Todo mundo acredita no "amor à primeira vista", mas isto não é verdade.

Era um daqueles dias em que ficar em casa era um tédio e com o apartamento vazio e frio ficava ainda mais sombrio ao lembrar que lá fora o mundo fervia. Neste dia em particular, eu estava com mais dificuldades para fazer as tarefas de rotina, por causa de um pequeno dissabor.Vagava em meus pensamentos, quando resolvi sair, não importando para onde eu ia. Sempre que eu parava para fazer alguma coisa e virava para voltar, eu tropeçava numa pequena mala de mão que ela deixara lá em casa. Diversas vezes, eu tentei me divertir e esquecer o abandono, para manter-me ocupado e afastado dos meus pensamentos, vendo tv, ouvindo música, mas tudo em vão.

Então fui para o shopping tentar esquecer a noite passada.Após olhar algumas vitrines daqueles imensos corredores, resolvi procurar a praça de alimentação para comer alguma coisa.Meus olhos se fixaram num anjo azul, que desfilava em sentido contrário ao meu.

Lancei-lhe um olhar.

Mas ela simplesmente me lançou um sorriso inocente, tal a minha insistência e foi embora.Após caminhar alguns metros, parei e voltei-me lançando-lhe um segundo olhar. Pacientemente insisti em ficar ali parado esperando que ela se virasse para me olhar. E para minha surpresa, ao chegar ao fim do corredor ela voltou-se e olhou para onde eu estivera parado. Quando não me encontrando onde me vira, já ia dobrar a esquina do corredor para continuar sua caminhada. Agi rápidamente e fui para o meio do corredor, daquela forma ela poderia me encontrar.

Ela me olhou com aqueles doces olhos e disse:

- Sabe o que é? Voce se parece com um professor que eu tive na faculdade de letras...


JAS
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

1 comentários :

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;