Um dia, numa data que só eu sei, apareceu o AMOR.
Ele veio manso, suave...
Foi entrando de mansinho, no meu coraçao
Se alojou... fez morada...
Veio em forma de um olhar...
Eram dois olhos verdes, lindos
que me fitavam sem saber o estrago que fariam na minhavida.

Perdiçao... Chegou em forma de carinho...
Era tão suave...
Tinhavcheiro...vTinha sabor... Era doce...
Tinha cheiro de homem...Tinha forma... Tinha cor...Tinha nome ...
Quando fecho meus olhos, vejo e sinto o AMOR....

Que pecado eu cometi? Que erro eu pratiquei?
Que castigo os céus me impuseram?
Onde e por quê?
Me deixaram experimentar...E, de repente, não sei como encontrar...
Me sinto perdida... Partida...
Minha metade...Minha vontade... Não tem mais valia...

Só queria... Saber como encontrar você!!!!!
Você existe... Está em algum lugar...
Meu amor dos olhos verdes... Do cheiro de homem... Do gosto doce...
Que tem nome... E se chama "FABIO"!!!!!!

------------------------------------------------------------
Um dia encontrei o amor...
E do mesmo modo que o encontrei... o perdi.
Perdi para a vida!!!

E hoje ando perdida a sua procura...
sei onde se encontra, mas não possobuscá-lo.
Ando perdida... sem rumo... com uma enorme ferida na alma!!!!
Me pego várias vezes perguntado... sem obter nenhuma resposta...
Por que conheci o amor e tive de perdê-lo?

Quando partir dessa existência e puder ter outras,
tenho plena certeza de que encontrarei o FÁBIO pelos olhos...
como o encontrei nessa existência!!!! E ai, nada,
nem a vida... vai nos separar...

Colaboração : Márcia Goldshwarttz
Compartilhe no Google Plus

Sobre Editor

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;