VENDO ! EMPRESTO ! DOU DE GRAÇA ...

Tenho um grande coração.

Achei-o vagando por aí.

Acolhi-o e estou a oferta.

Contudo, coitadinho, ninguém quer dele se apossar.

Dizem que dá trabalho.

Que dói sem parar.

Que nunca deixa de se apaixonar.

Que não atende aos apelos da mente.

Um vagabundo sensível.

Que se mete em confusão.

Que sente dor até pelos outros.

E então, ele está assim, sozinho.

Esperando uma donzela formosa, um cavalheiro andante.

Uma senhora prendada, um senhor solitário.

Uma criança abandonada, uma mulher eremítica.

Um ancião esquecido, um filho seco.

Bem, talvez, realmente, quem sabe...

Alguns tenham razão...

Corações trazem problemas.

De amor, de caridade, de doação, de perdão.

Com aqueles que sofrem nesse momento.

E necessitam de apoio e compreensão.

Psiu! Você aí...Não quer esse coração?

Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

4 comentários :

  1. eita, belo texto é tudo q estou passando, mas a paciencia é a alma do
    negocio....eqdo existe um amor verdaderdeiro e vc o encontra tudo fica
    melhor ainda.

    ResponderExcluir
  2. n se preocupe o q é nosso volta pra nossas mãos tenha paciença e q
    algumas almas gemeas ainda n tem a clareza a afinidade da um tempo pra
    ela ou ele descobrir sucesso!!!!

    ResponderExcluir
  3. Pois é.. E quando o coração tem tanta devoção a apenas um coração específico, capaz de atualizar em si todas as nossas idealizações sobre o que gostaríamos de compartilhar e vivenciar com alguém? Perfeito né... Mas por motivos obscuros ele se afasta de nós. Em casos extremos assim os manuais pós-relacionamento não adiantam. Nesses casos nem mesmo o tempo parece dar conta de tamanha dúvida com a própria vida, já que o tempo só faz aumentar a saudade. Leve contradição.

    Gostei do texto.

    Abs

    ResponderExcluir
  4. O QUE É DO HOMEM, O CACHORRO NÃO COME

    SUA ALMA GÊMEA TAMBÉM ESTÁ A PROCURA. UM DIA SEM QUE VOCÊ ESPERE AS DUAS SE ENCONTRARÃO E SERÃO FELIZES PARA SEMPRE

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;