CASAMENTO : ARTE DE ADMINISTRAR DIFERENÇAS

“Os relacionamentos são como uma longa viagem em um minúsculo barco a remo. Se um dos passageiros começar a balançar o barco, o outro tem que estabilizá-lo. Caso contrário os dois afundarão juntos” ( David Rubin )

Os relacionamentos, para serem bem-sucedidos, precisam iniciar pelo entendimento de que as pessoas são diferentes. Se dois homens já apresentam grandes diferenças de comportamento, imagine um homem e uma mulher. Geralmente o homem é mais razão, orientado para seus objetivos e metas, e a mulher mais emoção, orientada para relacionamentos.

Você pode identificar um bom relacionamento observando o tratamento dado às pessoas. Listamos algumas considerações importantes que poderão ajudá-lo a ver se está no caminho certo para a construção de um relacionamento duradouro:

• critique as ações sem criticar a pessoa: é possível que haja descontentamento e, com isso, passe a existir crítica, porém não faça nunca comentários ofensivos, do tipo “você é um burro”, mas sim que “você pode fazer melhor”. A crítica deve corrigir o que desagradou e não atingir o caráter da pessoa. Faça isso sempre e de uma forma amiga e gentil;

• admita o erro se for preciso: as brigas começam por pequenos incidentes e vão tomando proporções que podem fugir do controle. É preciso ter em mente que para se terminar uma discussão é preciso ceder, sem julgamentos, mas em favor da harmonia do relacionamento. Quase sempre tudo acaba bem quando as pessoas se cumprimentam e se abraçam;

• adote uma comunicação clara: a maioria das comunicações que ocorre no dia-a-dia nos relacionamentos não é uma questão de vida ou morte, mas a falta dela é. Preste também atenção na comunicação não-verbal, pois tem vezes que a pessoa fala uma coisa, mas o seu semblante e sua postura dizem outra totalmente diferente;

• é preciso doar-se: dar é importante em qualquer relacionamento; mais importante ainda é dar sem querer algo em troca, porque, ao esperar algo em troca, você poderá se frustrar e ficar triste pelo fato das reações não serem iguais às suas;

• saiba perdoar: agora, se a pessoa te chatear com ou sem intenção, a única coisa que você tem a fazer é perdoar. Está escrito no Livro dos Livros, a Bíblia, em Mateus, 18:22, que se deve perdoar até setenta vezes sete se for preciso. O perdão é um estabilizador indispensável para pessoas imperfeitas como nós.
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

1 comentários :

  1. NOSSA MUITO LINDO ISSO NOS FAZ REFLETIR.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;