Sei que nasci pra ti... pra te amar
Incondicionalmente, sem curvas, sem medo
Mas então... por que não me amas também?
Tenho certeza de que minha alma te pertence
Mas e a tua???
Se vim pra te amar desse jeito, com essa força... por que não és meu
Porque tenho que amar-te sozinha
Não entendo essa minh'alma

As vezes sinto medo...
Medo de te perder por aqui também... de vez
Tenho medo que a morte venha
E te leve...
Como vou saber onde estás
Ninguém me avisará
Você é meu segredo lembra??
Tenho medo de depois não te encontrar
Se você for antes de mim
Você ainda não sabe que nascemos um para o outro
Mas eu sei...
Então, melhor que eu vá primeiro que você
Porque assim fico te esperando
Fico aguardando a tua chegada e não vou te perder
Mas se for você...
Como vai saber que tens que me esperar
Como vou te dizer
Fico aflita... não vais antes de mim
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

3 comentários :

  1. Tenho medo disso... Não quero ficar... Vou primeiro...


    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. eu entendo, pois eu stou passando pela mesma situacao, estou apaixonada por um hoemn aqui na Italia e ele tem uma namorada e eu um marido, ele nao e um Italiano lindo , mas , meu coracao quase sai pela boca eu so quero que ele me ame e fique comigo pois quando estamos juntos e como se estivesse criando um universo harmonioso em silencio e a coisa mais maravilhosa fazer amor com ele, ele e perfeiro pra mim, mas ele tem uma namorada e nao consegue ficar sem mim. um otro dia o procurei para dizer que nao dava mais, pois eu o amava muito mas ele como um menino brincalhao me disse: hoje entao as 3:00 e eu nao sabia oque fazer , virava de costas ria e xingava, abracei-o e era tudo que eu queria, amo te meu anjo, amo.
    (25/4/2009 19:00:54)

    ResponderExcluir
  3. Sereia do Marabril 27, 2009

    Paula, eu te agradeço pelo desabafo que tocou meu coração! Me encontro numa situação muito similar, e muitas vezes me perguntei se alguém nesse mundo poderia sentir oque eu estava sentindo! Uma saudade imensa que vem de dentro e continua a crescer com o tempo. Como você também me coloquei prazos que já venceram há anos, hoje chego a acreditar que não existe mais nada que eu possa fazer a não ser deixá-lo perceber isso por si mesmo. Mas te confesso que sofro com o sofrimento dele, como se fosse o meu. Sinto quando ele pensa em mim, quando sente saudade e quando me deseja. Oque ajuda são as orações e o trabalho espiritual, mas muitas vezes também fico em aflição, sem compreender ao certo nossa ligação! Estaremos na luta sempre, com Deus no coração! Pra quem acreditar, peça pela proteção e auxilio de Oxum... Amor e Paz a todos, axé
    (24/4/2009 22:04:26) - (IP: 189.55.7.145)sereia do mar (gabrielasalv@gmail.com)

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;