amigo só voçê pode mudar isso voçê sabe como.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 04, 2013

    ola meu nome e morana nao amo mais meu marido estou com ele por medo de tomar desiçoes que adiquri ao longo do relecionamento por causa da depreçao e tristesa profunda nao consigo mais achar uma saida ele e covarde e nunca me deu base para nada sempre acha tudo muito facil na vida mas na hora de dcidir qualquer coisa na faz nada e quando faz faz errado minha vida e uma merda e minhas duas folhas sofrem com isso sao inseguras e tristes o que fazer bjs e boa sorte a quem esta passando pelo mesmo que eu..........

  • Anônimo disse:
    fevereiro 07, 2013

    Olha sinceramente...o que você tem que fazer, você já sabe, senão o ama mais...corre atrás da sua felicidade... o tempo passa e quando você vê já está tão acomodada(o) com a situação que não tem forças de mudar e aceita a situação de ser in feliz para o resto da sua vida, você acha que merece isso? Eu acho que ninguém merece ser infeliz, todos nós possuímos o dom de decidir... ou ficar ou seguir em frente em busco do que nos faz bem. Você tem uma vida pela frente e nada irá mudar se você não mudar.

    Agradeço a essa página pois com alguns depoimentos que li, me ajudou e muito na minha vida.

    Hey pessoal o que acham trocarmos contatos?

    Mi

  • Anônimo disse:
    fevereiro 07, 2013

    eu tambem vivo um casamento falido.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 09, 2013

    Hallo Pessoal, voces sao infelizes e poden se abrir contando suas historias e eu sempre estou fechada, vivo na escuridao do meu proprio ser as vezes acho que a minha felicidade ou pelo menos quando estou feliz parece incomodar o meu marido somos casados ha 11 anos e nao posso dizer que sou totalmente infeliz tenho os meus filhos e sempre me ajudar a dar um sorriso forçado as vezes acho que o meu marido e doente ele me faz rir e em meia uma hora me faz chorar de tristeza as vezes fico semanas sem falar com ele, sinto tanto odio e ao mesmo tempo pena de mim mesma por nao ter coragem de deixalo nao sao os meus filhos ha algo que me empede vivo em outro pais tenho medo da solidao e de der outra recaida ja tive varias depresoes varias terapias e nada me ajudoua unica coisa que mudaria a minha e si eu deixar ele mas primeiro preciso peder esse medo de estar so......... desejo pra voces tambèm muita coragem e paciencia.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 10, 2013

    Minha vida e' uma droga vivo um casamento falido. Ele so mim bota pta traiz mim umilha, mi machuca. Hoje brigamos mim empuro cair no chao e to com a perna doendo. Chorei tanto. Moro fora do pais ele e muito siumento de tudo familha e amigoss tambem. Nao tenho ninguem pra coversa mi afastei de dos. Sempre usou de 3 em 3 messe drogas. Tem um pessimo cararte. Trabalha muito chega estresado oviamente desconta tudo em mim. E frio. Nem sabe o que quer diser preliminar ou beijo. Durmi abracados e quase crime. Sou tam triste. Ele economicamente mesmo pasando na cara nunca deixa fautar nada. Ma emotivamente so machuca. Todos mim dizem de deicha-lo ele tem 42 anoa e eu tenho 23 comesamos por bricadeira em 2007 conesamos a namorar no finalzinho de 2008 e eu vim pra ca no comeso de 2009 nus casamos em 2010. Mas des da primeira vez que vim morar con ele era esse inferno. nao era pior mas eu pensava que ele com o tempo ia mudar melhorar. Mas so que mudou foi eu perdi a vontade de viver nao sei mas o que e' sorrir antes incrivel que pareca eu nao fechava a boca so vivia rindo agora so vivo chorando. Nao quero ver ninguem nem falar com ninguem so queria morrer. Talvez eu seja doida por que nao cosigo sair desa historia. de casa fui viver com esse rapaz ais ele e muito siumento de tudo familha e amigoss tambem. Nao tenho ninguem pra coversa. m 42 anoa e eu tenho 23 comesamos por bricadeira em 2007 conesamos a namorar no finalzinho de 2008 e eu vim pra o quero ver ninguem nem falar com ninguem so queria morrer. Talvez eu seja doida por que nao cosigo sair desa historia.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 11, 2013

    desde que casei nao sei mais o que é ser feliz, nunca vivi bem com meu marido, sei que ele tbm nao vive bem comigo mas nao aceita a separaçao. e quando toco no assunto ele me ameaça.
    nao queria tá passando por isso, e o pior é que nao sei por quanto tempo ainda terei que sofrer assim.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 11, 2013

    meu casamento é um lixo, sou agredida o tempo inteiro e nao sei o que fazer. pois sofro muitas ameaças.ele me tranca em casa até sair os ematomas que faz em meu corpo.já pensei varias vezez em mata- lo quando estiver dormindo, fico com medo dos meus filhos me rejeitar se isso acontecer.ele nao quer se separar eu nao aguentoooo maisssss.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 11, 2013

    ola sou de novo, tentei me separar recentemente, mas deu tudo errado, mas não desisti não, eu sai da casa dele mas tive que voltar contra a minha vontade, detalhe me separei e me pergunta se ele mudou? se pretende mudar? a falta de amor carinho e sexo ainda existe estamos apenas a 02 meses sem nos tocarmos eu tenho 22 e 29 sera que esta certo isso? mas vou falar uma coisa pra vocês amigos, eu levantei minha cabeça, to dando um jeito aí que eu saio da vida dele definitivamente ah cansei de tentar de insistir e ate me humilhar por um cara que não mostra me amar, não me deixa fazer nada tudo e do jeito dele, a mais to virando esse jogo e digo o mesmo a vocês façam isso, porque a vida e curta e perder a juventude sofrendo sendo infeliz? não tenham medo há sempre uma outra opção, outro caminho só que tem que ter coragem e correr atraz, nada nada cai do ceu nem a sua felicidade, voltarei com boas noticias fiquem com Deus amados!

  • Anônimo disse:
    fevereiro 11, 2013

    eu tenho pena dessas mulheres que sofrem demais por causa de querer apenas amor, carinho e essas coisas, o pior é que quando elas resovem se separar os parentes não apoiam não ajudam e deixam um situação difícil mais complicada ainda mas vou falar a verdade não desistam por isso porque os parentes estão bem e comendo e bebendo, e você sofrendo ele não tá nem ai pra isso. então trabalhe alugue e viva depois as coisas se ajeitam, porque eu passei por isso, a parentela não ajuda, os amigos viram as costas e quando vcs estiverem tomando as suas decisões não recuem, vcs tem 2 braços 2 pernas Deus e saúde o resto Deus providencia.pelo amor de Deus não sofram filhos crescem e depois vao viver suas vidas, e o tempo que você perdeu não volta so a votade de voltar no tempo, acordem não desista na primeira dificuldade.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 13, 2013

    Olá...me envolvi com um homem casado e estou com ele há 2 anos e 8 meses. Ele diz que não sente nada pela mulher, somente vontade de fazer sexo com ela, mas que não tem nenhum amor. Ele diz que me ama , que sou a mulher da vida dele, mas às vezes não acredito nisso. Achava que o discurso de ser um fraco e de não ter coragem de tomar decisões era desculpa. Mas hoje, lendo esses depoimentos, percebeo que muitos são como ele. Por terem medo, viverão infelizes para sempre, até que a morte (por avc, enfarto, câncer) os separe.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 13, 2013

    Bom! O QUE ACONTECEU COMIGO ACHO QUE NINGUÉM AINDA VIVÊNCIOU. MEU CASAMENTO ACABOU QUASE NO DIA DO MEU CASAMENTO MESMO. NAO TIVE NOITE DE NÚPCIAS E MUITO MENOS LUA-DE-MEL. TUDO POR QUE MEU SOGRO E MINHA MÃE BRIGARAM NO CASAMENTO, COM ISSO MEU CUNHADO QUE É GROSSO VEIO PARA CIMA DE MIM, E MINHA CUNHADA FALSA NAMORADA DO MEU CUNHADO FOI ESTREMAMENTE GROSSA. COM ISSO TUDO, NÃO TIVEMOS NOITE DE NÚPCIAS, PORQUE MEU MARIDO FICOU ARASSADO E EU NOSSA! ACABADA EMOCIONALMENTE. MINHA MÃE NO DIA SEGUINTE ME VIROU A CARA PORQUE JOGOU A CULPA EM MIM E DISSE QUE NÃO ABENÇOAVA MINHA UNIÃO. MEU SOGRO ME JUDIOU O NOIVADO TODO E COM ISSO FICARAM MARCAS EM MIM. MEU MARIDO SOFRIA MAS NAO SABIA FAZER O PAI PARAR, NÃO É FORTE O SUFICIENTE COM O PAI. mINHA SOGRA PAROU DE ME VIRAR A CARA DO FINAL DESTE ANO PRA CÁ, PORQUE FIZ NOVENA DE NATAL E ELA MELHOROU UM POUCO. QUERO ENGRAVIDAR, MAS MEU MARIDO TEM BAIXO ESPERMA E TALVEZ NÃO TENHA FILHOS, PORQUE ELE NÃO QUER INSEMINAR E NEM FERTILIZAR. PENSO O TEMPO TODO DE SAIR DE CASA, DAR UM TEMPO, MAS TENHO MEDO. SINTO QUE NÃO VIVE MEU CASAMENTO COMO GOSTARIA E TENHO MUITA FRUSTAÇÀO EM RELAÇÃO A MINHA VIDA QUE NUNCA FOI FÁCIL. JÁ TENTEI VÁRIAS VEZES RECOMEÇAR, MAS SINTO QUE O QUE PASSOU PASSOU, TENTO VIVER O QUE NÃO VIVI. E SE EU REALMENTE QUISER COMEÇAR VAI TER QUE SER EM OUTRA FAMÍLIA E COM OUTRO CARA. ESTAMOS CASADOS E ELE GOSTA MUITO DE MIM, EU GOSTO DELE TAMBÉM MAS TENHO MUITAS QUEIXAS DO QUE PASSAMOS. TIVE DEPRESSÃO PÓS-CASAMENTO, NÀO ME ARRUMAVA MAIS COMO ANTES DE CASAR, EU NÃO SAIA DE CASA SEM UM BATON, AGORA NÃO FAÇO EM ESCOVA NO CABELO. ENGORDEI 8 KILOS, ESTOU BEM ACIMA DO MEU PESO NORMAL. AGORA FAÇO ATIVIDADE FÍSICA E PEGUEI UMA NUTRICIONISTA ESTE ANO. ACHO QUE JÁ É UM COMEÇO. QUANDO PENSO EM FICAR MELHOR, PENSO EM FICAR MELHOR PRA MIM MESMO E NÃO PRA ELE OU PRA NÓS DOIS. AGORA PENSO EM FAZER MESTRADO PARA VER SE MELHORO DE EMPREGO, PORQUE DEPENDO DELE UM POUCO FINANCEIRAMENTE POR GANHAR MENOS. PENSO QUE TALVEZ TER FILHO NUM CASAMENTO COM FAMILIAS BRIGADAS NAO SERIA BOM PARA A CRIANÇA. ESTOU CONFUSA, NÀO SEI O QUE FAÇO DA MINHA VIDA. MEU MARIDO É ACOMODADO,E ISSO ME DEIXA MAIS NERVOSA AINDA. ELE NÃO PLANEJA NADA COMIGO E TUDO O QUE PLANEJAMOS EU QUE TENHO QUE TOMAR INICIATIVA. E EU NÃO GOSTO DISSO!

  • Anônimo disse:
    fevereiro 13, 2013

    O MEU CASAMENTO AINDA NÃO FALIU MAS ESTÁ A CAMINHO. NAO ME FALTA NADA, TENHO TUDO DENTRO DAS NOSSAS CONDIÇÕES. MAS ACHO QUE ESTO PERDENDO O AMOR POR ELE A CADA DIA. PENSO EM SAIR DE CASA, EM ARRUMAR OUTRO LUGAR PARA MORAR. E ACHO QUE QUANDO A A GENTE PENSA ASSIM, É PORQUE NÃO AMA A PESSOA QUE ESTÁ DO LADO. INCLUSIVE DISSE ONTEM PRA ELE QUE QUERIA SAIR DE CASA. ELE PERGUNTA PORQUE? EU DIGO. ELE NAO ACEITA, FICA NERVOSO, CHATEADO E EU DAÍ PENSO: _SERÁ QUE NÃO ESTOU COLOCANDO OS PÉS PELAS MÃOS. NÃO SEI! ACHO QUE É NORMAL DE NOS SEPARARMOS E DEPOIS VIR O AREPENDIMENTO. sÓ DEUS SABE COMO VIVER ESTE CASAMENTO.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 14, 2013

    E.. eu, minha Mae, minhas tias vivemos em uma desgraça parecida engraçado que eu foi a meses p começar o inferno.. Em plena semana do meu aniversario brigas e mais brigas. Já tenho vários problemas de saude mais prefiro não comentar. Casamento e coisa seria so peço pra quem e solteiro pensar bem... Porque depois que tiver acorrentado e tarde demais!

  • Anônimo disse:
    fevereiro 15, 2013

    Eu vivo o mesmo que relatado acima , tenho 38 anos e vivo junto com uma pessoa a 10 anos o qual me arrependo profundamente, pois quando me juntei a ela tinha 2 filhos o qual ajudei a criar com muita dificuldade . E hoje os caras já estão de maior e fazem de tudo para que ela brigue comigo, não suporto mais esta relação e vou chutar o balde , não tenho relação com ela há mais de 2 anos , só o que me prende neste inferno que vivo é um filho maravilhoso que tenho de 6 anos . Ela não merece nem a comida que está sobre a mesa todos os dias , xinga muito , é uma péssima dona de casa , não estuda não trabalha , é uma verdadeira a toa . Por isso fique um conselho a todos que veja este relato , quando for escolher alguém para viver , veja primeiro suas raizes , porque esta que arrumei a familia toda não presta ..espero que meu caso se resolva ...não aguento mais esta situação.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 16, 2013

    Sou mais um infeliz nessa lista. Minha esposa não tem diálogo comigo e sempre se fecha. Não fala sobre seus sentimentos e sempre fica emburrada comigo por qualquer coisa. Sabe, é difícil conviver ao lado de uma pessoa e você ter que pensar em tudo o que vai fazer, que vai dizer, pois sabe que por qualquer besteira ela pode ficar dias sem falar com você e se torna totalmente amarga e rancorosa. Eu sei que ela sofre de ansiedade, stress e depressão, mas sei que não fui o culpado, pois é da natureza dela. Meus cunhados me confirmam isso. Enfim, tenho uma filha com ela de dois anos e temo em perder a convivência com ela se houver separação. Eu amo demais minha filha e acho que só por isso ainda não tive coragem de me separar. Eu não tenho alegria de viver e não consigo ignorar ela, que seria o correto a se fazer. Toda vez que vejo ela emburrada, no mesmo momento sinto minhas forças serem sugadas. Ela me deprime quando a vejo assim. Enfim, ela é uma pessoa muito pessimista.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 19, 2013

    Vivo um casamento de 30 anos.Confiava cegamente no meu marido,deixei tudo,absolutamente tudo e sai para outro estado,sem ninguém,sem conhecer nada,sem trabalho.Comecei a trabalhar em menos de um ano,vivia para ele e o trabalho.Com um ano e meio tive um filho.Por dificuldades de engravidar tive somente essa gravidez.Foi uma sorte ! Meu marido me traia nos primeiros meses de casada.Tem um filho com uma vagabunda um ano mais novo que o nosso.Lutei,muito,ajudei,demais.TODA A FAMÍLIA DELE É COMO ELE.Todos os irmãos dele e primos tem filhos fora do casamento.Quando descobri o "feito" me senti culpada,acho que isso é normal "onde foi que eu errei".Não separei,fiquei,porque apesar de trabalhar,era a famosa "mulher pobre".Pobre principalmente de espírito,baixa autoestima,sozinha longe da família,com medo de tudo.Fiquei.Eu era linda ! 36 anos.Não tive coragem para recomeçar,não acreditava em mim.Culpa de uma criação repressiva e cruel que recebi,por ignorância da minha mãe,coitada.Isso faz 20 anos.Em 2004 comecei a estudar.Estou com uma formação excelente.20 malditos anos ao lado de um camarada que era tudo para mim.Desgraçado ! Acredito que minha vida vai mudar,não sei como,mas vai.Na traição a primeira coisa que acaba é a amizade,então,não há muito papo.Precisava me relacionar com outras pessoas,conversar,senão o que eu ia virar?Mentiroso,mau caráter,cretino,me deixou dentro de casa,não bebo,não fumo,não frequento bares ou festas..Fiz questão de não dar um passo em falso.Fui para a Escola,bancos escolares é o lugar onde resolvemos problemas atuais e prevenimos contra os futuros problemas.Quando comecei meus estudos ele pensou que eu não ia continuar,ia parar no meio do caminho .Ledo engano ! Não sou uma mulher nova mais,mas estou muito bem,coisa que ele não está.Traição é uma forma cruel de destruir uma relação.Nunca mais vou ser a mesma pessoa.Quero fazer meu trabalho nesta área,tenho experiencia suficiente para encarar esse tipo de problema. Sou mais eu,apesar do que aconteceu,vamos pelo lado bom,fui forte suficiente para realizar meu sonho de estudar.Consegui fazer 2 cursos e uma Pós graduação.Esse segundo curso eu nunca imaginei que um dia teria essa oportunidade.Sou muuuuuito mais eu.Se eu tivesse ficado enganada,estaria fracassada feito ele,lavando,passando e cozinhando para uma tropa aqui em casa.Quando entreguei minha monografia,a Faculdade,inclusive professores,me ligam direto me pedindo opiniões e informações.Estou muito melhor agora.Não nego que meu coração despedaçou para sempre.Mas existem coisas muito boas no mundo para serem vividas além de um casamento mequetrefe.Vamos lá moçada,levantem a cabeça,peito pra frente,acertem os ombros,vamos pra frente!!! O mundo não acabou,foi só o casamento ! vinguem-se criando bem seu filho,com dignidade e mostrando para o Peter Pan que ele enfim com a merda que fez acabou te ajudando a crescer.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 25, 2013

    Eu tmbem vivo um casamento falido e moro fora do pais. Essa duas combinacoes e terivem. A depresao e' constante. Ja tentei deixa-li em todas as formas posivel mas nunca cosigui por medo de recomesar, medo da solidao. Ho conheci aos 18 vim ao pais dele aos 19 e ja descobri que nao era bem um sonho mas pesava que era porque ninguem avia dado a ele amor de verdade intao resolvi dalo e melhorar nosso sonho o meu digamos assim que e' melhor aos 20 anos nus casamos. E tudo piorou ele nao queria casa mim humilhou muito mas nen sei porque ja tudo pronto era meu sonho ter finalmente uma familga porque nunca tive creci em orfanato. Resumindo asinei a minha distruisao. Hoje ainda estou aqui mas separei judisialmente e pretendo voltar ao brasil.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 25, 2013

    Nunca trabalhei . Meu marido nunca permitil. tenho pouco estudo nao sou mas uma criaca tenho 23 ano e tenho muito medo de nao conseguir um imprego.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 25, 2013

    E' tao triste casar ter tantos sonhos e se envontra derepente nesse pesadelo. Lonje de tudo e de todos sozinha sem um amigo, sem um carinho, sem apoio de ninguem. Eu pra completar mori fora do pais nao falo nem vejo ninguem. So o meu marido que faz o que quer e o que nao quer da minha vida. Sou infeliz mas tenho medo de deixalo. Nao tenho estudo, ele nunca mim deixou trabalhar estou com ele 7 anos 5 anos namoro serio mas eu no meu pais e ele no dele qiando nins casamos e vim morar aqui non pais frio dele minha vida virou um inferno des de 2010 nao sei mas o que e' ser feliz.

  • MARCO MACIEL disse:
    fevereiro 25, 2013

    Um dia fui alguém feliz, via a vida com meus próprios olhos, criava as minhas próprias entradas e escolhia as minhas saídas. Não buscava o mal de ninguém, só buscava me fazer feliz.
    Quando passei a pertencer a outra pessoa, vi a minha vida afundar, num mundo totalmente desconhecido. Agora precisava ser o que não era. Entendi que precisava agradar meus país, pois achava que pertencer a essa pessoa, os faria sentir orgulho de mim, e foi assim que comecei a sufocar minha alma.
    Hoje sou infeliz, me assombro quando lembro do passado e assovio quando penso no futuro. Tenho entendido como a tristeza é improdutiva. A amargura desfigura nossa alma, corrói até as melhores virtudes que nos são inatas.
    Mas nunca desisti, cheguei até a me convencer que poderia, construir um belo jardim, porém para se construir um belo jardim, é necessário inspiração e amor, e o amor exige verdade. A verdade gera o amor, ou é o amor que gera a verdade? De qualquer forma não poderia e não posso ser feliz se não for verdadeiro comigo mesmo.
    A verdade precisa ser proclamada, sem medo e sem receio, pois ela sim é poderosa e libertadora. Só a verdade pode nos libertar, e nos libertando nos fará felizes.

  • Anônimo disse:
    março 06, 2013

    é muita tristeza.mais minha historia nao é diferente.ha 4anos me separei por que descobri uma traiçao do meu marido,mais de tanto ele insistir e os meus filhos pedirem acabei voltando.pra ser sincera feliz eu nao sou, nao consigo esquecer tudo que aconteceu ,tudo que ouvir sem merecer.tenho 28 anos,estou estudando para me profissionalizar e ter mais renda,estou pensando no meu futuro ,ainda sou muito jovem,pra ficar parada, e sofrendo por um idiota que nao merece meu amor.eu vou encontrar a minha felicidade.

  • Anônimo disse:
    abril 08, 2013

    Olha só tenho uma coisa a dizer: Pra homem , mulher tem prazo de validade, não adianta ser boa mãe, boa esposa, se cuidar, nada. Eles não valorizam, mulheres se cuidem, se amem e mandem eles a merda!!!!

  • Anônimo disse:
    abril 09, 2013

    eu acreditava que o amor prevalecia,mas hoje me arrependo de ter me cansado,se çoubesse que isso iria se transformar em uma eterna infidelidade,o que doi muuuuiiiito.jamais teria feito isso,um homem quando quer ganhar a mulher se faz de cordeiro mas depois coloca as garras de fora e acabam com nossa vidas,sempre de olho em outras e nos dizendo que nos odeia,mas sempre acaba caindo para nos cuidar,e as gostosas que fazem a cabeça deles,so quer dinheiro e depois joga fora como trapos velhos.se cuidem homens as lobas querem so a destruição de vcs pode cre!

  • Michelle L. P. disse:
    abril 27, 2013

    Hoje em dia está muito difícil acreditar em alguém até porque ninguém quer nada com nada, valores parece que não existem mais... é triste... muito triste mesmo ser só, não ter alguém que te dê um ombro ou que participe das suas alegrias. Tenho medo de conhecer pessoas, talvez seja uma forma de me proteger mas... não quero me machucar acreditar e no fim das contas carregar experiência amarga. Ando assim ultimamente... sinto falta de ter alguém que olhe por mim mas ao mesmo tempo, tenho medo de me aproximar de alguém.

  • Anônimo disse:
    maio 03, 2013

    E MUITO TRISTE VER QUE TEM TANTAS PESSOAS VIVENDO A MESMA SITUAÇÃO QUE A MINHA ,EU SINCERAMENTE JÁ NÃO SEI O QUE FAZER .ESTOU CASADA A SETE ANOS ,NO INÍCIO EU NÃO GOSTAVA DELE SÓ CASEI PQ QUERIA SAIR DE CASA ,AMAVA OUTRA PESSOA ,ELE PELA MESMA FORA TBM NÃO MI AMAVA , MAS ACHAVA Q ELE JA ESTAVA MUITO VELHO E QUERIA CASAR E TER FILHOS , SENDO ASSIM LOGO MIM ENGRAVIDOU ,NÃO TAVA EM MEUS PLANOS MAS ACABEI ACEITANDO , FOI DIFÍCIL MINHA FILHA NASCEU PREMATURA DEVIDO A TANTAS BRIGAS .NOS SEPARAMOS MAS LOGO ELE VOLTOU ATRAS E EU FEITO BESTA COM MEDO DE CUIDA DA MINHA PEQUENA SOZINHA VOLTEI , HJ MINHA FILHA E UMA BENÇÃO EM MINHA VIDA ,E QUEM MIM DA CARINHO SEMPRE ,EU NUNCA QUIS FICAR SEPARADA DELA POR ISSO MI SACRIFICO FICANDO COM MEU MARIDO .HJ JÁ APRENDI AMA-LO ,MAS ELE E MUITO FRIO COMIGO GOSTO DE SEXO E ELE NÃO GOSTA O FOCO DELE E SÓ DORMIR DE FATO JÁ ESTA DORMINDO , E TRABALHA ,PASSA O DIA TODO TRABALHANDO E A NOITE DORMINDO , QUANDO PROCURO ELE FALA Q TA CANSADO E QUE QUER DORMIR ISSO MIM MATA,EU TBM TRABALHO E NEM POR ISSO FICO Q NEM ELE , JA ESTOU CANSADA , Ñ SEI O Q FAZER , MAS TO PENSANDO SERIAMENTE EM SEPARAR , PROMETO A MIM MESO EM NOME DE JESUS , QUE NÃO VOU FICAR NESSE INFERNO DE VIDA . TENHO MEDO TBM DE FICAR SOZINHA ,OU DE ARRUMAR ALGUEM PIOR Q ELE , POIS A PESSOA Q EU AMAVA OU AMO NÃO SEI MAS , NAO TENHO CORAGEM DE FICAR COM ELE , PQ ELE E USUÁRIO DE DROGA E PENSO MTO NA MINHA FILHA , MAS DE UMA COISA ACABEI DE TER CERTEZA ,DEPOIS DE LE TANTOS RELATOS DE DOENÇAS TANTAS COISA Q EU NAO QUEROPARA MI AINDA ESTOU NOVA TENHO VINTE SETE ANOS E NAO QUERO MORRER AGORA DE UMA IAVC TANTAS OUTRAS DOENCAS CITADAS . TENHA FÉ AMIGOS VAI A LUTA Ñ DESISTA POR VC E PELA PESSOA Q ESTA AO SEU LADO, SEJA FORTE , BUSCAM A DEUS ELE E UNICO Q PODE NOS AJUDAR .

  • Anônimo disse:
    maio 17, 2013

    17/05/13

    Hoje, eu tava tao desesperada,mais uma vez sem saber o que fazer da minha vida, acabei digitando no google:Decepcionada com o casamento,em meio a muitas lagrimas fui visitando varias sites e acabei achando este blog.E chorando copiosamente
    varei a madrugada lendo alguns tristes relatos.
    Bem,agora ja mais calma,preciso tambem fazer i meu relato.Eu tenho 35 anos e estou casada a 10 anos,ele tem a mesma idade que eu.Nao temos filhos,me tornei protetora de animas,temos 4 cachorros que eram de rua
    acho q essa foi uma das maneiras que eu encontrei para canalizar minha carencia, e outros sentimentos nao bemvindos.Eu acredito q eu me casei pelos motivos errados,uma vez q nunca tive uma relaçao tao proxima com meus pais.Quando era criança fui molestada pelo meu proprio pai.Minha mae nunca soube,embora eu tenha tentado contar.Fora isso eu com 6 anos vi meu pai ser levado preso acusado de ter molestado um dos meus vizinho.Agora vc soma isso na cabeça de una criança de apenas 7 anos.Graças a Deus mesmo pqn eu me apeguei com Jesus q conheci atraves de uma vizinha.Depois de adulta conheci meu marido,e de cara falei pra ele q eu era uma pessoa muito carente e muito complicada,em apenas 7 meses casamos,ate pq eu sempre fui independente.Meu casamento desde do inicio foi dificil,meu marido me ama,mas infelizmente nao sabe demonstrar com açoes e nem em palavras e isso vem me matando e ferindo ao longo dessea anos,ele e muito trabalhador ,ele e o marido provedor.Mas nunca posso falar dos meus sentimentos,pq ele se sente cobrado e isso o afastou ainda mais de mim,pois quando eu falava eu agia com agresividade nas palavras.Em fevereiro completamos 10 anos de casados,e nao fomos comerar,pois na minha cabeça nao tinhamos nafa para comemorar. Sou muito sozinha,nao falo da minha vida pra ninguem.Por isso eu ficava varias horas navegando na net,ate q um dia conheci uma pessoa e como meu marido sempre teve minhas senhas viu uma conversar e foi uma grande tristeza e decepçao para ele,no momento q esta convesar aconteceu meu marido ja estava bem distante de mim,ele ja nao tava mais dormindo comigo,fi una crise violenra.Mais uma vez fui conversar com ele e expliquei o meu ponto de vista sobre aquele emai q ele havia lido,no auje da conversa ele me mandou ir embora e ainda disse q a casa nao era minha pois ele estava pagando as prestaçoes sozinho.Eu sei depois as coisas se acalmaram ou melhor se camulfraram e estou aqui empurrando com a barriga.Hoje ele me trata com mais frieza do q nunca,apenas quando ele quer sexo que faz um carinho,me sinto sempre um objeto o pior q eu falo isso pra ele,mas a coisa nao muda.Tudo que eu vejo q pode nos ajudar eu faço,leio livros,vou a paletras para casais ....mas faço tudo sozinha pq ele nao vai e nem ler os livros pois acha tudo isso uma bobeira.Hoje eu posso falar q estou com ele por puro comodismo,pois hoje ele esta bem economicamente.Mas infelizmente vivemos como dois estranhos q compartilham apenas a mesma cama.Vez por outra,vem um pensamento de sair fora disso,afinal eu tenho o meu trabalho,mas me falta coragem,pois sei q terei de começar do zero,para ficar mais facil, eu penso em sair do pais e morar fora.Assim nao ficaria na mesma atmosfera q ele.Bom o sono ta chegand! Foi bom eu escrever me sinto menos pior.Desejo muito boa sorte para todos nos.Se puderem me ajudem por favor.

  • Anônimo disse:
    junho 27, 2013

    Bom dia, vivo um casamento marcado por humilhações,sofrimento e xingamentos, vivo a mais de 2 anos com meu marido uma vida dificil ainda mais que trabalhamos juntos ele faz de tudo pra me humilhar, me por pra baixo e me rebaixar. Ele é um cara completamente maldoso e ciumento, tem ciumes ate da sombra outro dia estavamos voltando do trabalho simplesmente pelo fato de eu olhar para um lado ele já começou me ofender disse que eu não podia ver homem, sabe ando pelas ruas como uma estatua sem nem olhar para os lados, com medo de ser xingada a qualquer momento, não aguento mas essa situação dificil venho por meio deste depoimento implorar por ajuda, estou a mais de um ano procurando um emprego novo.
    Meu email é marciaz8@hotmail.com

  • Anônimo disse:
    junho 28, 2013

    Olá!

    Todo dia saio do trabalho bem...disposta, sem tanto cansaço, porém quando passo pelo terminal rodoviário (local com pessoas de diversos tipos e muito movimentado), me sinto mal! um peso nas costas, um cansaço, uma coisa ruim...
    Embora eu acredite que seja por conta de muitas energias misturadas...


    EXISTE UMA EXPLICAÇÃO MAIS CONCRETA PARA ESTE FATO???


    Obrigada.

  • Anônimo disse:
    julho 01, 2013

    É pessoal a vida não é fácil...
    Joguei um relacionamento for com uma excelente pessoa por agir da forma como essas pessoas agiram com vocês. Nunca fui de ler sobre relacionamentos ou de procurar ajuda, etc. Porém, hoje, me arrependo muito, estou triste por não ter procurado ajuda antes, de não ter percebido, hoje vejo que poderia ser o melhor marido do mundo, mas estou fraco e com uma enorme culpa de ter magoado tanto uma pessoa que só queria me ver feliz, só isso que ela queria, e ela estava abrindo mão da própria felicidade, escultando palavras duras, vendo atitudes rudes etc, tudo que já foi citado, me arrependo muito de tudo que fiz, não sei se vou ter outra oportunidade de fazer alguém feliz, mas hoje vejo relacionamento de outra forma e sei o que é realmente importante para que um casal seja feliz. Estou extremamente culpado, me sinto um nada, ela era linda, inteligente, simpática, cristã, atenciosa, carinhosa e várias outras qualidades.
    Você pode ser a pessoa mais burra, mais desastrada, mais timida etc, mas sempre existe uma forma de mostrar o amor pela outra pessoa. Atitudes pequenas que são do tamanho de uma Montanha. Não posso pedir desculpas em nome de todos ou todas como eu, mas por mim eu peço mais que Desculpas, eu peço PERDÃO. Tentar não custa, mas não abram mão da felicidade de vocês por pessoas como eu.

  • Anônimo disse:
    agosto 04, 2013

    João,
    Sou único filho de um casal que minha mãe assumiu a guarda de primos e primas desde então até eles assumirem casa sempre que lembro só era desentendimentos entre meus pais. Após esse período continuaram e eu procurava sempre não tomar partido mas não suportava aquilo. Quando casei a coisa que menos eu queria era deixar aquilo acontecer e casei com uma mulher que me parecia atender às minhas expectativas porém; aos poucos vem cada dia mais piorando de difícil convivência, possessiva provocadora e de quebra com 90% das características da personalidade Borderline sem querer se tratar. Eu me esforço e me coloco no lugar dos meus filhos mas para aguentar a situação apesar de ser cada vez mais difícil. O pior é que ela não tem a menor condição de conduzir a criação dos filhos nem de administrar a casa e os bens. è do tipo que quando fazia alguma coisa errada a mãe dizia que ela era danada! ao invés de repreender ou priva-la de algo no sentido de educar.
    Em suma, não sei mais o que fazer e depois que vi este estudo fiquei preocupado;pois, tenho precedentes de câncer de próstata na família (pai falecido)e estou com as taxas alteradas por conta do stress diário. Sei que um dia todos iremos e as vezes chego a desejar isso dada a falta de paz que são momentos insignificantes diante dos períodos quase sempre que tentamos resolver algo ou conversar um assunto qualquer se torna numa discursão muitas vezes pela falta de inteligência dela.
    Não estou a procura de pena de alguém mas agradeço por poder compartilhar ou mesmo desabafar um pouco disso que estou vivendo.E um inferno viver assim !
    Abraços, paz e prosperidade a todos.......

  • Michelle disse:
    agosto 17, 2013

    João... acredite nosso dever é procurar o que nos faz bem, e se essa relação não te faz bem pq manter? Só estará te prejudicando não acha? Fique em paz contigo mesmo, tente ser feliz, dessa vida não se leva nada, por isso faça um bem a vc, busque a sua felicidade, ser feliz contigo mesmo já é um bom começo. Toda sorte do mundo para vc... Que Deus te guie e ilumine seu caminho

  • Anônimo disse:
    agosto 18, 2013

    hoje estou numa situação complicada,por escolha minha.faz 1 ano e 8 meses q vivo com um homem q antes era casado e q infelizmente fui eu o motivo da separação dele com a mulher e filho,o q é claro me arrependo e acho q ja estou no inferno com roupa e tudo por causa disso q fiz.namorei contra a vontade dos meus pais,insisti no relacionamento,larguei emprego familia e amigos e fui embora viver feliz pra sempre,a bela iludida!!!nos primeiros meses foi tudo bonzinho,depois arruinaram e ate hoje ñ concertaram.ele tem costumes horriveis como sair e ñ dizer p onde vai,me chingar quando reclamo,chegar a hora q quizer e ñ dar nenhuma satisfação e alem do mais ele praticamente come todo o meu salario com bebidas e besteiras.muito ciumento e eu mudei muito minha personalidade quando o conheci,ja p evitar confusões.vai muito pela cabça dos amigos,e alem do mais ele é muito ignorant.hoje estou na casa dos meus pais sem saber se volto p casa,por motivos q ñ valem a pena serem lembrados.tenho apenas 20 anos,sou professora de educação infantil e terminando a graduação em pedagogia p futurament me aprofundar na area em q trabalho.dizem q sou bonita,filha de professora e comerciante,tudo p ser feliz e me desgracei com esse casamento,agora estou aqui sem saber o q fazer,medo de ñ voltar e dpois me arrepender,medo de voltar e me acomodar e me arrepender tambem.gosto dele,ainda!!!fico pensando em como ele vai viver,quem vai fazer comida,dormi sozinho etc.
    meu deus me ajuda...

  • Anônimo disse:
    setembro 06, 2013

    eu vivo um casamento infeliz,conheci o pai dos meus filhos quando tinha 16 anos,vivemos 5 anos juntos,separamos durante 6 anos,e a pior coisa q fiz na minha vida foi ter reatado,já faz 5 anos de sofrimento,por causa de uma decpção muito grande q veio dele,hoje tnho depressão,não consigo trabalhar,sou uma mulher linda,mais estou me acabando aos poucos,não sei mais o q fazer,não gosto dele,apenas nojo e raiva,não tenho amigos,não tenho forças p recomeçar uma nova vida,me ajudem por favor...

  • Anônimo disse:
    setembro 13, 2013

    Bom dia eu vendo todos esses depoimentos parece muiito com o meu caso não sei mais o que fazer ja sou casada a 15 anos o amo muito mais estou cansada de desrespeito e humilhações mais resolvi dar um jeito em tudo isso confio em Deus sempre e tenho certeza de que ele vai me ajudar a me livrar de tudo isso !!!!!

  • Anônimo disse:
    setembro 20, 2013

    Bom dia a todos!Que deus ilumine e proteja á cada um de vcs corações partidos!

    Sei muito bem entender todos vcs,passo por uma situaçaõ muito díficil tmb,choro sofro tenho vontade de morrer ou de matar ele!Só não fiz uma besteira ainda porq tenho uma filha de 11 anos para criar,que precisa mais de mim do que ele q não merece que eu desgrace minha vida mas o tormento é tão grande q os pensamentos ruins passam pela cabeça da gente,estou casada com ele a sete anos mas tudo no começo é mil maravilhas só depois que a gente percebe a merda que é vc anular sua vida toda com uma pessoa que não te respeita vivo um casamento muito infeiz,sou nova pessoas falam que sou bonita jovem cheia de vida mas eu não consigo tomar uma atitude,procurei a igreja orações mas nada está adiantando ele é irredutivel,se acha o maioral bate em mulher e humilha como se eu fosse um objeto sexual que depois de todas as humilhações ainda tenho que dar prazer á ele na cama!essa é a pior parte pra uma mulher depois de todas as ofenças ainda tem que fingir estar feliz com o marido inútil que tem!as vezes me pergunto porq ainda continuo com esse homem meu deus!sou fraca sou covarde a ponto de não conseguir largar dele ja tentei mas depois voltamos as boas e depois o inferno continuou novamente.Peço a deus que me forças para caminhar porq a jornada é dolorosa e dura,estou com sérios sintomas fortes de depressão preciso de ajuda mas não tenho condições finaceiras para me tratar sei que vou adoecer logo logo,porq por causa dele fui parar em um hospital com ínicio de AVC ele ficou suoer preocupado achando que iría me perder pra sempre pediu perdão e disse que nunca mais iria me agredir fisicamente e nem verbalmente,ILUSÃO passando alguns meses ele voltou a fazer tudo de novo,hoje a tristeza vive dentro de mim minha vida é só chorar e lamentar me sinto um nada como ele me chama q eu não presto pra nada.depois de ouvir tdo que eu escutei dele não tenho nem vontade de viver mais.A autoestima acabou não consigo nem me olhar mais no espelho,antes eu era muito vaidosa nunca ninguém me viu no estado em eu ando hoje as pessoas me falam meu deus oq vc tem?está doente?como vc emagraceu?por que?do manequim 40 eu estou no 34 ou 36 mega magra horrivél quando ele me conheceu eu tinha uma aperncia saudável corpão,hoje estou virada em uma vassoura velha.tento me confortar pesquisando ajuda na internet é o jeito espero que eu consiga pelo menos enterder algo que me levante dessa depressão.bjos a tdos desculpem o desabafo!!!fiquem com deus!

  • Anônimo disse:
    outubro 13, 2013

    MUITO DIFICIL QUANDO NAO TEM NADA EM COMUM, PESAMENTOS DIFERENTES, DECISOES CONTRARIAS, FALTA DE DIALOGO, ENFIM, E INSUPORTAVEL VIVER ASSIM.

  • Anônimo disse:
    novembro 04, 2013

    Faco minhas as palavras do Goncalo "Assumi um papel em uma relação que não me traz qualquer sensação de completude e onde a felicidade foi sistematicamente substituída por uma inércia emocional que lentamente enterra a minha alma na profunda cova da depressão."

  • Henrique Adleth disse:
    novembro 09, 2013

    Henrique - Sp

    Olá é Muito Triste Ver Tantas Historias Semelhantes. Tenho a minha para Compartilhar com os Amigos Também.

    Amo uma Pessoa há quase 14 Anos , e por obra do destino ou de Deus nossos caminhos nunca puderam estar juntos pois quando eu estava comprometido ela estava livre ou vice versa.
    Lembro ainda como se fosse hoje o dia em que há vi pela primeira vez, hoje me arrependo de ter olhando pro rosto dela naquele dia só assim eu não sofreria tanto quanto já sofri por esse amor.
    Em uma dessas voltas da vida, ela recebeu uma proposta irrecusável para trabalhar fora do País. Foi morar na Austrália, Parece até historia de filme , mais quando ela foi embora ela deixou uma mensagem no meu celular no dia do seu embarque. dizendo que se eu estivesse lá ela largaria tudo e ficaria comigo. bom .. é ai que entra a obra de não sei de quem Deus ou o Destino. Neste exato dia eu sai para trabalhar e o celular ficou em casa pois sai muito atrasado e me esqueci do aparelho. faziam 2 anos que a gente não se falava, eu acompanhava a vida dela só pelas redes sociais , descobri que ela fazia o mesmo. Então naquele misero dia ela foi embora e vôou pro outro lado do mundo. Tentei falar com ela nos dias que se seguiram mais não consegui, sem saber aonde achá-la fui até a casa dos familiares dela, O problema é que a mãe dela nunca gostou de mim pelo fato de eu ser Negro e Pobre , então não tive muito sucesso com relação ao endereço dela na Austrália, ficaram de me passar o endereço mais nunca fizeram isso. Eu estava disposto a largar vender tudo que tinha, meu carro minhas coisas tudo !! e ir atrás dela.
    Então ela voltou a atualizar a pagina do facebook.. Foi quando vi que nos 3 anos que se passaram ela se Casou com Alguem lá na Austrália.
    Naquele dia quando eu vi as fotos do casamento , eu senti como se o mundo estivesse todo caído nas minhas costas , minha cabeça parecia que ia explodir e só me restou um choro, profundo e amargo... uma dor que eu nunca sentira antes.
    Então Com meu coração arrebentado , mais com medo de ficar só conheci alguém que me amava , mais que não me preenchia como ainda não preenche. estou casado há 3 anos vivo uma vida infeliz.. e pra piorar as coisas aconteceu de termos um filho, que é a única coisa que me segura ainda nesse mundo, é por ele que eu ainda consigo sorrir. Mais sou extremamente Infeliz.
    A coisa piorou quando ela viu as fotos do meu casamento, foi quando ela decidiu falar comigo pelo facebook, Acabei descobrindo que ela fez tudo isso, por pensar que eu não há amava mais, me declarei pra ela , ela se declarou pra mim , juntos choramos, pois ela também confessou estar infeliz no casamento.
    eo mesmo que aconteceu comigo também aconteceu com ela , ela teve um bebê. Isso acaba de inviabilizar qualquer coisa com relação há nossa historia de amor.
    da ultima vez que conversei com ela fizemos uma promessa um ao outro que mesmo do outro lado da vida, já que nessa vida não nos foi dada essa oportunidade , então do outro lado eu continuaria há amá-la com toda a minha alma e com toda a minha força.

    Acompanho todas as conquistas dela pelo facebook e ela as minhas , eo que me da força pra continuar é saber que o amor dela é tão grande quando o meu e que somos maduros pra saber que um dia, não sei aonde nem quando e nem como , mais um dia ficaremos juntos !!!
    por isso oque posso dizer há todos que ainda tem uma chance de se libertar e viver um grande amor com sua pessoa amada !!! faça isso vá em frente , porque nós não sabemos oque a vida nos trará no outro dia. fiquem com Deus... e a luz iluminadora de Jesus.

  • Anônimo disse:
    novembro 22, 2013

    Olá pessoal....com tantas histórias de infelicidade acabei tomando coragem de falar um pouco sobre um casamento que chegou ao fim e do qual não tive forças o suficiente para dar um basta. Tenho 40 anos, uma filha de 10 e casada há 11 anos...desde o início a nossa relação sempre foi muito dificil commuitas traições da parte dele(inclusive chegando a dsr em cima das empregafas da casa, duas delas me contaram), bebedeiras e farras. Nos últimos 2 anos a situação está insustentavel pra mim pois deixei de ama-lo e já tentei separar por diversas vezes mas ele não aceita pede perdão, chora e eu acabo fraquejando...de 4meses pta cá ele tem tentado melhorar mas o desgaste foi tao grande que o amor deixou de existir.Sou independente, bem sucedida profissionalmente e podia dar um basta nisso tudo mas ele me chantageia emocionalmente e nao sei o q fazer..... me sinto sem chão e vontade de separar me ronda a todos os minutos da minha vida.

  • Anônimo disse:
    novembro 28, 2013

    Sai dessa.Se vc nao gostar de vc ninguem mais gostara.

  • Anônimo disse:
    janeiro 31, 2014

    Gostaria de analisar alguns casos que li aqui (mas não sou psicóloga kkkkk). A grande maioria são de mulheres dependentes financeiramente dos maridos e, claro, emocionalmente também. O engraçado é que há muitas que são independentes, trabalham, podem construir uma vida sozinhas! E mesmo assim não conseguem se separar... por que será que a separação é um dilema tão grande e uma barreira tão alta que não conseguimos ultrapassar? Por que num relacionamento ambos concordam que a vida virou um inferno mas não conseguem sair dele?
    A grande maioria das mulheres é fraca, engole tudo calada e vive num sofrimento eterno. A grande maioria dos homens é opressora, gosta de ter o controle emocional sobre a parceira e não a libera de sua dependência, seja financeira ou psicológica.

    Nós mulheres conquistamos muitos direitos, mas ainda há muito o que mudar em nossas mentes, seja pelos valores da sociedade, religiosos, por medo, cobranças e pressões. Não devemos nos iludir em seremos felizes somente na próxima vida, porque talvez não haja uma segunda chance.

    Vivo infeliz por 7 longos anos. Já é a terceira ou quarta vez que tento sair disso e não consigo. Estou tentando mais uma vez... Que Deus me ajude e que finalmente consiga forças para me separar!

  • Anônimo disse:
    fevereiro 04, 2014

    Após ler tantos comentários e historias tao infelizes, sinto q não tenho outro caminho a seguir. 27 anos se foram e so me anulei. Tenho vontade de morrer, assim acaba esta tortura.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 06, 2014

    Vivo um relacionamento infeliz a 13 anos, tenho 36 e me arrependo amargamente de não ter tomado uma decisão antes. Nos conhecemos há 16 anos e desde o inicio ele se mostra uma pessoa muito inconstante. Quando tínhamos 5 anos de relacionamento engravidei, nessa época ele tinha passado em um concurso e estava morando em um outro estado, me sinto culpada, pois ele já demonstrava que não queria levar o relacionamento adiante, passei a gravidez toda sozinha, ele só veio algumas vezes, dizia que não me levaria para junto dele porque tentaria voltar para a nossa cidade e ficar mais perto da família. Então quando minha primeira filha estava com 1 ano e sete meses ele voltou para um estado mais próximo ao que a gente morava e se tornou mais presente, pois todo o final de semana ele vinha.
    Quando minha filha mais velha estava com 2 anos e nove meses, engravidei, no inicio não me conformava com a gravidez, pois tinha tomado a pílula do dia seguinte e tinha engravidado. Ele a principio parecia feliz, porém passou a me maltratar, dizia que iria assumir a criança, mas que não ficaria comigo. Me maltratou gravida, me humilhava perante tudo e todos, passei a gravidez toda sozinha, tentava me concentrar na monografia, pois só faltava ela para sair da faculdade, me apeguei profundamente a Deus, acho que foi ele que me deu forças para seguir adiante, tirei minha carteira de habilitação com 8 meses de gestação, pois ele falava que me daria um carro, que na verdade não deu. Sumia, viajava, não ligava, mas era um pai maravilhoso com a mais velha, quando aparecia. Minha bebe mais nova nasceu, só fez me buscar na maternidade, pois era época de carnaval e ele foi curtir. Estávamos separados e só voltamos quando ela estava com dois meses, ele pensou que eu ficaria feia, se enganou pois depois de três semanas que eu tinha ganho a bebe, ninguém dizia que eu tinha tido filho.
    Ele nem ligava para a neném, veio olhar para a mais nova quando ela estava com 5 meses, aí ele se apaixonou por ela, era uma linda criança, loirinha e fofa e a mais velha também uma fofura. Hoje passaram-se seis anos, formei, tirei meu registro de ordem, porem nada mudou, sua indiferença é a mesma, continua me humilhando, ele tem um cargo muito grande na sociedade, que o deixa vaidoso, eu estou estudando para concurso, sou da área jurídica, mas não consigo perdoa-lo pois recentemente descobrir que ele tem outra, não aceito mais por isso peo força a Deus que eu passe logo, pois quero seguir adiante com minhas filhas, aí ele me ameaça diz que eu vou perder tudo, pois não tenho trabalho, que vai vender o apartamento, que a pensão não vai dar para sustentar minhas filhas, que eu foi ficar mal falada, me ameaça de todas as formas possíveis. Fico triste pois vivi para minhas filhas e para o lar, esperando ele mudar, coisa que nunca vai acontecer, ao mesmo tempo tenho medo de separar, pois tenho 36 anos, não tenho pai nem mãe, nem quem me der apoio, ele dar tudo financeiramente, tenho um padrão de vida muito bom, porem me tornei uma pessoa muito triste, me sinto velha e feia, não consigo me olhar no espelho, apesar de todos falarem que sou muito bonita de corpo e rosto, acho que não vou encontrar mais ninguém.

  • Anônimo disse:
    fevereiro 27, 2014

    Cai como um bobo no meu casamento. Sem perceber, era a esperança de reconstrução de vida da minha esposa que tinha saido a pouco de um casamento fracassado, ela depositou em mim toda a responsabilidade de faze-la feliz, sem dar o mesmo em troca. Me sufocou com uma possessão anormal.
    Dei lealdade e em troca foi manipulado, usado, explorado, enganado... Quando dei por mim, 12 anos depois, cá estou eu um quarentão sem qualquer gosto pela vida, sem planos, sem ambições, mal consigo cuidar de mim, sentindo-se usado, e com a enorme responsabilidade nas costas (filhos na pre-escola).
    Tentei sair do casamento uma vez, minha vida tornou-se um inferno, tive que me sacrificar para não prejudicar meus filhos muito pequenos... Mesmo deixando claro que não a amo, ela não dá sossego nem abre mão da vida sentimental medíocre que levamos... E eu aqui que não passo um dia sem que esta angustia e falta de amor me corte, agora tenho sentido fraco fisicamente e alguns problemas parecem estar aparecendo.
    Tudo por causa de uma carência que erroneamente tentei suprir com um casamento. Totalmente sem esperança! Quando me pergunto o que eu quero, nem eu mais sei responder.

  • Anônimo disse:
    março 13, 2014

    Meu Deus, achei este site por acaso, no desespero que me encontro há 15 anos, em uma relação de violências emocionais, físicas e psicológicas, da qual meu marido trata a todos dentro de casa com frieza e maus tratos, não aceita sair de casa e vivo numa eterna dor e angústia. Não sei mais o que fazer. Que bom compartilhar isso com vcs. Hoje tenho 41 anos e dois filhos lindos e todos estamos sofrendo muito...

  • Anônimo disse:
    março 13, 2014

    Anonimo do dia 27 de fev. me sinto igual a vc., sem esperança, choro sem parar, parece que nada tem graça

  • Anônimo disse:
    março 28, 2014

    Nossa que triste imagino amigo

  • Anônimo disse:
    março 28, 2014

    Que triste se um dia ler isto pega meu mail matandoonca@hotmail.com

  • Anônimo disse:
    março 28, 2014

    E muito triste sou casada a 18 anos meu marido sempre mi traiu tinha 15 anos quando casamos não sou feliz queria tem coragem para nos separa choro muito tenho 4 filhos não cósigo mi separa

  • brawingames disse:
    março 29, 2014

    na boa ! sinceramente ! eu acho que o relacionamento esta ruim , porem com a comodidade ! chegar e ver seus filhos e tal voce vai segurando ! porem , chega uma hora que a coisa fica ruim demais de um jeito que não e legal ! . ja viu quando a pessoa fala com voce e voce .. pensa ja vem ela encher o saco .. so enche meu saco .. me deixa em paz .. ate que uma hora isso não e mais so pensamentos se torna palavras .. o melhor mesmo e não ta legal para voce .. sai fora .. pois geralmente so piora ! estou a 18 anos com a mesma pessoa .. estou saindo de casa hoje ... acho que e o melhor a ser feito .. ate por que não e bom os filhos vendo brigas e brigas ... se e assim que termina essa historia .. não adianta ficar lendo as mesmas paginas e sim voce tem que trocar de livro !

  • Anônimo disse:
    março 29, 2014

    Primeiro, Deus não existe. Segundo, quer separar? Avalie bem porque a felicidade não está numa pessoa ou melhor não estará em outra pessoa! Felicidade não existe. O que existe são momentos felizes. Se você julga ser infleliz, não é por causa de seu cônjuge, mas por causa de algum problema que você carrega e que talvez não consiga enxergar os momentos felizes que tem, somente armazena em sua mente os infelizes. Nosso córtex cerebral é o responsável por nos lembrar dos traumas do passado. Julgamos que é a pessoa que está ao nosso lado que nos faz ter esses traumas, mas alimentamos e retroalimentamos isso inconscientemente. Hoje os casamentos se acabam porque as pessoas não querem se repaginar, não querem mais ceder, são sim egoístas, não têm vontade de continuar o laço familiar (aquele contrato que fundou essa instituição Família que é a base da sociedade). Isso também é uma forma de covardia! Por que casou então? Por que não ama? Quem não ama, não casa. Quem casa e não ama, cometeu um erro, não poderia voltar atrás? Penso que a pergunta a ser feita é a seguinte: o que fez com que eu me casasse com essa pessoa? A partir da resposta a essa pergunta é possível ver se há como repaginar ou não o relacionamento. Se a pessoa casou porque gostava, mas agora não gosta mais, por que não gosta mais então? A resposta e a solução para essa questão de modo a resolvê-la pode acabar com o desejo de por fim ao relacionamento que começou, em sua grande maioria, bem. Caso contrário, por fim ao laço conjugal talvez seja a melhor solução, mas não necessariamente trará felicidade. Esta, repito, não existe. O que existem são momentos felizes. Enxergar isso clareia a racionalidade de tantas pessoas que se julgam infelizes e ao menos sabem que isso jamais existiu na miserável e pífia existência humana.

  • Anônimo disse:
    março 30, 2014

    primeiro, Deus existe sim. segundo ninguém é obrigado passar o resto da vida com uma pessoa que não está dando certo se não separa agora separa depois de velho já vi vários casos.

  • Anônimo disse:
    abril 20, 2014

    Gente, n imaginava tantas pessoas na mesma situacao... estou pasma , li a maioria desses comentarios... enfim, tenho ca minhas duvidas qd dizem q deus quer q mantemos o casamento, acho q cada caso eh um caso,... eu conheci meu marido aos 18 anos e dois meses depois engravidei, naquela epoca era uma menina boba e inconsequente, estou c ele a 13 anos e sem amor, nunca o amei , fui precipitada, deixei d ficar c quem eu gostava a quem eu amo secretamente ate hoje, e na epoca essa pessoa tbem me amava , hoje eh casado e felizz,,..e eu aqui ... c a minha vida arrasada, cuidei da casa e minha filha e n estudei, n trabalhei,.a vida passou e eu dependente, hoje estou na metade da minha faculdade e pensando em termina-la logo p me manter e quem sabe sair dessa vida, sei q pago pelos meus erros mas, tenho q pagar p sempre,... meu marido esta horrivel engordou esta com 160 kg nem liga p aparencia , o penis dele encolheu, esta c acumulo de gordura no pubis , enfim... n tenho.mais atracao por ele tenho nojo se ele me toca... ja me agrediu.muitas vezes c palavras e fisicamente.... n tenho coragem n tenho forcas p sair disso, sofro muito, falta sexo , vivo a flor da pele , todo.mundo me acha bonita embora tenha engordado tbem por desgosto,,, o.q fazer ? Ate qd viver assim?

  • Anônimo disse:
    maio 04, 2014

    pois e gente li tantos comentarios que me identifiquei com a maioria,sou casada a 22anos e a minha vida com meu marido nunca foi facil,eu acho inclusive que nunca fui feliz tenho 3 filhos que eu amo muito mas infelizmente tem a mesma personalidade dele uma pessoa dificil de se lidar ,ele e uma pessoa boa de vez em quando aparentemente mas quando bebe fica insuportavel, ja nos separamos a 10 anos atras por causa da bebida,so voltei com ele pq ele prometeu nunca mais beber mas nao foi o que de fato aconeceu de uns 5 anos atras voltou a beber bo minha vida que nao era facil ficou um inferno por que ele bebe e complica contudo ,nao tenho mais paz e eu disse pra ele que se ele voltasse a beber ele perdia a mulher,mandei ele escolher mas parece que ele nao levou a serio,me cobra carinho e sexo mas realmente nao da pra aguentar uma pessoa com bafo e tonta do lado da gente,tenho vontade de me separa mas quando falo pra ele ele diz que nao tem lugar pra ir pois moramos no terreno do meu pai e o que ele tem ta aqui,ta insuportavel nosso relacionamento,mas tenho pena dele inclusive e acabo me condenando pq ele disse que bebe pq tem problemas,mas e eu ele nao pensa em mim,uma pessoa que passa o final de semana bebendo e passando mal depois meus nervos ja estao a flor da pele e sem contar meus 2 filhos adolescentes ja nao param dentro de casa pq dizem que nao tem graça e paz dentro de casa,por favor gente o que eu faço sei que o amor acabou e agora sinto que estou sentindo atraçao por outra pessoa que passa e fica me olhando sempre,nota que ele me olha de um jeito diferente no olhar ,talvez seja que eu esteja carente tambem pra pensar nisso,o que eu faço mesmo meu marido sendo desse jeito nao acho certo eu pensar em outro,mas confeço que ja pensei em suicidio porque acho que minha soluçao pra minha vida era eu morrer pra ver se meu marido e filhos iam aprender a me dar valor obrigada pela atençao.

  • Michelle disse:
    maio 04, 2014

    Olá

    Como quase todos por aqui, não venho de experiências boas e sinto extrema dificuldade em superar o que passou, esquecer, apagar as marcas deixadas em meu coração. Não sei o que fazer quanto a isso, já tentei porém não vejo aquela luz no fundo do túnel, sabe?

    Quem tiver disposto a trocar contato segue o meu brasilmichelle@hotmail.com

  • Anônimo disse:
    maio 13, 2014

    me chamo Katiene...

    Parece que vi aqui um pouco da minha historia em cada um desses comentarios aqui, tbm tenho 41 anos, casada, infeliz, 4 filhos lindos, mas me sinto fracassada tbm como mãe, não fiz nada da minha vida, não estudei, não tenho um trabalho, nem uma profissão, to me sentindo um zero total, com certeza meu maior erro foi ter casado sem amor, e sim p sair de uma situação infeliz na casa de familiares, meu marido tbm errou muito, filho caçula mimado, é duro, orgulhoso, teimoso, seguidor roxo da universal p minha tristeza, pois minha fé é outra, mais um motivo de estarmos tão distantes hoje, cada um p um lado, eu sei que errei, admito o ele e pedi desculpas, mas ele diz que sabe que errou em muitas coisas mas as atitudes dele e o que ele fala, ele só me culpa pelo que ouve, sempre se poe no lugar de vitima, e vivemos assim, essa vida vazia, sonsa e sem graça, sem sonhos sem perpectiva, sem esperança, a pergunta é: terei mais 40 anos p tentar ser feliz??? não acredito nisso....minha chance ja passou, acabou....quem quiser trocar ideias contato_katia@yahoo.com.br, minha vida ta tão inutil que tenho todo tempo do mundo p conversar, não se preocupem....

  • Estrela Cadente disse:
    maio 20, 2014

    Vivo num mesmo dilema. Sou casada a 1 ano e meio e desde entao so tristeza. Tb cansei de mendigar carinho,atencao e sexo. Agora nao sinto mais desejo por ele,quero me separar mas tenho medo de arrepender pq ele e uma boa pessoa,a bebida e as mas influencias e q estao nos afastamos. Eu o amo e sinto q ele me ama tb, mas devido a tanta carencia e solidao me envolvi com outra pessoa e estou gostando dela. Nao sei o q fazer pq acho q ele ta gostando de mim tb.

  • Janete Patricia Bezerra Campos disse:
    maio 20, 2014

    Vivo num mesmo dilema. Sou casada a 1 ano e meio e desde entao so tristeza. Tb cansei de mendigar carinho,atencao e sexo. Agora nao sinto mais desejo por ele,quero me separar mas tenho medo de arrepender pq ele e uma boa pessoa,a bebida e as mas influencias e q estao nos afastamos. Eu o amo e sinto q ele me ama tb, mas devido a tanta carencia e solidao me envolvi com outra pessoa e estou gostando dela. Nao sei o q fazer pq acho q ele ta gostando de mim tb.

  • eladir lordelo disse:
    maio 20, 2014

    Gente, pensem um pouco, muitos de vocês são infelizes juntos, mas quando se separam ficam com saudade, tem gente que diz que sente saudade até do defeito do outro, então eu proponho o seguinte: lutar por esse amor com todas as forças, procurar dialogar, se não resolver busca ajuda espiritual, sou casada há 20 anos, tive muitos conflitos no meu casamento, hoje tenho 40 anos e posso dizer que não é mil maravilhas, mas tenho Deus e ele me conforta em momentos críticos. Só sei que já me separei umas sete vezes, e não conseguir ficar longe dele nem ele de mim, então ele lutou por mim, me mandava flores, cartões, presentes e eu não resistir. Então dê um tempo para ver se aguentam, se não, busquem a Deus.

  • Anônimo disse:
    maio 20, 2014

    Poxa vida! Por isso que sempre ouvi falar aproveita a vida de solteira, porque depois que casar...
    E hoje casada há um ano e meio percebo que é isso mesmo.
    Muito mais aborrecimentos, tristezas e decepções do que alegrias.
    No meu caso, o que me incomoda é ter um marido que não me acompanha no que diz respeito a crescer na vida.
    Ele é muito acomodado, cheio de dívidas, não para em emprego nenhum, nunca tem dinheiro pra nada, não tem planos, nem ambições.
    Eu sempre desejo ter uma vida melhor, conquistar minhas coisas com meu esforço e eu sinto que ele me atrapalha, porque não pensa como eu.
    Me sinto amarrada.
    É muito ruim estar ao lado de quem não consegue te acompanhar.
    Eu não sei o que fazer.

  • Anônimo disse:
    maio 23, 2014

    PRA MIM ESSE SEXO SEMPRE FOI UMA BOSTA. NUNCA FUI FELIZ COM NINGUEM. NUNCA SENTI PRAZER. NÃO SI QUAL MEU PROBLEMA, NÃO É IMPOTENCIA, NEM EJACULAÇÃO PRECOCE E MEN TAMANHO DO PENIS. É UMA COISA ESTRANHA, TENHO EREÇÃO, ATÉ SATIOSFAÇO UMA MULHER, TENHO FILHO, MAS NUNCA SENTI NADA DE PRAZER. ISSO É UMA BOSTA NÃO GOSTO DE SEXO, ESTOU MENTALIZANDO UM TRABALHO MENTAL PARA NÃO PRECISAR DESTA MERDA...ME DIVIRTO MAIS FAZENDO PRATICA DE TIRO EM GARRAFAS E LATAS...

  • Anônimo disse:
    maio 25, 2014

    ká ká ká para com isso sexo é bom principalmente com a pessoa com quem se ama pelo menos eu penso assim pois não gosto de fazer só por fazer e sim com quem amo e desejo, mais a muito tempo não vejo meu grande amor e só restou a saudade e desejos nos meus sonhos olha tau vês isso aconteça com vocês homens porque vocês ficam com qualquer pessoa sem desejo sem amor já chegou a desejar uma mulher que só de você olhar fica muito louco só de imaginar pois eu já desejei e ainda desejo mais a distancia nos separou e eu não sei nem noticia dele tchau colega estava precisando de algo pra rir e você conseguiu não importa o que faz pra ser feliz mais seja feliz. ER.

  • Anônimo disse:
    maio 27, 2014

    Meu nome e janaina sofro com meu marido to sufocada me ajud pelo amor d deus ...

  • Anônimo disse:
    maio 31, 2014

    estou casada há 9 anos e amo meu marido, no entanto sinto me infeliz ,ele é egoísta sabe que gosto de festejar dia dos namorados ,aniversário casamento, pois ele ignora completamente essas datas até mesmo o meu aniversário,antes brigava agora fico com uma grande tristeza .

  • Anônimo disse:
    junho 04, 2014

    DESCULPEM MEU PORTUGUES TODO ERRADO NO COMENTARIO ANTERIOR; BOM A RESPEITO DO SEXO, EU NUNCA ABSOLUTAMENTE NUNCA SENTI PRAZER QUANDO EU TINHA 22 ANOS ATÉ ME APAIXONEI A TIVE UMA RELAÇÃO BEM GOSTOSA COM UMA MULHER MAIS VELHA, SEPARADA, MAS NÃO DEU CERTO PORQUE ELA ERA NINFOMANIACA E FAZIA SEXO COM QUEM ESTIVESSE PELA FRENTE...QUANTO AO RESTO, APARENTEMENTE TENHO SAUDE, TENHO EREÇÃO, ACHO QUE O TAMANHO DO PENIS É BEM NORMAL, SOU CASADO E TENHO FILHO. MAS A MINHA FELICIDADE, EU TENTO TER DE OUTRAS MANEIRAS: GOSTO DE QUEIMAR MUNIÇÃO EM PRATICA DE TIRO, GOSTO DE DISPUTAR CORRIDAS DE KART, GOSTO DE UM BOM CHURRASCO, UM BOM JOGO DE FUTEBOL ENTRE AMIGOS E PARENTES, AGORA ESSE SEXO MALDITO PARA MIM, É UMA BOSTA EU GOSTARIA DE APAGAR ISSO DA MINHA CABEÇA, SÓ ME FEZ SOFRER, POIS ALEM DO RELACIONAMENTO JÁ DESCRITO, EU TIVE UMA NAMORADA QUE AMEI COMO NENHUMA OUTRA MULHER, MAS ELA NÃO QUERIA SEXO, SÓ NAMORICO. DEPOIS DE TRES ANOS MALUCO DE TESÃO POR ELA EU, VENDO QUE ELA NÃO IRIA TRANSAR COMIGO A DEIXEI. ME CASEI COM MINHA ATUAL ESPOSA, SOU MUITISSIMO FELIZ COM ELA MAS NÃO NESTE SEXO DESGRAÇADO QUE EU GOSTARIA DE APAGAR DA MINHA EXIXTENCIA...ISSO SÓ ME TROUXE MISÉRIA SENTIMENTAL, TRISTEZA, FRUSTRAÇÃO, DESVENTURAS. SEXO MALDITO.

  • Anônimo disse:
    junho 04, 2014

    EU NÃO SOU TROUXA. JAMAIS VOU DEIXAR MINHA ESPOSA, A MENOS QUE ELA ME DIGA QUE NÃO ME QUER MAIS POR PERTO. SABEM POR QUE? PORQUE ESTAMOS FINANCEIRAMENTE ESTABILIZADOS E O FIM DESSE CASAMENTO DEPOIS DE VINTE ANOS, COM CERTEZA VAI NOS TRAZER ENDIVIDAMENTO, DESENTENDIMENTOS FUTUROS COM OS OUTROS PARCEIROS, INTRANQUILIDADE E POR FIM AS NOVAS RELAÇÕES TAMBEM VÃO MURCHAR... É MELHOR UM POMBO NA MÃO QUE DOIS VOANDO...NÃO QUERO MAIS SABER DESSAS FRESCURAS DE SER FELIZ POR CAUSA DE SEXO. ESTA MERDA SÓ ME TROXE TRISTEZA E DECEPÇÃO NA VIDA...PREFIRO BRINCAR COM MEUS GATOS E CACHORROS, DAR TIRO EM PRATOS VOANDO, PULAR DE PARAQUEDA E CORRER DE KART. TENHO 45 ANOS E JÁ NÃO QUERO SABER DESTA PORCARIA DE SEXO...ACONSELHO A TODOS IREM SAINDO DE FININHO TAMBÉM...ASSIM A GENTE NÃO SOFRE QUANDO MAIS IDADE CHEGAR...

  • Anônimo disse:
    junho 05, 2014

    Disse tudo!!! É assim qinha alma está. Sufocada por não ser eu. Amarga, desfigurada e corroída. Vivo um casamento de fachada. Não aguento mais.

  • Anônimo disse:
    junho 08, 2014

    Diga NÃO Disk 180 à violência contra a Mulher. O respeito começa em casa....

  • Joel Zarur disse:
    junho 08, 2014

    S2 eu tbem penso assim Michelle no mundo que vivemos so Deus pq de nos msm acho que so fazrmos escolhar erada ........

  • Anônimo disse:
    junho 13, 2014

    Meu Deus, quanto sofrimento...muita gente infeliz isso eh muito triste!!! O futuro a Deus pertence, mais nao quero passar por isso meu Deus...

  • Anônimo disse:
    junho 16, 2014

    Percebo que em geral quando a paixão acaba, e passamos a ver o otro como ele(a) realmente e pra fazer brotar o amor e muito dificil.
    Minha historia e a seguinte: vivo em união estável a 7 anos e temos um filho de 6 desde o iniciou foi muito dificil, ficamos juntos por conta da minha gravidez nos conheciamos muito pouco (2 meses e engravidei) e logo depoi fomos morar juntos. Descobrir pouco tempo depois que ele tinha uma ex que ele ainda matia um relecionamento, depois de muitas brigas e ameaças de eu ir embora ele disse ter terminado. Depois de 3 anos decobrir que ele ainda continuava com ela, acreditem, nunca chegou fora de hora em casa e nunca saía nos fins de semana. Fui a casa dela passei toda historia a limpo e continuei com ele.porem por conta de tudo que passei adoecir e chegue ficar 3 meses internada numa clinica psiquiátrica, melhorei e continuei com ele que fez juras de fidelidade. Porem a um ano mudamos pra mais proximo do trabalho dele no interior e a um ano descobri que o relacionamento deles so terminou quando nos mudamos mesmo eu tendo até ficado doente . O problema: porque eu não consigo me separar? Toda vez que falamos no assunto ele chora pede perdão e eu acabo cedendo. Não existe mais confiança, e tento me libertar desse relacionamento e não consigo ele acaba me fazendo sentir culpada por estar destruindo a nossa família que finalmente tem tudo pra dar certo, a muito ja não temos um sexo legal acaba acontecendo por conta da nesse cidade do corpo e acho até que ele percebe mas prefere fingir que tá tudo bem, a intimidade entre nós melhorou converssamos bastante, porem depois de tanto desgaste eu não me importo com ele falo por qualquer motivo em divórcio, ele tem se esforçado, mais sou infeliz por conta de tudo que já aconteceu sofrir muito e a dor ainda não passou. As últimas vezes que falei em divórcio ele ameaça se matar ja tomei faca da mão dele 2 vezes. Sei que estou sendo chantageada porém tenho medo de que ele faça realmente alguma besteira caso eu termine o relacionamento. Com tudo isso acho que não sei ao certo o que e o amor, e tenho certeza que não sei o que fazer, estou com os sentimentos tão confusos que não sei se realmente quero terminar ou prosseguir se e por amor, medo ou pena.
    O pai dele morreu quando ele era ainda criança a mae não o criou e mora em outro estado e a muitos anos ele não sabe dela, foi criado pela avó paterna que esta a beira da morte, e ele não tem irmao.
    Me ajudem! o que eu faço?

  • Anônimo disse:
    junho 22, 2014

    Eu sou fracasada burra e deprimida.vivi por este casamento de7 anos e nada ganhei,fui traidwa da pior maneira eu n mi sinto mulher eu mi sinto pouca coisa,sem valor.queiro morrer mas a vida e boa,oq eu faco?temos 3filhos estavamos separados voltou pedindo reconciliacao,rstamos a viver novamente mas esta dificil eu ja n sei se o amo.perdi a autoestima sa pessoas falam q sou muito linda mesmo despreparada mas eu n acredito,eu mi sinto a mulher mas feia do mundo e meu marido arrepende-se por isto na rua fica olhando em tudo q e mulher q passa eu mi sinto rebaixada,ele estava aprocura de alguem pra mi substituir por isto em apenas 7dias trai-mi com 15 mulheres.as pessoas q conhecem minha historia questionam do porq tanta humilhacao?eu tambem n sei conheci um cara rico sem mulher ecmi deseja oq faco?estou a sofrer por dentro eu estou morta nunca mas vou amar.porq ele n mi deseja mas outros desejam-mi?e vivo numa miseria com baratas e ratos,estou velha.e ele e muito feio e o rico e lindo e elegante ele excita-mi.tenho receio de deixa-lo por causa dos filhos,agora so mi resta esperar ve-lo fechar os olhos para eu refazer minha vida sem q alguem mi aponte o dedo.acham q estou certa ?digam-mi

  • Anônimo disse:
    julho 03, 2014

    amigas tenho 31 anos e sou casada a 11 anos tenho duas filhas ,nunca fui feliz ,so brigas em sima de brigas ele é filho unico eles tem um negocio proprio onde a vida do meu esposo é voltada so para os pais e para esse trabalho deles nunca deixao eu fazer parte nao sei nada das finanças ,sou um zero a esquerda sempre mendinguei carinho ,atenção ,amor e sexo .tudo que uma mulher precisa ,com isso hoje tenho depressão ,sindrome do panico e transtorno de ansiedade ,ha e tenho pensamentos suicidas ,meus moveis são todos quebrados ,que nas minhas crises quebro tudo ,dois medicos que ja passei me falou que meu problema é ele minha psicologa fez eu enxergar isso ja faz 1 ano mas com medo ,e covardia não larguei dele ,quando brigo com ele e falo que quero a separação ele fica uma ceda durante dias e depois volta ser tudo como antes minha filha mais velha com 10 anos hoje não aguenta mais essa situação e ja me pediu para eu separar ,pra ver se pelomenos pra elas ele de amor ,carinho e atençao ,ha amigas quando o bicho pega ele fala pra gente continuar vivendo como dois irmão .mas agora acordei cansei dessa vida onde tenho so bens materias .ha quase duas semanas pedi a separação e não quero mais ,ele ta uma ceda um anjo esbanjando amor ,mas não quero mais como diz minha filha ,esse amor tudo é so por uns dia chega quero ser feliz ser amada me sentir mulher sou bonita e mereço ser feliz acordem amigas porque eu acordei

  • Anônimo disse:
    julho 05, 2014

    Saia dessa, sua vida é unica, se apegue com Deus , esse homem é um zero a esquerda na sua vida.vc merece ser feliz, em algum ligar existe um homem especial separado por Deua para vc. Meu cel é:021973933968(claro)Solange

  • Anônimo disse:
    julho 09, 2014

    Oi gente , também vivo um relacionamento péssimo , mas não tenho como me separar pois dependo dele , e tenho filhos para sustentar , depois que caiu a ficha que esse relacionamento nunca vai ser bom , tive depressão , dores no coração , meu corpo se contrai todo tenho que tomar relaxante muscular quase todos os dias de tão endurecida que fico , fiquei tb doente de endometriose e com hemorragia no útero , tudo depois que estou com ele , não é querer culpá lo mas a verdade é que meu corpo o rejeita como quando um vŕus ataca nosso organismo , nunca tive doença nenhuma na vida antes dele , vivia sorrindo , tinha amigos que me amavam , tinha minha vida , cantava , era artista , e quando ficamos juntos achei que continuaria a fazer tudo como sempre fiz , mas ele me afastou de todos , destrui minha vida pois até meu trabalho nunca mais pude fazer , vive falando mal dos meus filhos , maltratando eles , sendo egoísta , a nossa relaçao é cara feia das 6:30 às 24hs , ele sempre reclamando de mim , mesmo qdo faço algo bom para ele ,sou uma mulher linda todo mundo me olha na rua , me tratam bem só na rua , em casa minha vida é uma solidão só , não sinto vontade de fazer sexo com ele a anos pois ele é grosseiro , estúpido e mal agradecido , na hora é tudo ótimo , no outro dia me trata mal , me humilha , sempre que fazemos sexo é assim não sei porque , acho que ele , sinceramente , tem algum problema com MULHERES , penso até às vezes , que ele pode ser homossexual e nem sabe , sei lá , pois ele trata os homens com todo o cuidado , e carinho , os amigos dele são como deuses para ele , tudo eles podem , dá até nojo de ver , ele parece uma cadela conversando com eles , mas comigo parece um monstro , parece que quer meu mal , as vezes tenho medo , ele é meio sinistro certas horas , certa vez ele colocou um filme para vermos juntos : era algo assim " vou matar a minha mulher " algo desse tipo o título do filme , parece que é de propósito para me colocar medo ... em uma briga que tivemos ele tentou me estrangular , depois que passou , ele pediu desculpas e disse que só queria me segurar para me acalmar .... estou apavorada pois ele tem parecido meio doido ultimamente , fala sosinho e diz coisas desconexas , sei que devo urgente me separar dele mas não tenho como , todo o nosso dinheiro esta na conta dele , tudo esta com ele , ele fez de propósito para me deixar em sua mão , sei que dinheiro não é o mais importante , porém para uma mãe sem trabalho e com um marido doido e raivoso por perto é um caso de urgencia e tem a maior importancia , se eu tivesse como , iria embora , um dia bateria a porta pegava meus filhos na escola e nunca mais voltava , iria até para outra cidade , me sinto as vezes como naquele filme da Julia Roberts ," dormindo com o inimigo" . vou orar cada vez mais para ver se deus me ajuda , pois minha vida pode estar em risco . minha mãe diz que é palhaçada minha ,não acredita , pois ele parece normal na frente dela. vou ter que conseguir sair dessa , voces tb TENHAM Fé !!

  • Anônimo disse:
    julho 09, 2014

    Vc não estar sozinha Janaina, passo pelo mesmo problema:'(
    simplesmente o amor acabou....
    mas ele não entende. ....

  • Cintia disse:
    julho 09, 2014

    Eu sei como é Janaina viver com um amigo, é difícil. ....me sufoco também. ...
    Mas nos dias difíceis quem está comigo? Ele....:-(

  • Anônimo disse:
    julho 12, 2014

    As vezes a gente quer dá opiniões, mas nada além de vc mesmo p enxergar a situação,não sei se o amor cega, ou a dependência do sofrimento, as vezes nos sentimos dependentes desse sofrimento, nos achamos burra, incapazes de seguir,tem medo de sair do casamento e da dependencia emocional que ele te traz, da sociedade fulera que vivemos e que remete uma mulher separada algo ruim, mas não é, conheço muitas q saíram do medo e recomeçaram suas vidas,nenhuma dor tem q durar p sempre.Se ele ameaça ou faz chantagem já q vc tem a internet como ferramenta, use-a p tentar vê até onde vão seus direitos e onde vc encontra ajuda.

  • Anônimo disse:
    julho 15, 2014

    meninas a minha história é contrario de vocês conheci uma pessoa e fui apresentada através de uma amiga ela mim disse que ele era solteiro sozinho e não tinha ninguém não sei se ela se confundiu porque ele mesmo mim falou que está morando com a mulher mais não tem mais nada e o medo de ser mentira falei pra ele não mim ligar mais, mais ele quer sair de casa e vim morar perto de mim estou com muito medo falou pra mim que ele nunca foi feliz e aguentou muito tempo pela filha será verdade os homens passam por isso também não sei sinto que ele está falando a verdade pra que mentir ele poderia ter tirado umas casquinhas e mim dado um pé na bunda ele mim falou sem eu ter absolutamente nada com ele estou confusa mais vou sair com ele por isso eu digo gente se o casamento não está dando certo separa pois ele disse que gostou tanto de mim, mais por pouco não mim perdeu não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje olha tenho mais de 5 anos de separada mim separei meu filho era bebê tomava leite e eu estava desempregada mais hoje melhorou bastante e eu também tinha medo não o amava mais não queria ficar sem ele hoje eu mudei muito sou uma nova pessoa mudei em vários sentidos sou guerreira e trabalho muito fora de casa fiquem com Deus.

  • Anônimo disse:
    julho 16, 2014

    Sofro do mesmo mal. ..

  • gabriela disse:
    julho 20, 2014

    Isso mesmo amiga isso é coisa rara nos dias de hoje.e só vai valorizar quando perder...,

  • Anônimo disse:
    julho 22, 2014

    Boa noite queridos!!!!

    Bom tenho apenas 25 anos, casei á 6 meses e para ser sincera me arrependo amargamente.... Namoramos entre idas e vindas por 7 anos e meio e está sendo horrível conviver com um alguém tão diferente de mim....

  • Anônimo disse:
    julho 22, 2014

    Não sei se me precipitei, mas tenho apenas 25 anos namorei por 7 anos e meio e hj estou casada a 7 meses.... Nunca fui tão infeliz, somos diferente entre idas e vindas tive que abrir mão dos meus sonhos para reatar o relacionamento e hj sou completamente infeliz.... Não me sinto amad

  • gabriela disse:
    julho 26, 2014

    Amiga do dia 15-07:homem e tudo igual,basta voltar alguns comentarios.de pessoas que se atrependeram...ele chifra ela?e questao de tempo,vai enjoar e comecar a lhe meter os cornos.nao destrua uma familia..a lei do retorno tarda,mas nunca falha.experienca propria.

  • Anônimo disse:
    julho 28, 2014

    Eu sei como'e viver uma vida so de brigas pois eu vivo assim a muito tempo e sofro muito por isso mas sei que um dia tudo vai pssar pois Deus e fiel e eu creio no milagre e tudo isso vai passar em nome de Jesus.

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;

Artigos relacionados

2leep.com