"Puedo ser en parte ese alguien que extienda su mano cuando la necesites,
que te reconforte en los momentos de tristezas , que comparta las farras ,
y que ría contigo cuando estés alegre, que te escuche cuando precisas un oído
para contarle tus cosas y te diga vamos cuando tu ánimo no te deje levantarte"


Preciso de alguém que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.

E, ainda que não compreenda, respeite os meus sentimentos.

Preciso de alguém que venha brigar ao meu lado, sem precisar ser convocado.

Alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir,
mesmo sabendo que posso odiá-lo por isso.

Nesse mundo de céticos, preciso de alguém que creia nessa coisa misteriosa, desacreditada, quase impossível:
A vida!

Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder
o meu ouro e não for mais a sensação da festa.

Preciso de alguém que receba com gratidão o meu auxílio e a minha mão estendida.
Mesmo que isso seja muito pouco para as suas necessidades.

Preciso de alguém que também seja companheiro nas farras e pescarias,
nas guerras e alegrias e que, no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
E ria muito .

Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo,
mas posso escolher quem deve participar da minha vida.

E nessa busca, empenho a minha própria alma, pois com alguém verdadeiro,
a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela ...
Compartilhe no Google Plus

Sobre Solange Grignolli

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;