"Eu amei esse blog... Busco pessoas com quem posso dividir, aprender, entender. Sempre achei que somente eu sentia isso na face da terra, mas que bom que tenho companheiros(as). Não sei se posso reconhecer o que sinto como amor, é uma coisa inexplicável. Tenho 44 anos e aos 14 conheci um primo de 2º grau, 11 anos mais velho... Tivemos um namorico, eu muito criança, paulista no auge da minha adolescencia, ele bem mais experiente e do interior. Começaram aí as diferenças... Não sabia que o amava. Ele não teve paciência, terminamos.

Foram longos anos sempre atrás desse homem que, eu notava, também gostava de mim (do seu jeito, sistemático e por vezes até arrogante). Quantas vezes fui até sua cidade somente para poder respirar o mesmo ar que ele respirava, mas na minha inconsequencia juvenil não entendia claramente que era o grande amor da minha vida. Ele se casou, teve filhos e eu jamais deixei de saber notícias suas... Pra mim bastava saber que estava bem, como acontece até hoje.Trabalha em uma empresa grande e estava sempre mudando de cidades no interior de São Paulo e eu sempre descobria o telefone, ligava, conseguia notícias, aí sim ficava tranqüila. Sabia que estava bem. Não importava mais nada.

Estranhamente jamais tive raiva da esposa e dos filhos, pelo contrário... Chego a amar a todos (é muito estranho). Sofri na verdade sem saber que sofria, achava que era orgulho ferido, gostava de saber que de alguma forma ele também pensava em mim... Gostava de acreditar nisso. Esse amor porém jamais atrapalhou minha vida, meus amores de fato. Aos 25 anos me casei, achei que finalmente o havia esquecido, pois tive uma paixão fulminante pelo meu marido. Tive filhos e ele sempre lá na memória, todos os dias (um pensamento onipresente) e isso já dura 31 anos desde o dia em que o conheci. E há mais de vinte anos que não o vejo. Continuo porém sabendo notícias dele.

Agora nos comunicamos via e-mail, as vezes ele me liga e me diz que também não entende que depois de todo este tempo ainda existe um sentimento. Na verdade, ainda sou eu a mais afoita, a que mais procura, pois penso nele todos os dias e cada dia mais intensamente. Não penso nele de forma física, sexual... Sinto com a alma. É uma coisa estranha, um sentimento que me deixa ofegante. E todos os dias procuro saber se tem um e-mail dele... e quase nunca tem. Ele é um homem arisco, reservado, de poucas palavras. Na verdade não conheço este homem. Não sei qual seu time, sua cor preferida, as músicas que gosta, o que tem passado na vida... mas ele é presença constante na minha.

Amo meu marido, amo meus filhos, ele nunca soube dessa história, alías ninguem jamais soube o quanto sempre fui atrás desse homem e ele não faz idéia do que sinto, porque eu também não sei. Há muitos anos, tive um sonho que me pareceu real como se fosse ontem. Sonhei que ele estava sentado em uma cadeira, bem velhinho, cabelos brancos e eu, jovem como quando o conheci, estava em pé, acariciando seus cabelos. Ainda hoje sinto o que senti no sonho : um amor que ocupava todo o espaço existente. Tive o mesmo sonho recentemente e o sentimento igual.

Pode ser isso um sinal de alma gêmea? Mesmo que seja só de minha parte? Eu sei que não sou indiferente na vida dele, mas não chega nem perto do que sinto. Ele diz que pensa em mim em todos esses anos, mas se ele é minha alma gêmea é uma alma mais evoluída, preparada para não cair em tentação? Eu o amava mais em outra vida??? Meu Deus como essas perguntas me atormentam. Uma coisa eu tenho certeza e não sei de onde vem essa certeza. Ainda vou encontrá-lo. Porém, sei que não nesta vida... Não penso nele com o físico, mas com a alma. Essas perguntas me enlouquecem. Alguém ja viveu isso??? Por favor me digam !!!!"

Mensagem anônima enviada ao Grupo Amor de Almas

LEIA TAMBÉM:

Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

61 comentários :

  1. amiga ´e verdade isto existe, vc n é diferente tem historias parecidissimas com a sua esta é realmente sua alma gemea, mas n desmancha lar nen debanca os filhos por isso, este amor ja é seu existe e é verdadeiro nasceram um para o outro mas estão em linhas deferentes o q acontece é q vc simplismente o reconheceu d vidas passadas, este é o amor verdadeiro mas temos regras a seguir e n podemos passar por cima do tempo eu encontrei o amor verdadeiro, mas tenho filhos marido familia como vc m mas a frase é certa e se encaixa muito bem o amor verdadeiro é doar a vida pelo seu irma q se encaixa a filhos marido netos e por ai se segue ..... ama amiga seu amor é correspondido e sua familia tb te ama... bjos no coração

    ResponderExcluir
  2. amiga ´e verdade isto existe, vc n é diferente tem historias parecidissimas com a sua esta é realmente sua alma gemea, mas n desmancha lar nen debanca os filhos por isso, este amor ja é seu existe e é verdadeiro nasceram um para o outro mas estão em linhas deferentes o q acontece é q vc simplismente o reconheceu d vidas passadas, este é o amor verdadeiro mas temos regras a seguir e n podemos passar por cima do tempo eu encontrei o amor verdadeiro, mas tenho filhos marido familia como vc m mas a frase é certa e se encaixa muito bem o amor verdadeiro é doar a vida pelo seu irma q se encaixa a filhos marido netos e por ai se segue ..... ama amiga seu amor é correspondido e sua familia tb te ama... bjos no coração

    ResponderExcluir
  3. jose.fonseca-306@clix.ptagosto 25, 2008

    Eu não sei se existem almas gémeas ou não, mas o facto é que tenho sentido tudo isso por uma pessoa que eu não vejo faz anos... Ás vezes fico preocupado se será algum problema psicológico comigo ou se existe de facto algo superior e aquela pessoa é de facto a minha "metade" ou "alma gémea". Eu atravesso um momento em que tenho posto um pouco em causa a minha fé e as minhas crenças mas a sua história é tão parecida com a minha em termos de sentimentos que me levou ás lágrimas. Tocou-me bastante.
    Sei que se voltasse a ver essa pessoa e ela fosse por exemplo casada ficaria feliz por ela apesar de a amar. Não sei se a voltarei a ver um dia mas gosto de pensar que ficaremos juntos se não nesta numa outra vida.
    Gostava de lhe dizer para não se preocupar e para viver a sua vida que o que tiver de acontecer acontecerá, pelo menos é assim que eu tento levar as coisas.
    Sei que é um sentimento estranho de amor maior do que o mundo e é difícil de entender eu próprio às vezes também não compreendo e duvido se estarei louco...mas pelo menos agora sei que há uma pessoa no mundo que sente o mesmo que eu e isso reconforta-me um pouco.Obrigado por ter partilhado a sua história.
    Miguel

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente, é incrível estar lendo sua história... eu pensava em procurar algo a me confortar agora e eu achei esse site, essa história.
    A sua história amiga, parece a minha!
    Também conheci um homem pouco mais de 10 anos mais velho, também era adolescente e ele também não teve muita paciência comigo.
    Hoje eu estou casada tenho uma filha,ele também é casado hoje, também não tenho vontade nenhuma de destruir nossos casamentos, e o que sinto por ele é espiritual. Sou feliz mas falta sempre algo, nunca mais o esqueci, também sabemos notícias um do outro sempre, e sempre busco e-mails dele...
    Aprendi que as almas gêmeas dificilmente ficam juntas na terra, cada um pode estar num estágio de evolução. O reconhecimento de alma é doloroso quando se entende que esta vida não foi feita para os dois devido as diferenças e diferentes estágios.
    Eu penso sempre nele, triste ou feliz, e ele também pensa em mim, mas não podemos passar disso. E já entendemos.

    ResponderExcluir
  5. É intrigante,confuso, e como diz "giz" de Renato Russo..."és parte ainda do que me faz forte, pra ser honesto só um pouquinho infeliz, mas tudo bem..."

    ResponderExcluir
  6. Amiga quando lí essa tua história, pude sentir nas tuas palavras o teu próprio sentimento, fiquei muito comovida. Chega a contagiar tamanha é a sinceridade com que fala desse amor só seu.
    Que homem privilegiado este´que tem um amor tão grande assim e nem tem que se preocupar em retribuir. Mas é justo isto???
    Boa sorte e parabéns por se expressar tão bem !!!!!

    ResponderExcluir
  7. Amiga,
    Almas gêmeas propriamente dita,não existe!A doutrina espírita esclarece sobre esta questão com muita propriedade.
    O que existe de fato são almas afins entendeu?
    Almas parecidas com a gente,pensam como nós,os gostos,as afinidades,as aptidões,a maneira de sentir e ver a vida diz muito haver conosco.É aquela pessoa que adoramos estar perto,conversar,trocar,etc...
    No seu caso,pelo o seu sonho,acredito tratar-se da reencarnação de um pai por exemplo,ou então de um amor do passado.
    Nesta encarnação voces não vieram para ficarem juntos,mas se reconhecem,até porque o espírito não precisa falar,se comunica pelo ar,pelo pensamento,entendeu?
    Agora voce fantasiou muito esta experiência ,faltou uma boa dose de realismo e vontade de sair deste marasmo.Eu diria até que voce adorou este alimento por tanto tempo, por falta de objetivos maiores na sua vida.
    Nesta encarnação voce não o esquece porque não quer.Só!
    abs!

    ResponderExcluir
  8. bem...ñ sei se existe se ñ...mas eu vivi um grande amor e ainda hoje penso nele, sinto necessidade de saber como ele está...

    Eu pessoalmente não tenho jeito nenhum com as palavras, mas criei um blog, é mais um diário, onde vou colocando os meus sentimentos mais profundos para que não me atormentem tanto durante o dia.

    visita-me, conhecerás a história:

    http://tatuadonomeucoracao.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  9. Em resposta a voce Audrey que gentilmente tentou me explicar o significado de "almas gemeas", te digo que agradeço atenção mas ja sabia. Na verdade não me expressei bem qdo escrevi almas gemeas na verdade deveria realmente ter usado a expressão almas afins, pois acredito ser mais condizente com a minha história, pois como vê nada temos de parecido, apenas nos encontramos.
    Agora qto a fantasia te digo que se me conhecesse saberia que sou extremamente racional...até demais diria, porém tenho uma história que não entendo e pelo que me parece outras pessoas também tem histórias parecidas com a minha...se voce não tem, sorte sua. Sou MUITO FELIZ, muito amada e com humor tão maravilhoso que me faz perguntar a voce o que faz em um site como esse já que acha que histórias como a minha são fantasiosas. Quando decidi compartilhar tinha certeza de que encontraria pessoas generosas e sensíveis como realmente encontrei. Seja como for,se estou fantasiando ou não...te digo que tenho outros alimentos para minha alma. Apenas sinto e com sinceridade. Não existe absurdo algum nisso...
    Fique com Deus

    ResponderExcluir
  10. AMIGA QUERIDA,
    FANTASIAR É COMUM A TODOS NÓS,SERES VIVENTES E IMATUROS!FAZ PARTE DO PROCESSO EVOLUTIVO E UM DIA A GENTE CHEGA LÁ!
    NÃO ACHEI A SUA HISTÓRIA FANTASIOSA E SIM ACREDITO QUE VC É QUE DEU IBOPE EXAGERADO,ENTENDEU?
    A VIDA AMIGA, É MUITO DURA E PRECISAMOS DESTAS VÁLVULAS DE ESCAPE PARA CONTINUAR A NOSSA CAMINHADA...
    SE EU TENHO UMA HISTÓRIA? SIM E QUEM NAÕ TEM?
    HÁ 20 ANOS ATRÁS AJUDEI UM MENDIGO PRÓXIMA A MINHA CASA E FIZ TUDO QUE FOI POSSÍVEL PARA REABILITÁ-LO E ENTRE TAPAS E ESTÍMULOS, CONSEGUI COM O MAIOR ORGULHO EM LHE DIZER,FIZ DO JONAS UM HOMEM DE
    BEM!
    DESDE O DIA EM QUE O CONHECI SENTI NA ALMA UM ESTRANHO SENTIMENTO, PIEDADE TALVEZ E UM DESEJO ENORME DE FAZE-LO FELIZ!
    AMIGA ELE ERA HORRÍVEL...APARÊNCIA MALTRATADA...DESDENTADO...UNHAS DE GAVIÃO...UM CHEIRO FORTE,ENJOADO...MAS VC VÊ,A ALMA DAQUELA CRIATURA TINHA MUITOS MISTÉRIOS E EU OBSERVAVA O TEMPO TODO!
    COM A AJUDA DO MEU AMOR,QUE PARTIU PARA O MAIS ALTO HÁ OITO MESES,FIZEMOS O POSSÍVEL E O IMPOSSÍVEL PARA AJUSTAR O JONAS.
    AMIGA,ESTA HISTÓRIA É MUITO GRANDE,MAS POSSO LHE DIZER QUE UNS 15 ANOS DEPOIS DE CONVÍVIO TURBULENTO RECEBI UMA MENSAGEM DE UM CENTRO CONFIÁVEL QUE ME DIZIA QUE O JONAS FOI UM FILHO MEU,JOGADO NA SARGETA POR MIM, E QUE DEUS O HAVIA ENCAMINHADO, PARA QUE EU TIVESSE A OPORTUNIDADE DA CONTINUIDADE DO MEU DEVER TÃO EM BAIXA COM ELE...
    AÍ ENTENDI TUDO...AQUELES OLHOS...O APELO DO SEU OLHAR EU CAPTAVA,ETC...
    FALECEU HÁ 3 ANOS E DEIXOU MUITAS SAUDADES!DEUS É PAI DE AMOR E AS OPORTUNIDADES ESTÃO AS NOSSAS VOLTAS SEMPRE!
    AMIGA,O SEU AMOR IMPOSSÍVEL,TEM UM FUNDAMENTO, UMA HISTÓRIA E UM DIA VC VAI ENTENDER TUDO!
    OUTRA COISA,O QUE ME LEVA A LER UM SITE COMO ESTE?FIZ UM TRABALHO SOBRE ALMAS GÊMEAS,E QUIS VER A ABORDAGEM DO MESMO,ENTENDEU?
    UM BEIJO PARA VC E FICA COM DEUS!
    --ICLEIAVIDAL@HOTMAIL.COM---

    ResponderExcluir
  11. Q LINDA SUA HISTÓRIA!!
    EU PARTICULARMENTE ACREDITO SIM EM ALMA GEMEA. ESTOU CASADA 10 MESES- (AMANHÃ COMPLEAREMOS). E CONHECI A HISTÓRIA DE AMOR DE ALMA, ATRAVÉS DELE, NO QUAL FOI MEU PROFESSOR, E DIVEMOS GRANDES OBSTACULOS PARA ESTARMOS JUNTOS, POIS SOMOS TOTALMENTE DIFERENTE- OPOSTOS MSM!!!
    ELE É DE FAMILIA TRADICIONAL DE MINHA CIDADE, EU FILHA DE PESSOAS HUMILDES E NEGRAS JÁ VIU NÉ PRECONCEITO TOTAL, Ñ SÓ DE SUA FAMÍLIA MAIS DE TD A CIDADE!!!
    LUTAMOS ATÉ CONSEGUIRMOS FIKAR JUNTOS E ELE NO 3º DIA QUE NOS BEIJAMOS ME DISSE EU TE AMO, E SENTI QUE ERA DIFERENTE. SENDO QUE NO MSM MÊS ME DISSE Q EU ERA SUA ALMA GÊMEA, E ACREDITO SIM. E SE SOU OU NÃO DESDE O DIA QUE FIKAMOS PELA PRIMEIRA VEZ PASSEI A SER, POIS O AMO CM NUNK AMEI ALGUÉM É PURO, É ALGO INESPLICAVEL. E TORÇO P VC POSSA UM DIA SE COMPLETAR C SUA ALMA GEMEA, POIS UM DIA SE ENTRARAM E NESTE DIA TD SERÁ MÁGICO CM EM SEU SONHO!!!

    SUCESSOO

    ANA KARLA- karlamaqui@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Amiga quer me add no msn p conversarmos sobre o assunto? minha história é como a sua e sinto falta de compartilhar com alguém como vc deve sentir tb bjs!

    sentindoaessencia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. É muito bom encontrar pessoas que podemos partilhar nossas experiências e sentimentos..., ainda mais quando estas sensações são únicas e raras, e por isso mesmo nos fazem sentir como "loucos" frente a grande maioria das pessoas "normais e racionais" que não vivem como se Deus não nos presenteasse com milagres diários em nossas vidas.
    Na época que vivi esta minha história eu estava me sentindo muito insegura em relação a minha imagem, com a auto –estima baixa. Tive medo do sentimento que veio ao meu encontro quando nos olhávamos. Na época achei que era melhor fugir, e "cobri" este sentimento achando que estava sendo muito "esotérica e sentimental". Na época não acreditava em Almas Gêmeas, ou Afins ou qualquer outro nome que queiram dar. Até apareceram livros para eu ler sobre este assunto, mas era um assunto que não me prendia a atenção, até por achar impossível.
    A verdade é somos como Maomé nestas horas: só acreditamos quando acontece conosco. E razão, religião e ciência nenhuma explica como é viver este sentimento. Já adianto que não como a paixão, pois o sentimento carnal de desejo não existe, não há excitação sexual. Há energia forte e aconchegante no olhos!
    Conheci este rapaz quando eu estava na faculdade há 14 anos. Desde a primeira vez que nos olhamos foi muito intenso, eu senti a certeza de que ele era muito especial. Depois que terminamos a faculdade, pensei: "Devo ter errado, dever ter sido só um amor platônico", pois na época ele tinha namorada e nem conversamos (!?). Eu sempre fui racional e ficava pensando: "Como poderia existir sentimentos entre duas pessoas que só se olham??? Loucura! Achei que estava carente, e precisando de objetivos na minha vida. “Esqueci” dele...
    Toquei minha vida.... Depois de 04 anos sem vê-lo, eu estava noiva e trabalhava numa grande empresa. Eu tinha ficado noiva, mas estava com dúvidas se deveria me casar. Naquele dia marquei para atender um consultor, quando cheguei na sala o consultor virou de frente para me cumprimentar: - era ele!!!
    Voltou todo o sentimento que eu achava que tinha esquecido. E ele me olhou com um sorriso lindo nos olhos, vi felicidade e carinho no olhar dele. Como tinha outra pessoa conosco não deu para conversarmos. E ficou por isso mesmo...toquei minha vida... Dois anos depois estava casada e chateada com meu marido,e tive que pagar uma conta num banco e fui meio de contragosto, quando olhei para a fila: lá estava ele de novo me observando! O mesmo olhar intenso e carinhoso se sempre, e eu fiquei paralisada! E ele não tirava os olhos de mim, fiquei sem saber que atitude tomar, e fui embora - pode???
    Em fevereiro deste ano sonhei com ele de novo! Digo de novo, pois foi um sonho repetido, tive este mesmo sonho na época que conheci ele na faculdade. Não passaram duas semanas depois, uma amiga que eu não via há pelo menos 12 anos e que não conhecia ele, me mandou um e-mail falando que encontrou com ele. E detalhe: ele, mesmo sem conhecê-la, se abriu com ela e disse que se lembra de mim, e que nós tinhamos uma paixão platônica um pelo outro na faculdade! Ela disse que eu era apaixonada por ele (sem pedir minha autorização–rsrs). Ela me disse que ele ficou super feliz. Minha amiga disse que ficou claro que eu marquei a vida dele sem ao menos termos nos tocado até hoje!!!
    Quando li o e-mail dela me descrevendo esta situação, eu fiquei muito surpresa com tudo aquilo. Eu não acreditava! Na época da faculdade eu me sentia meio boba por estar sentindo aquele sentimento por ele sozinha. Hoje, depois de 14 anos, ele e u sabemos que não estamos sozinhos. E lembrei dos momentos que nos reencontramos, e eram sempre momentos em que eu estava me sentindo muito sozinha. Hoje percebe que a cada reencontro ou lembrança dele ( as vezes ele surge do nada na minha mente) me faz sentir uma energia forte e revitalizadora. Me sinto muito feliz na hora! Eu entendo nossa amiga que diz que AMA a familia dele. Soube por esta amiga que ele está casado e tem filhos, eu também sinto isso Amor por todos eles, assim como estou casada também e amo meu marido. Não quero destruir nada, e nem fazer ninguém infeliz. Mas sei que ficaremos para sempre nos reencontrando e sentindo este sentimento recíproco e maravilhoso!

    ResponderExcluir
  14. Bom, amiga
    Sei exatamente o que vc vive, porque passei por uma situacao, digamos assim, que lembra a sua, so que a estoria nao e a mesma. Foi uma grande paixao na minha vida, passamos 2 anos juntos e no final quando acabou fui embora do Brasil. Todos os dias eu pensava nele, conseguia ate mesmo sentir o perfume, as lembrancas eram muito vivas na minha memoria. O tempo passou me casei tive filhos. Eu amava o meu marido.Todos os Natais eu escrevia para ele um lindo cartao mas, nunca consegui coloca-los nos correios. Eu telefonava para a casa da mae dele para saber noticias tipo, se ele havia casado ou mesmo para saber se ele estava bem, mas sem ele imaginar que eu pudesse fazer isso. Se passaram 10 anos e, nesses 10 anos ele estava intacto na minha memoria. Eu dizia, meu Deus!!!! Isso nao e normal. Mas a saudade que eu sentia era mas forte que tudo. Meu casamento acabou por outras razoes que nao tem nada haver com isso. Eu morava na Europa e, consegui o e-mail dele. Comecamos via e-mail, depois por telefone. Ate que fui ao Rio de ferias e, a primeira coisa que fiz foi sair com ele para jantar, eu queria morrer.... De tanta decpcao, tudo nele nao me agradava, a conversa foi horrivel, nao via a hora daquilo terminar, eu queria correr, mas fui educada ate o fim. Conclusao: Nao acredito que tenha sido ele minha alma gemea e sim uma necessidade muito minha de alimentar essa ilusao. Por algum motivo mental e nao espiritual. Lei sempre muitos artigos ou livros que falam esse assunto, Dulce Regina escreveu alguns livros a respeito, vc encontra no google, mas posso dizer de cadeira que uma boa terapia te ajudaria muito a resolver isso na sua cabeca. O importante e vc viver bem nessa vida, nao temos a certeza das vidas passadas e sim do presente. O que vc vive nao e saudavel. Dou forca para vc chegar bem perto dele como eu fiz, olhar nos olhos, quem sabe assim vc tenha a mesma vontade de sair correndo como eu ou entao quem sabe???? Sei que com isso aprendi a nao perder tempo com coisas que nao sao reais. Chego a pensar,,, nossa!!!! Quanto tempo perdido.
    Que Deus ilumine vc....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, no meu caso o reencontro foi maravilhoso depois de 12 anos já casados e felizes só fui até um beijo roubado e fugir dele porque não conseguia trair meu marido , hoje percebo que nos dois somos como o sol e a lua e não podemos ficar juntos , traição não evolui a alma , sofro todos os dias por não viver esse amor ,

      Excluir
  15. Alma gêmea só de um lado?
    Rsrsrsrsrs... Isso não dá, o próprio nome diz: almas gêmeas, tem que ter duas.
    Almas afins...Grandes amigos.. é amor sim.

    ResponderExcluir
  16. Eu acho que encontrei minha alma gêmea também e o engraçado é q ele também acha q é minha alma gêmea...Há 2 anos atrás me mudei pra outra cidade para trabalhar e no trabalho conheci esse rapaz, foi uma coisa mágica, pois desde o primeiro dia nos tornamos amigos inseparáveis, como se nos conhecêssemos há séculos... Gostavámos das mesmas coisas, tínhamos os mesmos interesses, conversávamos por horas a fio, todos no trabalho percebiam nossa ligação menos NÓS... Ele era noivo há 7 anos e eu solteira mas alguns meses foram se passando e, tentávamos esconder um do outro, o sentimento q estava nascendo. Andávamos tanto tempo juntos q a então noiva percebeu q nos gostávamos e engravidou. Ele, então, achando que a coisa certa seria assumir sua responsabilidade CASOU-SE... Pouco tempo antes do casamento, confessamos nossos sentimentos, porém era tarde... Nos amamos até hoje... E sabemos q somos a ALMA GÊMEA um do outro, só não poderemos viver esse amor...Então, pedi transferência e me mudei daquela cidade, pra tentar esquecê-lo, mas nenhum de nós consegue esquecer um ao outro... PREDESTINADOS? Só o tempo dirá...ABÇ

    ResponderExcluir
  17. Olá! SOu de Recife e sÓ tenhO 17 anOs... EstOu lendO um livrO agOra e tenho certeza que vai te ajudar muitO,o nome do livro é VENCENDO O PASSADO de Zibia GasparettO. LendO esse livrO vc vai entender o pq desse sonhO que vc teve com esse homem. Com certeza esse homem foi de vidas passadas. EsperO que te ajude. Bjos Michelle Costa

    ResponderExcluir
  18. sei ñ,eu tambem tenho uma alma gemia,mais ele ñ quer saber de mim.tudo que faço é pensando nele meu deus ate qundo isso? eu ñ posso amar outra pessõa,o engraçado é que eu tenho certeza que um dia ele vai voltar pra mim.tenho certeza e nesse dia direi a vc amiga.e vc ainda ha esperaça mesmo vc sendo casada deus vai mudar teu quadro,se vc o ama de verdade deus vai te dar ele de volta .

    ResponderExcluir
  19. Minha cara amiga sei muito bem o que passa, a um ano mais ou menos comecei a trabalhar em um lugar, la conheci uma mulher 6 anos mais velha, no começo não a identifiquei como alma gêmea, mas com o passar dos dias foi sendo revelado em meu coração, mas fiquei na minha pois sou casado a 20 anos e sempre fui fiel a minha esposa, e sempre achei que a amava, após uns dois meses de serviço um belo dia ela revelou que sentia algo muito intenso por mim já se revelando que era minha alma gêmea, ela também é casada a quase 30 anos,com filhos; Tentamos viver esse amor, mas chegamos a conclusão de que almas gêmeas não podem ficar juntas nesta terra, pois nosso corpo não esta preparado fisiologicamente para suportar tanta amor e tanta emoção,assim resolvemos continuar nossa caminhada nesta terra, esse amor tem que ficar adormecido ate chegarmos no nosso verdadeiro lar que é o plano espiritual, mas fique muito feliz se conheceu sua alma gêmea nesta terra pois poucos os que são presenteados por Deus a ter essa experiência, nunca a perca de vista pois é muito bom e importante para o nosso crescimento estar próximo a ela e só sabe e entende essa experiência quem já à teve. Então não ligue para criticas de quem nunca a viveu.

    ResponderExcluir
  20. O blog é ótimo!
    Também estou apaixonada por um homem que desejo profundamente que seja minha alma gêmea . Ele é 21 anos mais velho que eu, mas mesmo assim o amo muito. O pior é que agora ele viajou e se quer tenho notícias dele. Só espero que algum dia eu possa amá-lo livremente, mas aqui na terra.Algumas pessoas me criticariam se soubessem desse amor, mas eu tambem não ligaria, eu o amo e infrentaria qualquer coisa por esse amor, mesmo que contrarie família e amigos.
    O que vocês a cham devo continuar buscando por esse amor?

    ResponderExcluir
  21. Sei bem o que sente...
    Sinto hoje como se fizesse parte do filme "Em algum lugar do passado". Sinto como se fosse a própria protagonista da história .Se pudesse chamaria sua atençao para mim, dizendo :Hei olha pra mim, sou eu ... lembra?? Não me reconhece??? Por favorvolte pra mim !! Nos pertencemos eternamente lembra??
    Mas infelizmente minha vida não é um filme e não posso fazer isso, pois certamente seria chamada de louca.
    Mas sisnto hoje uma necessidade enorme de ser reconhecida por uma pessoa que há anos povoa minha mente, meu coração.
    Não posso dizer que é amor, pois acho que não, mas sim uma necessidade sempre urgente e constante de sua alma. Nos encontramos um dia, tivemos um leve flerte que ficou pra sempre marcado em mim. Não os momentos em sí, não: desse sequer me lembro, minha memória não os alcança, mas essa pessoa jamais esqueci. Uma vida, uma eternidade, mas uma presença de ontem.
    Também não consigo entender o por que, o que há de verdade?? Capricho do meu coração?? Orgulho por ter sido rejeitada talvez?? Não creio, pois sempre fui muito bem resolvida e tive grandese reais amores que simplesmente acabaram. Já curti fossa, amei muito e sinceramente e acabeui muito feliz obrigada. Tenho um relacionamento estável há 15 anos, mas essa lembrança não me abandona.
    As vezes acho que sou louca, outras me convenço do mistério de almas gemeas que tanto li nesse blog.
    Ele tambem de uma maneira estranha me diz que um dia nos encontraremos e que devo esperar, pois no final tudo ficara bem. Diz isso em algumas mensagens que me manda onde nada tem a ver com nosso assunto. É como se falasse aleatóriamente ao vento, sei lá.
    Ele também tem uma vida já pronta e em uma dessas mensagens disse que me quer muito mas o tempo e as consequencias para que nao nos encontremos são muito fortes, mas acredita sim que ainda nos veremos.
    Só que ele não cre nessas coisas como eu creio, até pelo fato de que entendo que são raros os homens que dão atenção a estes assuntos. Eles são mais spráticos que nós. Mas isso de certa forma me deixa encucada ainda mais, até porque jamais toquei no assunto com ele. Ele apenas sabe que não esqueci dele e também sei que nunca me esqueceu, até pelo tempo que não nos vemos e continuamos de alguma forma nos comunicando sempre que possível, ou talvez quando a saudade dói um pouco mais.
    Não sinto necessidade de ve-lo, digo de sua aparencia fisica que sequer sei conmo está, mas uma estranha necessidade de sua alma, do seu aconchego, que seque sei se teria. Muito estranho...
    Sinto como se fisessemos parte de um passado que não conheço, que não lembro, mas é t~çao reconfortante pensar em um abraço que chego mesmo a senti-lo.
    Por vezes sonho com isso e na maioria das vezes penso acordada mesmo em como seria bom estar junto dessa alma, abraçadas e felizes. Mas como se não sei o que é isso?? Como se não é amor ???
    Existem dias como hoje que sinto uma dor que não identifico direito onde é, mas penso que é na própria alma e aí preciso ler sobre o assunto e uma nostalgia interna toma conta de mim.
    Nesses dias preciso mais, sinto mesmo minha alma ferida.
    Sei que ele não me esquece e sempre pede para que eu não o esqueça, pois ele tambem não me esquecerá.
    Sinto isso...não sei o que...não sei como, mas faz parte de mim.
    Será que o reconheci de algum lugar ??? Será que ele ainda que no seu subconciente tambem??
    Só sei que por vezes dói muito, mas é uma dor só minha.

    ResponderExcluir
  22. Olá, estaa procurando sobre o assunto no Google e achei esta história e outras em comentários lindas. Eu não acreditava nisso, era atéia, completamete cética. Eu me relacionava com um rapaz 7 anos mais velho que eu e sabia que ele ra uma ótima pessoa, mas não ficaríamos juntos. Esse rapaz tinha um amigo, que sempre va em fotos, e ele me parecia tão íntimo, msmo sem nunca termos nos visto. Quando separei deste rapaz 7 anos mais velho, fiquei triste porque apesar de tudo havia nutrdo um carinho muito grande, tanto que até hoje mos amigos. Passados alguns dias conheci o amigo dele ( o cara das fotos) e foi estranho, nos olhávamos, desviamos o olhar, fomos apresentados, mas não convesávamos, e em mim havia uma nítida certeza de que algo nele encatava de forma assustadora. Um mês depois nos encontramos e trocamos e-mail. Conversávamos e era como se já nos conhecessemos há anos. Um dia saimos, ficamos juntos, e para ambos a certeza do amor era constante, mas forças opostas nos separaram. Combinamos em tudo,nos falamos diariamente, temos certeza que nos amamos, mas não conseguimos ficar juntos. Me dói um pouco saber que um amor tão forte não consiga prosseguir. Eu não tenho dúvidas que ele é a minha alma gêmea e ele apesar de ser cético quanto a isso, não tem dúvidas que eu seja a mulher da vida dele. Sim, existem almas gêmeas, e a gente sabe que encontra a nossa, por menos cretes que sejamos em relação a isso. Tenha fé. Eu não tenho dúvidas do nosso encontro em algum lugar do futuro. Mas a saudade,essa machuca, machuca um monte. O amor existe, e nunca duvide dos seus sentimentos, mesmo que o mundo nos olhe e diga que somos loucas.

    ResponderExcluir
  23. Olha minha história é um pouco diferente mais preciso muito falar sobre ela.
    Conheci um cara q no inicio ñ me agradava em nada, mas com o passar do tempo foi surgindo em mim um amor forte, puro q nem eu sei definir o tamanho, a força q ele tem.
    Eu sinto que ele sente o mesmo por mim, mas nunca falou, mas seu olhar, seus gestos me dizem q ele também sente o mesmo...
    Quando estou longe dele,consigo sentir a sua presença. E um dia desses liguei pra ele e descobri que costumamos fazer algumas coisas no mes,o horário como por exemplo almoçar.(RSRSRS)! Gente na boa as vezes acho que estou ficando louca...
    Não consugo ficar com ninguém e ele também está sozinho. Não sei mais o que faço...
    é um amor que consegue entender e enfrentar todos os obstáculos...

    ResponderExcluir
  24. Meu DEUS!sua história me lembra mto a minha.
    No momento nao estou em condições de falar em detalhes,pois me encontro mto emocionada.
    Com 11 anos,na porta da casa da minha amiga,seu visinho jogou uma manga pra ela e mandou ela me dar uma tb,eu nao consegui concentrar na manga,eu estava reconhecendo ele de algum lugar.qdo eu tinha 14 anos,em uma festa esse mesmo rapaz veio e me beijou do nada.Bobeira,coisa de adolescente,mas aquele era meu primeiro beijo.Um ano após,por motivos q realmente nao sei,esse rapaz se aproximou de mim atraves de minha prima q estudava no mesmo colegio e começamos a namorar.
    Minha familia nao aceitava pq eu so tinha 15 anos,mas incrivelmente eu lutei com todas minhas forças ate q eles aceitaram.Namoramos 1 mes,pq ele tinha q ir pra Inglaterra.Sofremos mto nessa distancia,ele sempre me chamava pra ir morar com ele,mas eu tinha mto medo de deixar minha familia,ate q ele desistiu.Mas virava e mexia ele me ligava.Eu pensava nele todos os dias.Sentia seu perfume do nada,eu tinha flash do q ele estava fazendo la e esses flash eram reais.Mas o tempo passou e ele arrumou outra e eu outro.Ele engravidou essa outra e veio ter a filha aqui,me procurou,eu tinha namorado mas mesmo assim fiquei com ele e me arrependi,mandei ele ir embora.O tempo passou,ele voltou pra Inglaterra e em um carnaval aconteceu q eu tive q ir com minha familia para o interior e qdo chego la quem estava la?ele mesmo!foram os dias mais lindos da minha vida,o carnaval acabou eu tive q voltar e fiquei sabendo pelos meus tios q ele estava no lago chorando mto por mim.Mas ele voltou pra inglaterra sem eu nem saber.Ficou um bom tempo,voltou para o brasil, mas só me visitou depois de 9 meses q tava aqui e ele ja estava comprometido com outra
    Eu tinha mta vontade e conhecer a filha dele, a mae da filha dele q O tempo passou e qdo encontrei elas no orkut, eu acabei confessando tudo para ela q qdo ela estava de pos parto aqui ele estava comigo e tal.Conclusao:Ele passou a me odiar por isso, a mae dele q me amava tb.
    Tentei contato por email, pedi perdao, expliquei q isso era devido as alterações emocionais da minha gravidez,pois eu ja me encontrava casada e grávida,mas nada adiantou.
    Ele me odeia e eu lamento mto isso.Eu o amo de uma maneira nao fisica.Eu amo meu esposo, meu filho,inclusive estou grávida de novo,nunca pensei em separar, mas saber q eu o magoei me doi demais.toda essa historia tem 10 anos ao total.
    Será q ele é minha alma gemea?

    ResponderExcluir
  25. Assustei com a história de todos vcs. Tantas coisas comuns.
    Tenho 23 anos e conheço um rapaz há 8. Quando o vi pela primeira vez, senti uma coisa diferente. Achei que era pq eu era novinha e ele bem bonito (detalhe que só eu o acho bonito, interessante). O estranho que o tipo físico dele é o que mais me atrai. Carinha de neném, etc. Coincidencia? Ele se sentou no computador ao meu lado e conversamos. Ele demonstrou claramente interesse por mim. Mas chegou uma amiga e acabei tendo que ir embora. Nao me esqueço do toque dele na minha mão e no meu rosto.
    2 anos se passaram e nos reencontramos nessa mesma faculdade. Só conversávamos coisas de faculdade. Quando estava prestes a me formar reparei que ele estava me dando uma atenção que nao tinha reparado até então. Resolvi dar uma ajudinha. Chamei ele pra sair com uns amigos, mas ele nao pôde ir. Mas me chamou para sair no outro dia só nós 2! Não acreditei. Eu achava que nunca teria chance alguma com ele. Estranhamente eu sempre achei isso impossível de acontecer. O estranho é que eu só explodi de alegria no dia que marcamos. Parecia tao natural nós dois juntos, como se ja tivesse escrito ou acontecido.
    Tenho uma boa auto-estima, mas sempre o achei inacessível. Ficamos juntos por 2 meses. Como já disseram, eu nao sentia necessidade de ter nada carnal com ele. E isso realmente nao aconteceu.
    Me mudei de cidade por causa da empresa e o contato ficou difícil, só por internet e telefone. Ele se parece muito com os amores de vcs. É sério, na dele, as vezes o acho antisocial, bipolar, velho, irritante, chato, velho ranzinza, infeliz. E eu sou totalmente alegre, uma criançona, que adora viver e falar e sempre ser feliz, não ligo de expor meus sentimentos e nem me expor ao ridículo, se necessário. Gosto de fazer os outros rirem, sem medo de ser feliz. Imagina o que é lidar com uma pessoa que tem um gênio contrário ao seu. Sempre morria de medo de levar uma "patada" dele. E um dia pelo msn isso aconteceu. Ele disse que nao sabia conversar com muita gente ao mesmo tempo. Voltei até a cidade dele e liguei avisando, como combinado que estava lá. Ele nao quis me ver alegando que tinha que estudar. Como ele é estranho, não assustei com isso.
    Segui minha vida. Conheci uma pessoa maravilhosa. Namoramos há um ano e o amo tanto que não me imagino longe dele. Somos almas afins. Muito parecidos em quase tudo. Mas o outro sempre ficou na minha memoria. Ha uns 3 meses ele reapareceu na internet. Nesse meio tempo conversamos umas duas vezes, mas nao senti nada demais. Até o ajudei a decidir sobre se mudar da nossa cidade natal por causa do trabalho. Dessa vez, surgiu um sentimento de ambas as partes que mexeu muito comigo e tenho certeza de que com ele tb. Passamos a nos falar sempre. Ele quase nunca entrava na internet, e passou a entrar frequentemente. Relutei muito, mas optamos por nos encontrar. Nunca traí e acho isso terrível, mas eu estava enlouquecendo e pensei que talvez o encontrando conseguiria rearrumar minha mente.
    E por ele tb namorar há 5 meses, achei que seria só uma conversa. Ele diz nao amar a namorada, mas precisa dela porque mora só, como ela, e ela cuida dele (ele sofre de depressao e eu estou finalizando um tratamento desse mesmo mal).

    ResponderExcluir
  26. ... continua
    Infelizmente, nao resistimos e tive a melhor noite da minha vida. Nessa noite, as qualidades dele sobressaíram... a chatice dele parecia ter sumido. Parecia que éramos uma só pessoa. Mas ele sumiu, acho que propositalmente pq sabe que o que eu sinto por ele é mais forte do que o que ele sente por mim. Ele confessou que sente falta de se apaixonar. Eu tenho certeza de que ele é minha alma gemea, e me sinto feliz por saber que ele está bem e de que o encontrei. Nesses últimos meses, sinceramente, se ele partisse dessa vida a minha alma se acalmaria. Ou não? Quem me dera saber.
    Foi com esse pensamento que pensei em afasta-lo de vez da minha vida. Pretendo me casar e acho que temos tudo para sermos felizes.
    Mas acho que essa história mexeu tanto comigo, que alterou todos os meus hormonios. Mesmo evitando, morri de medo de estar grávida. Nao me imagino casada com a minha alma gemea. Sinto que seria extremamente feliz, mas ao mesmo tempo sofreria muito pelo jeito dele difícil de ser. E vi que se isso acontecesse seria obra do destino, mas me senti muito mal. Teria que contar a verdade para meu namorado e acabar com todos os planos.
    Mandei um email para a alma gemea, perguntando se isso acontecesse o que ele faria. Sei que foi ridículo ter mandado, mas sabia que a resposta dele me faria esquece-lo. Embora com medo, jamais queria que isso acontecesse. Quero ter filhos, mas com um companheiro que queira tb. Hoje ele me ligou extremamente bravo e eu falei pra nao se preocupar que nessa semana vi que nao tinha acontecido nada . Ele disse que sou sem noção... enfim. Eu nao entendi pq a resposta do email dele parecia ter entendido como uma brincadeira. E no telefone ele estava extremamente sem paciência comigo. Aí senti uma tristeza e vim até o blog por acaso. Tive vontade de chorar, de rezar, e ao mesmo tempo parece que tudo ficou cinza.
    Senti uma coisa boa ao ler os comentários de vcs que me ajudou a melhorar um pouco. Desabafar aqui tb ajuda.
    Sei que ele é minha alma gemea. Ele nao acredita nessas coisas. Para os homens, em sua maioria, tudo nao passa de atracao física. Mas sinceramente, acho que ele ainda precisa de muitas vidas para melhorar. Nao que eu seja melhor que ele, mas ele é dificil de lidar com todas as pessoas que o conhece. Ja me falaram que o acham até doido. E nem assim, eu nao me esqueço dessa criatura. Ele não se sente feliz e precisa de alguém pra ser. Isso para mim é um absurdo. A felicidade está em nossas mãos.
    Bom, eu consegui o que queria. Pelo menos ele com raiva, é certo que ficaremos um bom tempo sem nos falar. Se um dia eu o reencontrar, muita coisa vai ter acontecido...e até la talvez consigamos pelo menos manter uma boa amizade... E o pior é que eu tenho certeza de que ainda vou o encontrar. Sei que vou estar muito bem, como agora, antes dele reaparecer e sei que esse sentimento não vai se modificar. Mas me conformei com o depoimento de vcs. Sei que nessa vida eu vim para ser feliz com outra pessoa. Espero que ele encontre Tb o seu próprio caminho.
    Felicidades a todos!

    ResponderExcluir
  27. PARTE 2 - Em setembro de 2009, reativei o orkut do meu fake, pois a meu entender, não haveria nada a perder. Eu e Daniel* já havíamos tentado voltar a conversar, mas todas as vezes nos machucávamos e acabávamos nos distanciando novamente. Ao ver movimentos no orkut, Daniel* me readicionou no msn, solicitando uma conversa. E aconteceu o inevitável: menti de novo. Disse a ele que o Marcelo* tinha estado doente e me pedido para criar aquela história; que ele existia e que havíamos sofrido junto. A única verdade nisso tudo sempre fora o amor que sinto por ele. Dani* pediu uma conversa com Celo* e eu voltei a manter contato com ele – através de meu fake.
    Em pouco tempo, eles se afinaram de novo, ainda que com diferenças. E cada conversa era uma coisa de “te amo, sem você não vivo” cada vez mais intensa. Isso me causava muita confusão, pois eu o amava (amo) de todo meu coração, mas nunca sabia se o amor dele era pela Stella* ou pelo Marcelo*. Ou pelos dois, como ele sempre dizia.
    Em fevereiro desse ano, “brigamos”, e ficamos um tempo sem falar. Mais uma vez, um caminho de pedras para ambos os lados. Tomei a iniciativa de voltar a falar com ele como eu mesma, sem disfarces, mas não suportava a indiferença... Por fim, há alguns dias atrás, tivemos uma conversa muito séria onde, ele confessou algo que, embora eu não tenha preconceitos, abalou minhas estruturas: ele é bissexual.
    Estou totalmente desnorteada... Será que tudo o que vivemos foi ilusão? Ele se diz apaixonado por um garoto, sofrendo muito. Mas, então, por que tudo foi tão intenso? Eu tive inclusive um sonho, há um ano atrás, que senti ser uma lembrança de outra vida, onde estávamos juntos, com empecilhos semelhantes aos desta encarnação, porém na França do sec XVIII.
    Não sei o que pensar... Minha mente diz que eu me enganei, que plantei e colhi mentiras; mas meu coração o ama mais que tudo e sofre, lamenta, não entende... A separação é como um luto; tantas vezes tivemos telepatia; eu senti a angústia dele.. Tudo "coincidência"? Será que aconteceu somente na minha cabeça?
    Tive tanta certeza, minha alma quase podia fundir-se à dele...
    Como eu disse, essa história não acabou, estamos sofrendo um de cada lado; ainda não contei a ele que o Marcelo* verdadeiramente não existe e não sei o que vai ser... Daniel* ainda está com 17 anos, e sei que não chegou ao fim...
    Afetuoso abraço

    ResponderExcluir
  28. PARTE 1 - Lendo o blog, senti vontade de escrever para desabafar. Passo por um momento delicado, de uma história quase inacreditável e sinto, ainda que minha razão e os fatos lutem com meu coração, que ele é minha alma gêmea.
    Meu nome é Stella*, estou com 25 anos. Em fins de novembro de 2008, conheci aquele que, sinto, é a minha alma gêmea.
    Estava na internet falando com um conhecido através de meu fake. Esse fake era um garoto de 16 anos, chamado Marcelo* que gostava de jogar futebol. Até aí, nada demais. Era para mim, apenas uma forma de dizer o que pensava sem precisar me expor; de fugir um pouco da minha realidade. Esse amigo colocou, do nada, outra pessoa para conversar conosco na mesma janela. Ele já havia me falado dessa pessoa, mas eu não havia lhe dado atenção. Era apenas um garoto de 15 anos, reticente e calado: Daniel*. Então, nossa conversa seguia sem graça quando eu disse:
    - Já tentei me matar.
    Misteriosamente, o garoto começou a me fazer perguntas. Por que eu havia tentado? O que acontecera? Ele me adicionou e começamos a falar em particular, e de repente, era como se nos conhecêssemos há muito tempo. Soube que ele estava na Inglaterra*, que pertencia a uma família muito influente no Brasil e, de chofre, ao final da conversa, disse-lhe:
    - Adicione esse msn, é de uma grande amiga.
    Era eu mesma.
    Os dias se passaram e ficávamos cada vez mais grudados. Eu levava uma vida dupla, pois falava com ele como Marcelo* e como Stella*. Soube dias mais tarde após a primeira conversa, que ele estava prestes a se matar quando falei aquilo. Na segunda semana, já éramos inseparáveis. Foi em um desses dias que ele me perguntou se eu acreditava em almas gêmeas.
    O espaço é muito pequeno para narrar a história completa e, com que força ela atinge meu coração ao lembrar. Sinto como se estivéssemos vivendo tudo de novo, como se nada de ruim tivesse acontecido e eu e ele não estivéssemos mergulhados nesse momento doloroso... E apesar da nossa diferença de idade e classe social, somos estritamente parecidos; não tenho mais experiência em nada que ele; as "coincidências" foram tantas, que é impossível não pensar em algo maior sobre nossa história...
    Em janeiro de 2009, resolvi contar a verdade. Achava que ele amava a minha pessoa e que não sentiria falta do “Marcelo*”. Porém, não foi bem assim... O mundo dele caiu e o meu também, pois ele já estava até de passagem comprada para vir até minha cidade conhecer a Stella* e o Marcelo*. E, sim, eu, Stella*, e ele, Daniel*, estávamos apaixonados, fazendo planos, apesar de todas as nossas diferenças: distância, idade, dinheiro...
    Depois disso, nossas vidas viraram cinzas. E é muito penoso falar dessa dor, ainda tão presente também. Ele havia vindo da Inglaterra* por “minha”causa, enfrentou a família, brigou com todos, por nossa “amizade”, conseguiu um time profissional para o Marcelo* jogar, planejava que fôssemos pra casa dele. Entrei em depressão, soube mais tarde que ele chegou a sofrer um acidente e ficar 15 dias em coma, tudo devido às vibrações ruins que atraiu para sua vida.

    ResponderExcluir
  29. Caracas... essa tua história me fez chorar (estou parecendoo uma boba). Eu tbm sinto um amor desses... eu amo ele demais, seu nome é Eric. Vou lhe contar a minha história...
    Aos 16 anos me apaixonei por ele, desde o 1º dia em q o vi, com o tempo nos tornamos amigos e por fim tivemos um breve relacionamento. Ele foi e é a pessoa que eu mais amei e amo na vida... Durante o tempo em q estivemos juntos eu fui a pessoa + feliz do mundo. Só q apenas eu o amava, então ele me largou. E por mais estranho q pareça eu já sabia q ia acontecer, pq 3 noites antes eu havia sonhado com ele me falando exatamente as mesmas coisas q ele me disse depois...
    Eu passei 1 ano e meio sem ninguém, pq amava ele e eu sentia q s estivesse com alguém eu o estaria traindo. Sabe aquele amor que só precisa de um abraço, de um sorriso e você já ganha o seu dia, pois é, era assim com ele. Hoje já fazem 3 anos, 1 mês e 10 dias que eu não tenho mais ele aqui comigo... Durante todo esse tempo q estivemos longe, não nos falavamos, mas eu sabia com qm ele andava,com qm ele estava e o q fazia da vida. As vezes encontrava com ele na rua, e eu gelava dos pés a cabeça, ficava sem ar, sem chão, tonta e sempre fugia pra não ter q falar com ele, pq eu tnha medo d ver nos seus olhos. Hoje eu tenho um namorado e faz 1 ano e 9 meses q estamos juntos, eu não digo q não o amo, pq eu o amo demais e ele é tudo que eu sempre quiz num homem, mas eu jamais amarei ele com o amor q eu sinto pelo Eric, eu nunca vou conseguir abraçar qualqr pessoa como eu o abraçava, com a minha alma... Eu amo demais ele (imensuravelmente)... A pouco tempo eu sonhei que havia voltado a falar com ele, e no mesmo dia isso aconteceu... faz uns 2 meses q a gnt se fala pelo telefone. Eu não qro trair meu namorado, mas qdo eu ouço a voz do Eric, qdo eu sinto o seu cheiro, quando eu estou ao seu lado, o mundo pode cair na minha cabeça q eu não vou dar a mínima importância. Por ele eu até abidcaria dos meus sonhos, das minhas razões... E mesmo tendo ficado longe dele por todo esse tempo, eu jamais consegui esquecê-lo. Eu fiz de tudo, absolutamente tudo. Mas hoje eu só tenho vontade d estar com ele, mesmo q não dure, apesar dele me falar um monte de coisa, do tipo q qr fikr comigo pra sempre... Eu tenho medo de me iludir, de dar pra ele de novo minha alma ( o coração sempre será dele), e ele não puder me dar nada em troca, nada além de beijos e carícias, pq isso é o q menos importa pra mim... eu qro somente ser feliz, e qro q ele seja tbm, perto ou longe de mim, tanto faz... Eu só qria ser inesquecível pra ele. Do tipo que se um dia ele se casar com outra, e uma brisa suave bater em sua pele ao abrir a janela do quarto, ele venha se lembrar de mim... do meu cheiro... Pq pra mim o cheiro dele sempre vai estar impregnado na minha pele. E os momentos em q eu estive com ele serão meu ontem, meu hoje, e meu sempre, caso ele não esteja aqui do meu lado.
    Agora me diga, como é possível amar alguém dessa forma, se eu conheço pouco dele, ele é mt cheio de mistérios, de coisas estranhas, e isso me deixa louca de vontade de descobrí-lo, mesmo já tendo feito uma analise profunda da sua personalidade durante anos... Eu o Amo,sem excessoes, restrições... sem nada, o amo simplesmente por amar, e tenho certeza de que ninguem jamais irá amá-lo dessa forma... mesmo q ele nao me ame, eu o amo...

    (Eric, vc é o amor da minha vida...)

    ResponderExcluir
  30. Priscila, sua história me lembra um pouco a minha. É complicado ne? Mas ao mesmo tempo, depois desse dia que postei (30/jun)aqui me conformei mais.
    E olha, sinta feliz por ter encontrado o Eric e seu namorado. Antes a dúvida e a incerteza sobre o certo e o errado na escolha entre duas pessoas pra ser feliz, do que vc nunca ter a chance de amar alguém. Como é o caso da minha alma gemea... Imagina como deve ser difícil nunca se apaixonar ou amar alguém?

    E anonimo, por mais que a verdade doa, é melhor assumí-la e arcar com as consequências. Antes a dor causada por falar a verdade do que a incerteza dos acontecimentos se vc tivesse falado a verdade. Por mais dura que a verdade seja, ainda é o melhor remédio.

    Sorte a todos (a)!

    Abraços,

    ResponderExcluir
  31. ola querida... sei que os comentarios sao bem antigos mas veio a mim como uma luva... sou casada com um homem que amo, uma historia linda de amor tenho uma filha linda minha familia é perfeita, mas o meu lado espiritual sempre foi muito solitario, sempre senti saudade de alguem que nao sabia qm ... a cinco meses eu o reencontrei e senti isso no ar, minha alma gemea, que veio somente para me ajudar na minha evoluçao, tivemos lembranças juntos e nos reconhecemos nesta vida, mas entendemos que nesta vida nao ficaremos juntos embora nos dois sentimos a enorme vontade de ficar juntos... ele trabalha comigo nos vemos todos os dias se tornamos melhores amigos falamos sobre tudo e quando estamos longe sentimos uma falta enorme um do outro... assim vamos evoluindo e caminhando e crescendo para que enfim possamos estar no mesmo nivel e ficarmos junto em alguma proxima vida...
    obs: nao ha traiçao... entendemos q isso nos afastaria mais ainda da nossa evoluçao e da possibilidade de ficarmos juntos, é almor de alma e nao fisico...

    ResponderExcluir
  32. A minha história, fez com que eu tivesse algo para me arrepender, ao entrar no estacionamento, para pegar meu carro, senti uma sensação impossível de transformar em palavras, algo que ultrapassa e muito, tudo o que ja havia sentido antes, era magnético, até um pouco assustador, procurando pelo motivo, avistei-a, minhas pernas tremeram. por alguns segundos senti, que ela teve a mesma reação, queria falar algo, queria chegar mais perto, mais estranhamente não consegui,não sei se era minha alma gêmea ou algo parecido, só sei que apesar de tudo não tive coragem de viver aquilo.Hoje procurando mensagens que tivessem alguma relação com este fato, resolvi escrever, e quem sabe ela possa ler e podemos entender aquilo que aconteceu.

    ResponderExcluir
  33. Boa tarde,
    almas gémeas existem sim. Partem da mesam centelha divina. Se dividem em duas, 7, 14, 21 e por aí fora. A primeira ligação é a mais forte. Sim. eu percebo o que sente. é natural. é chamado de: reconhecimento. é um amor mais forte que tudo porque é o amor incondicional, diferente do que sentimos na terra. Pode e é também sentido pelos nossos filhos mas quando é com a alma, com a essencia...(veja se é assim: fecha os olhos, onde estariam os seus sentidos inteiramente, onde fecharia os olhos e descansaria longe de preocupações, como que com um suspiro de...finalmente) é onde entrega a sua luz!
    Tambem entendo dizer que não é sexual, pois não é. É algo que dá vontade de chorar por estar longe. Estes reencontros, são para ser vividos. E há sempre algo mutuo para aprender com sentido à evolução! Agora, irmã, pode aprender-se mais em cinco minutos do que numa vida inteira. Pense nisto. Como diz o meu mestre: ''As relações não se medem por tempo mas por lições apreendidas!''
    Quem sabe esse reconhecimento não foi para despertá-la para a espiritualidade?
    Como diz no comentario de setembro de 2012!(que apenas agora li) Eles perceberam, tal como eu disse, aprenderam e estam rumo à evolução.
    Mas não sofra por não estar perto, entregue, entregue a Deus...
    E quando tiver saudade envie luz e amor para de quem saudade sente e a dor dissipar-se-á ''em mil cacos de luz''

    ResponderExcluir
  34. Vou me titular como Lena-
    Meus Deus, achei que só eu sentisse isso. Bem, conheci uma pessoa há aproximadamente 12 anos, era meu professor de faculdade, e logo passei a amá-lo incondicionalmente (nao esperava nada em troca, bastava saber que ele estava bem e feliz), principalmente porque ele era casado e eu respeitava muito essa situação.
    Ele, por seu turno sempre deu sinais de que sentia algo por mim, me elogiava como ser humano etc.
    Durante anos o amei em silêncio; passados alguns anos achei que o tinha esquecido como homem e tivesse restado apenas respeito e admiração.
    Nesse interim conheci algumas poucas pessoas (nao mais que tres) e por uma ou duas me apaixonei, mas era só paixão logo eu nao queria mais, não consegui firmar nada.
    Porem, passados 11 ou 12 anos o reencontrei e viu aquele sentimento ressurgir com toda força, só que agora não era mais incondicional, eu o queria para mim, principalmente porque não vivia mais com a primeira esposa.
    Então, eu contei a ele o que sentia - forma escrita (carta), e ele sequer respondeu. Meu Deus como isto doeu, no inicio doía tanto que parecia que o meu coração estava implodindo, sofri o ano de 2012 todo e ainda estou sofrendo.
    No entanto, a declaração que fiz e o desprezo com que fui tratada tiveram o seu lado positivo; pois, consegui exteriorizar os meus sentimentos e deixar de viver de ilusão, vi finalmente que não sou amada e que devo tocar a vida em frente e encontrar outra pessoa.
    Mas continuo como uma menina que sabe que já passou para adolescência, mas não quer largar a boneca, rsss ( sei que devo virar a página mas não estou conseguindo, está muito difícil).

    ResponderExcluir
  35. Eu tinha doze anos quando o conheci. Foi o meu primeiro namorado, ele tinha 17. Morávamos em Estados diferentes e minha família passava férias e finais de semana prolongados proximo à sua casa. Namoramos, assim, por 4 anos. Foi um amor puro, respeitoso...trocávamos correspondências semanalmente. Mas, a distância física e a proximidade de outra pessoa me levou a romper o namoro, por carta. Ele ainda me escreveu protestando e dizendo de seu amor por mim, mas eu o desprezei. Passados 2 anos, me casei com outro, casamento que durou somente pouco mais de um ano...descobri, tardiamente, que era do meu primeiro namorado, o meu amor.
    Fui ao seu encontro, tentei explicar minhas razões, mas, desta vez, era ele quem estava compromissado e iria se casar...retornei à minha vida e tive outros amores, me casei novamente, tive filhos. Retornei, por várias vezes àquela cidade, em visita a parentes, sempre quis saber dele...mas não o procurava. Soube de seu casamento, do nascimento de seus filhos...sabia onde morava e o que fazia da vida. Faz algum tempo meu casamento terminou, por motivos muito alheios a essa história, pois meu ex nunca soube da existência dessa pessoa, somente minha irmã, que reside na mesma cidade que ele, sabia desse meu sentimento secreto. Após um tempo de minha separação, minha irmã o encontrou e falou sobre mim, que eu perguntava sobre ele, para ver sua reação e, segundo ela, ele não disfarçou a satisfação diante dessa notícia, quis meu telefone e passou o dele pra ela me dar. No dia seguinte nos falamos, eu fiquei muito impressionada, a voz era a mesma, o jeito de falar, a atenção...eu não acreditava que estava falando com ele. Aqui devo revelar que quando rompemos o namoro eu tinha 16 anos e hoje estou com 50; resumindo um pouco a história: Ele está casado(ainda com a primeira esposa), mas mesmo diante disso, eu quis vê-lo, fui ao seu encontro, não tem nem um mês...
    a lembrança desse homem em minha vida, habitou em minha memória por quase 35 anos...eu o via em um pedestal, observando todos os meus relacionamentos, ele estava lá, sem saber, ele estava sempre lá. E agora, ele é real! só que, pasmem, companheiras de almas afins, hoje sinto que ele guardou, por todos esses anos, o desejo de vingança, de dar o troco, por eu tê-lo desprezado, como desprezei, na minha adolecência. Como que, para resgatar algo lá do passado e trazer pro presente e já que nosso namoro teve o limite do beijo na boca, dessa vez , aproveitamos para consumar nosso amor, que era puro...
    e foi ai que eu acordei de um sonho de tantos e tantos anos...ele era de carne e osso e não estava num pedestal...estava ali e lutando contra um sentimento de entrega. O por quê? vingança. Só agora eu sei, pois ele nunca mais me ligou...simples assim. mais de 800 km nos separam, fisicamente...agora, me respondam vocês: espiritualmente, qual é a nossa distância? eu sinto que não acabou...mas eu não vou atrás...isso eu não vou fazer, isso não combina, de forma alguma, com todo o sentimento que guardei durante todos esses anos. Me perdoem o desabafo mas, pelas circunstancias, eu não posso contar essa história pra ninguém!

    ResponderExcluir
  36. o que devo fazer pra não pensar mais nesse homem? porque sinto que essa história não acabou, diante de tantas evidências? porque insisto em achar que há uma ligação espiritual e que nossa história sequer começou? alguém pode me dizer o que é isso? loucura? obsessão? eu pude sentir todo o carinho que ele ainda tem por mim...aff!! tô muito confusa.

    ResponderExcluir
  37. Quando eu tinha 11 anos me apaixonei pelo sobrinho da minha madrasta que tinha 18 anos
    Quando eu tenha 12 anos começamos a namorar ele já estava com 19 anos, namorávamos escondido porque meu pai não permitia o namoro
    Namoramos por um ano e meio escondido, ate que um dia minha madrasta me pegou com ele juntos foi uma briga só
    Meu pai proibiu o namoro não me deixava sair de casa, discuti com o meu pai e falei que se não ficasse com ele eu iria morar com a minha mãe
    Fugi de casa porque meu pai não permitiu o meu namoro, teve vários desencontros, porque estava em outra cidade onde ele não conhecia fiquei anos sem velo
    Com 15 anos voltei para casa do meu pai e fui atrás dele descobri que ele teve um filho mais não estava com ela, foi um choque pra mim, assim como ele ficou com outras mulheres eu fiquei com outros homens
    Mesmo eu e ele namorado ficávamos junto mais sempre escondido
    Ate que em janeiro de 2001 eu conheci o pai das minhas filhas com quem fiquei ate 2004, mais sempre pensando nele
    Hoje eu tenho 28 anos ele 35 anos eu namoro e ele e casado mais ainda estamos juntos sei que e errado
    Já tentamos nos afastar mais não da porque sentimos falta um do outro
    Ele foi meu 1° amor quando o vejo fico sem ação parece que só tem eu e ele no mundo já dura 17 anos nosso amor tem duas musica que e nossa historia
    Antes de Dizer Adeus
    Belo
    Não esqueço aquela época da escola
    Que você matava aula
    Pra me ver jogando bola
    E passava seu caderno
    E às vezes dava cola
    E a gente namorava no escuro do cinema
    Eu chorei quando você saiu de cena
    Pra fazer curso normal em outra cidade
    Eu fui pras Forças Armadas
    Completei maioridade
    E você na minha história, me matando de saudade
    E depois caí no mundo, nessa minha trajetória
    É um milagre te reencontrar agora
    E o pior é que agora, você já tem compromisso
    Tem aliança no dedo e eu também
    O melhor é ir embora
    Que é pra evitar o risco
    de partir ao meio o coração de alguém
    Desejo pra você paz e saúde
    Que o bom Deus lhe ajude
    Pra você cuidar dos seus, pra mim cuidar dos meus
    Mas deixe os nossos sentimentos
    Se entregar neste momento
    Antes de dizer adeus (2x)
    E o pior é que agora, você já tem compromisso
    Tem aliança no dedo e eu também
    O melhor é ir embora
    Que é pra evitar o risco
    de partir ao meio o coração de alguém
    Desejo pra você paz e saúde
    Que o bom Deus lhe ajude
    Pra você cuidar dos seus, pra mim cuidar dos meus
    Mas deixe os nossos sentimentos
    Se entregar neste momento
    Antes de dizer adeus (3x)
    Paixão Antiga
    Tim Maia
    Paixão antiga sempre mexe com a gente é tão difícil esquecer
    Basta um encontro por acaso e pronto começa tudo outra vez
    E vendo você meu coração parece que vai saltar
    Pelo meu corpo, saudade em todo lugar
    E eu sem disfarçar-te como com meu olhar
    Foi bom demais, não tinha que acabar
    Meu bem, quando eu te vi, tudo voltou e eu compreendi
    Que te amo, quero, adoro sempre mais
    Deixa o coração te seduzir
    Não dá mais pra disfarçar
    Deixa o sentimento decidir
    Já é hora de voltar
    Então amiga não e só você

    ResponderExcluir
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  39. Nossa, aqui encontrei respostas para algo que vem mexendo comigo a uns seis anos ou mais. São histórias muito parecidas com a minha.
    Ultimamente tenho pensado em me tratar, em procurar um psicólogo para me ajudar. percebo que meus sentimentos andam bagunçados e não consigo entender porque...
    A dez anos penso todos os dias em uma pessoa que é muito especial pra mim. Penso todos os dias, sem pular um. Agora tenho tido sonhos com ele, sonhos muito reais. Ele hoje está casado e eu também e amo muito meu marido. Mas não sei explicar o que acontece. Ao ler este ultimo comentário, coincidentemente vejo a música que representa a minha vida... Antes de dizer Adeus - Belo".
    Nos encontramos a pouco mais de um ano e senti algo muito forte. Ele se manteve distante de mim, não quis se aproximar e me deu o numero de telefone errado. Fiquei extremamente triste, mas depois imaginei o porque fizestes isso. Também deve sentir algo, tens algum sentimento por mim e não quis se aproximar ou manter qualquer tipo de contato. Assim, desligaria totalmente de mim.
    Deus sabe do meu íntimo, sabe de todas as coisas. Só desejo o bem pra ele e sei que em algum lugar, em algum momento, ou nesta ou em outra vida, iremos nos reencontrar...
    "Desejo pra você paz e saúde e que o bom Deus lhe ajude, pra você cuidar dos seus... pra eu cuidar dos meus"
    Obrigada por ter a oportunidade de ler estas mensagens e confortar meu coração.

    ResponderExcluir
  40. Querida achei tão linda sua historia, eu lendo me identifiquei de uma tal maneira que me levou às lágrimas.
    Também acho que tenho uma alma afim, impressionante o que senti por essa pessoa foi algo tão instantaneo como se já o conhecesse há tanto tempo, e toda vez que o via minha alma e coração se enchia de uma tal ternura e eu me sentia muito bem, uma paz interior inexplicável. Por isso que não dá pra dizer que isso é fantasia, pois não o é.
    Mas vejo que não fomos feitos para ficar juntos, apenas nos encontramos .. Eu sinto exatamente tudo que você disse..por isso me emocionei. Incrível como aqui encontrei histórias muito parecidas com a minha. Ainda penso muito nele, todos os dias é como se fizesse parte de mim, faz 5 anos desde que o vi pela primeira vez.. Hoje ele já está casado, se casou recentemente mas não sinto raiva ou coisa parecida, só quero que ele esteja bem, só isso. Não nos falamos mais mas sinto a presença dele em mim, ele sempre dizia que sentia um enorme carinho por mim, não sei se o que sinto vem e veio só de minha parte porém não sinto isso, ele sente também tenho certeza.. Mas como disse se existe almas afim e é o meu caso, talvez não somos destinados a ficar pois há muitas diferenças entre nós, ele é 15 anos mais velho que eu mas isso pra mim nunca foi um entrave. Impressionante todas essas histórias, as suas dúvidas são também as minhas..sempre me perguntei sobre isso e também nunca entendi.
    Mas aqui agradeço pela oportunidade de ler sua historia e confortar-me.
    Fique com DEUS.
    Abç.
    T.C

    ResponderExcluir
  41. Depois dos quarenta quando não tinha mais ilusões sobre o amor conheci um homem da mesma idade. Era um homem encantador, me atraiu desde o primeiro instante que eu o vi. A sensação que tive foi que já nos conhecia há tempos. Começamos a convesar e o assunto saiu naturalmente. Parecia que minha imagem se refletia nele, tínhamos quase os mesmos gostos, muitas afinidades, me sentia protegida e amada como nunca havia sentido em toda a minha vida. Foi um amor cosciente, maduro, mas houve um tempo que nos separamos. Sem mais e nem porque.Ele me ensinou a amar e a me amar também. Faz quase três anos que nos separamos, mas a sua lembrança ainda permanece viva dentro de mim. Quis inventar uma paixão, mas não vingou. Pelo o que eu já li sobre alma gêmea, se encaixava bem entre nós. Mas eu acho o que houve entre nós é que ainda não estávamos preparados para viver esse amor, pois ainda tínhamos muitos pontos frágeis, mal resolvidos e o que destruturou nosso relacionamento. Mas deixo nas mãos de Deus e se ele for minha alma gêmea a gente ainda há de ficar junto nesta vida.

    ResponderExcluir
  42. É impressionante como existem histórias semelhantes. No meu caso, conheci um homem, devido às circunstâncias do trabalho. Ambos somos policiais, nos formamos no mesmo curso e mesma faculdade, só que em épocas diferentes. Sou casada há quase sete anos e tenho um filho, meu marido é otimo pai e esposo. Mas a questão é que desde quando vi esse homem pela primeira vez, senti por ele uma atração física e espiritual, tudo muito intenso, e pelo olhar sinto que foi recíproco. Ele quase tornou-se meu chefe. Penso nele o tempo todo, e chego a pensar se estou louca, de sentir saudades de alguém que mal conheço. Sempre que nos vemos e falamos meu coração dispara. Me sinto culpada em não sentir isso pelo meu marido. Acredito que só o tempo ( e Deus) me mostrarão o que devo fazer. Ele é solteiro, e temos a mesma idade. Sinto como se nos conhecessemos há muito tempo...difícil, é uma istura de alegria e tristeza ao mesmo tempo...

    ResponderExcluir
  43. A minha historia e muito parecida com as vossas mas no meu caso, era so para ser um encontro de uma so noite e acabei apaixonada, mas nunca soube se era uma paixao correspondida, pelos gestos e carinhos e pela forma que ele se expressava tudo indicava que sim, mas entretanto o meu actual namorado acabou por se meter no caminho de nos dois. E estou com o meu namorado ha 6 anos mas penso nele quase todos os dias, e sempre na duvida se ele realmente gostaria mesmo de mim, como eu gostava dele. E se ele ainda pensa em mim como eu penso nele e sonho. Sou feliz e amo muito o meu namorado mas axo k vai ficar sempre a duvida de como seria, se ele me amava e se ele realmente ainda lembra se eu existo...

    ResponderExcluir
  44. nossa essa historia linda e a minha vida 15 anos amando um cara que ha anos nao vejo e só tivemos uma amizade colorida eu tive 2 anos com ele na minha casa todos os dia mais so como amigo tudo isso nao deu certo por eu ser gay e ele hetero eu tudo fiz mais nao deu e amo ele ate hoje a 15 anos hoje esta casado 2 filhos e eu aqui sem amar ninguem pois esse foi amor o que me resta e comforta que ele gostava de mim mesmo como amigo e ao mesmo tempo doi

    ResponderExcluir
  45. Eu pensei que somente eu tivesse umahistoria assim!
    meu coração doi de tanta saudade de alguem que não vejo a 25anos.nunca o esqueci. Como pode isso?

    ResponderExcluir
  46. - Eu num sei se é igual.... Tenho 16 anos, e algum meses conheci uma menina, mais velha que eu um ano. Nós se conhecemos, se falávamos todos os dias, até que um dia resolvemos sair para um encontro. Ficamos, se beijamos, foi show, nunca vou esquecer, daí pra cá, encontramos-se mais algumas vezes.... Até que um certo dia liguei para ela, e ela estava meio estressada, e eu com raiva num liguei no outro dia, nem no outro, e nem no outro. E nem ela ligava. Pedi opinião a meu primo, ai onde me ferrei... Ele disse: não liga mais... dexa ela pra lá... etc..
    Fiz isso, e me arrependi, certo dia resolvi ligar para ela, nos falamos, ela perguntou se eu estava ficando com alguém, disse que não, perguntei a mesma coisa a ela, ela disse que sim... E o pior é que ela estar amando ele... e eu amando ela <\3 :(

    ResponderExcluir
  47. Você não é a única, também conheci minha alma gêmea, e sei exatamente como é essa sensação, a diferença é q ambos temos a mesma idade, mas minha alma gêmea sempre foi meio confusa com a vida, também tive sonhos muito profundos com ela, até então eu estava namorando por 2 anos, e logo quando meu namoro terminou eu sonhei com ela depois de tempos, estava o corpo dela a minha frente, e eu sentia que havia pessoas ao meu redor q eu não enxergava direito, mas estavam de branco, e disseram para mim: está na hora! até então não compreendo o "está na hora" mas voltei a me comunicar com ela depois de 2 anos sem contato(nunca tivemos nada além de amizade), ela estava quase se mudando para outra cidade, mas no fim não foi, e por coincidência ela arranjou um emprego na frente de uma faculdade onde eu vou estudar daqui a uns meses(estranho). Não sei como a minha história irá terminar, mas não, você não é a unica que sente isso e depois do que passei, posso garantir que almas gêmeas existem, e normalmente uma é bem o oposto da outra(no meu caso é), mas temos pensamentos bem parecidos e nós sempre nos conhecemos muito bem de alguma forma, como se ela me conhecesse mais do q eu mesmo e, vice-versa. O tempo que é um pouco torturante, mas depois de encontrar essa pessoa, tua vida nunca mais é a mesma.

    ResponderExcluir
  48. Pra mim foi muito reconfortante em ler sua história...Há quase 3 anos tive um sonho extremamente realista em que vi um homem caído no asfalto "morto", e havia um carro antigo de cor marrom e eu chorava muito o abraçava e sentia tanta dor na alma por ele estar morto, e tanto amor por aquela pessoa que não dá pra explicar. Um amor, sentimento que nunca senti antes. O fato é que acordei e levei mais ou menos uns 30 minutos para parar de chorar e que aquele sentimento passasse. Quando passou pensei em meu marido, mas não era o mesmo sentimento, pensei em meu pai e também não era...Este sonho ainda me perturba, pois acho que talvez tenha sido a alma que mais amei em minha encarnação passada.
    Amo meu marido demais, mais ainda assim não se compara com o sentimento que senti durante este sonho.

    ResponderExcluir
  49. Me identifiquei na parte de ser apaixonada por um homem arisco. Meu namorado é assim , parece que não sei nada dele, ele não fala sobre o que ele gosta ou quais são seus sonhos, só sabe falar de problemas e coisas que lhe trouxeram sofrimentos. Eu queria muito entender uma pessoa desse gênio, é complicado acostumar. ele diz que me ama e que senti saudade. Mas nunca me manda me manda uma mensagem carinhosa, parece que só eu falo e ajudo ele nos momentos díficies, parece que só eu me interesso por esse relacionamento. Queria conseguir entender essas pessoas ariscas de pouca palavra, será que eles são capazes de amar verdadeiramente?

    ResponderExcluir
  50. Boa noite,sei que seu relato já é antigo mas como você amo o J desde meus 21anos hoje estou com 40 ,já se passaram 19 anos e ele sempre foi casado só que como você só em saber que ele está bem para mim é o suficiente.Faz uns 6 anos que não o vejo mas nos comunicamos pelo telefone quando ele liga ,o serviço dele ocupa muito a vida dele e o faz mudar ,atualmente ele mora um pouco distante as vezes queria vê lo distante só para não esquecer seu rosto.Tenho dois filhos lindos e até hoje não consegue firmar com ninguém parece que falta algo não que eu seja exigente mesmo porque ele não é um bonitão mas ele tem algo que aprecio muito ;o humor.Sinto que talvez um dia vou reencontrá lo ,gostaria muito que fosse nessa vida.Não há um só dia que eu não pense nele vou esperá lo sempre.

    ResponderExcluir
  51. As msg sao antigas, mas deixarei aki minha experiência q é muito parecida com a de muitas d vcs. Em minha epoca de escola quinta, sexta e sétima série conheci uma pessoa q jamais esqueci, tivemos uma amizade colorida, eu era mto timida e minha amiga apaixonada por ele, mas ele se declarava para mim, porém nunca correspondi, hj me arrependo fui burra demais enfim foram 3 anos d algo bem intenso mas nada concreto, ai minha mãe mudou-me de escola e gostei dele muito tempo, os anos foram passando casei e mesmo assim pensava nele mas nao tinha contato e nem como saber dele ate desencanei não achava ele nem em redes sociais e olha q procurei, depois d mais d 10 anos encontrei ele em uma festa junina em uma escola q trabalho para minha surpresa olhei bem para ele e ele nao me reconheceu, dai voltou a fissura penso nele todos dias, achei a esposa dele na rede social temos ate amiga em comum porém ele nao tem face, me pego olhando as fotos dele e sentindo uma saudade daquilo q nao vivi, como pod uma coisa dessa??? Fiko pensando como seria? Ai penso como seria o q?? Não me permitir q acontecesse nada. Sou feliz casada mas sinto falta, será q ele pensaa em mim??? Agora sei ate ond ele está morando ja ate passei varias vezes na porta da casa dele mas não encontro ninguém. Será q estou sendo idiota???

    ResponderExcluir
  52. Aconteceu comigo.Eu tava andando com minhas amigas pela rua,qnd de repente eu do nada senti uma sensacao estranha parei e me distanciei delas qnd olhei pro lado e o vi..alto magro ..percebi que aquela sensacao vinha daquela pessoa..foi como se o mundo parasse por um instante..minhas amigas entao me chamaram e perguntaram o que foi e eu so apontei pra pessoa que passava e disse..gente e loucura mas aquele e o amor da minha vida..claro minhas amigas tiraram sarro e acharam que eu tava zoando..Um ano apos..enquanto andava sozinha pela rua vi ao longe aquela mesma pessoa junto de uma colega..eram namorados!! Senti a mesma sensacao de antes..mas resolvi nao dar tanta importancia..
    Passado mais um ano..eu com 14 anos..fui convidada pra ir numa festa em outra cidade..nossa minha mae pela primeira vez me deixou ir com uma amiga dela ..o estranho foi que essa amiga da minha mae nunca teve tanta intimidade comigo a ponto de querer me levar pra passar uns dias na casa de seus parentes..tudo estava estranho..mas eu sentia uma ansiedade que nao sabia de onde vinha..Encontrei com uma amiga na festa da cidade,fiquei feliz pois ate entao nao conhecia nada e nem ninguem la..foi qnd estavamos andando rindo e distraidas que O Vi..ali estava o pq de tudo..de minhas ansiedades e do meu vazio interior..pela primeira vez nos olhamos..olhos nos olhos..e ali ficamos petrificados por minutos..Ele sorria e eu o sorria de volta..entao ele continuou a andar e minha amiga..o que foi isso?e eu a respondi..é Ele..e nada mais alem dele fazia sentido naquele instante...nao hesitei..fui atras eu e minha amiga..entramos num bar onde ele estava..despistamos e na saida ele me puxou e me surpreendeu num longo beijo..aqueles dias foram marcantes..aconteceram coisas magicas entre nos..namoramos ..iamos nos casar..mas acabamos nos separando por algo que ate hj nao sabemos o pq..Enquanto levavamos nossas vidas distantes de corpo..em pensamento e telepaticamente sempre continuamos juntos..nao precisamos provar nada pra ninguem..sabemos o quanto nosso amor e real..e ate hj existe...ele chegou de juntar e teve uma filha..e mesmo assim sempre tinhamos noticias um do outro...eu me juntei e tenho um filho..e mesmo assim..o sinto varias vezes..nao perdemos contato..ate hj qnd cv ..dizemos um pro outro..sabemos desse sentimento...mas vai entender o pq de nao podermos estar juntos...todas as vezes que tentamos ficar juntos algo acontecia pra nos separar como e assim ate hj!!!nos amamos tanto..sonho com ele e na manha qnd acordo sei que vou ter uma msg dele no meu email...e sempre assim..Eu o sinto ate hj..aquela sensacao estranha qnd o vi pela primeira vez,pela segunda ..e essa sensacao que me da um alerta ate hj que ele esta com problemas..ou simplesmente com saudades pensando em mim..
    Sabemos que esse amor existe e nosso..mas o pq de nao podermos e nao conseguirmos ficar juntos..nao sei se por resigno..doi..e como doi..
    Nao posso largar a familia que construi e ser egoista pra viver com ele..e ele respeita isso e me espera..e diz que mesmo velhos ou velhinhos..rsrs tem esperancas...eu tbm tenho esperancas..se nao nessa vida em outra..pq sei que sou parte dele e ele de mim...Talvez estejamos em grau de evolucao diferentes..vai entender!!Ele se encontra recentemente doente psicologicamente..eu sofri qnd soube..sofro..mas eu acabei doente tbm..recentemente descobri um transtorno de personalidade..acreditem ou nao..estamos doentes..sofrendo das mesmas coisas..coincidencia?tirem suas proprias conclusoes..Um sentimento incontido..nao vivenciado..talvez por resigno..pode adoecer alguem?Eu peco a Deus que nao o deixe sofrer..pois assim como ele me quer bem eu tbm o quero..e quanto a nos dois? Talvez o tempo de Deus nao seja o mesmo que o nosso..e assim vamos vivendo nossas vidas..seguindo distantes mas vinculados por nossas almas e sentimentos..nos encontrando em nossos sonhos enquanto dormimos..esperando o dia em que possamos ficar realmente em paz..juntos em todos os sentidos!!

    ResponderExcluir
  53. Eu tbm tenho um amor de almas gêmeas e acredito nisso... O vi pela primeira vez a 18 anos atras, amor a primeira vista. Um amor tao grande que a primeira vez que ficamos juntos, fui embora extasiada como se fosse o dia que seria o mais feliz de minha vida.. Ficamos juntos por 15 dias, rle estava temporariamente em SP mas morava no Rj e tinha uma noiva... Quanfo terminou comigo, falou que nunca Amou tanto ele em tao pouco tempo... Voltou para o RJ e eu segui minha vida, pensando nele a cada dia, casei, hoje tenho dois filhos.. Mas a cada 2 ou 3 anos sempre nos falavamos.. Eu sempre conseguia encontra-lo... Mas da mesma forma que mos encontravamos nos perdiamos de volta em mossas vidas, e numca falavamos sobre nossos reais sentimentos. A 3 anos atras nos reencontramos na net, ele continuava casado com aquela que era sua noiva e tinha duas filhas... Mas dessa vez foi diferente, dissemos tudo o que nao nos cabia mais no coração, por maus que o amasse por todos esses anos, numca imaginei que um dia escutaria tido o que sempre sonhei.. Todo aquele amor intenso ainda existia, mas é um amor tao forte que nao conseguimos administra-lo.. E novamente com 15 dias brigamos e nos afastamos novamente... Sofri demais.. Estava disposta a viver todos os dias da minha vida com ele e nada mais me impediria.. A maior sensação de impotência que senti em minha vida, ainda fomos nos falando por mais uns meses, mas nao cinseguimos força suficiente para separar duas familias.., hoje 18 anos sem se tocar e tenho certeza que nosso amor segue presente a cada dia... Desses 3 anos para ca, me tornei outra pessoa, nao consigo mais amar meu marido.. Tentei me separar por varias vezes, mas sempre algo me impede,acho que so com a força do meu grande amor... Ainda acredito que ficAremos velhinhos juntos, assim como tbm é o desejo dele

    ResponderExcluir
  54. 18 anos se passaram e Ainda sinto como foi a primeira vez que olhei para ele...
    Amor a primeira vista, amor pra vida inteira..
    Amor que é tao grande que ultrapasse a nossa capacidade de lidar com ele...
    Sunto como se fosse hj a primeira vez que ficamos juntos.. O dia que seria o dia mais feliz da minha vida.. Ficamos juntos 15 dias , ele estava temporariamente em Sp e tinha uma noiva no RJ... Um ano depois estavamos casados, ele com sua noiva e atual esposa e eu com meu marido.. Os anos passaram nos falamos a cada 2 ou 3 anos porque eu sempre conseguia localiza- lo... Mas sempre falamos de coisas banais e da mesma forma que nos encontravamos ( via telefone ou net) nos perdiamos novamente no tempo... A 3 anos nos reencontramos na net, dissemos tudo o que sentiamos e toda a falta que um fez pAra o outro... Todo aquele amor só cresceu durante os anos... Havia chegado a nossa vez de ser felizes, fizemos planos, apesar da distancia, a vontade de fucar junto, a vontade de envelhecer um ao lado do outro, de constituirmos nossa familia..De retomarmos todo o tempo perdido... Mas sem até hj conseguir entender, nao fomos capazes , ou de alguma forma impedidos de mais uma vez ficarmos juntos... Hoje, quase 19 anos sem nos tocarmos ainda acredito que um dia estAremos e envelheceremos juntos... Continuo casada mas nao consugo dizer ou demonstrar amor pelo meu marido, me sinto hipócrita... E meu gde amor nao esta falando comigo, sua esposa pegou nossos e-mails de alguma forma, e me jogou contra ele dissendo que eu a tinha procurado ... Eu nunca faria isso, pois nao quero causar nada de mal a ele, só desejo sua felicidade independente com quem seja

    ResponderExcluir
  55. Anônima. Eu tbem, conheci um homem a 30 anos ele me amava, demais eu tbem, mas com meus pais não queria o namoro, Depois comecei a sair com outras pessoas. Ele sofreu muito eu para sair de casa, em 1ano me casei. Mas até hj não ficamos sem nos falar. Ele é viúvo sou casada 2filhos casados uma neta 6 anos. A sete mês estamos tendo um relacionamento outra vez. O nosso amor é muito forte mas hj ele quer que, eu faço tudo por minha conta, não pede nada para não influenciar na minha separação. Amo muito meu marido ele é maravilhoso, só que brigo muito com ele já está de saco cheio de mim. Só porque não diz que me ama. Será que ele é minha alma gêmea não vamos ficar junto nunca. Nos tratamos como nunca tivéssemos nos se parados.

    ResponderExcluir
  56. Me apaixonei aos 16 anos por um primo mais velho q eu 14 anos, mas q não soube valorizar meus sentimentos e não teve coragem de enfrentar a família junto comigo. Foi impaciente e me magoou c palavras duras q me fizeram desistir. Aos 19 anos comecei a namorar quem hoje é meu esposo. Estamos juntos há mais de 6 anos, já não vejo meu primo há 8 anos. Durante esses anos soube, por uma prima, de seus namoros. Sou muito feliz c meu marido e até já fazemos planos sobre filhos, mas mesmo assim, não consigo esquecer esse primeiro amor. Talvez seja apenas por ter levado um toco, essa minha confusão de sentimentos. Mas, não gostaria de me pegar daqui a 20 anos remoendo essas loucuras de juventude.

    ResponderExcluir
  57. Tenho um sentimento muito forte por uma pessoa que namorei durante 2 anos, de 2008 a 2010.

    E fui eu que terminei por pura imaturidade, tanto que tentei voltar atrás, mas não deu muito certo ela não queria mais, não sei se por orgulho ou por não querer mais mesmo.

    Eu penso nela de uma forma constante, não sai da minha cabeça e queria saber se ela pensa em mim, só sei que em certas horas que me bate o pensamento da vontade de correr atrás de ir e falar pro mundo o que eu sinto, mas eu namoro e tem algo que me impede. Mas é uma sensação de largar tudo e ir correndo, fazer mil declarações e praticamente suplicar um amor, mas parece idiotice.

    Ela me pediu pra que eu não fosse atrás dela, até disse que inventou mentiras para me afastar, não sei até onde o que é verdade e o que é mentira. Só sei que eu a perdoei e o que me afronta agora é a vontade de estar perto e não estar. As vezes me da vontade de chorar.

    Enfim as vezes penso que a vida é assim nem sempre vamos ficar do lado de quem realmente amamos, digo amar de verdade, pois amar é com o coração, não sei se sentem a mesma coisa que eu, mas quando eu a vejo meu coração dispara, sinto calafrios, minha mente se tranquiliza como se estivesse adormecendo os pensamentos somem, o corpo fica leve, a respiração muda, meus olhos se encobrem de lágrimas, e o sentimento flui, e as lembranças vem de uma vez.

    E sinto isso até hoje, mesmo depois de 5 anos separados, eu fui atrás dela nesse meio tempo e depois ela veio atrás de mim, mas não funcionou muito, sei la o que pensavamos.

    Sei que hoje namoro a quase 3 anos, que é exatamente o mesmo tempo que não nos vimos mais. Desde 27 maio de 2012, que foi a última tentativa de reatar o namoro depois de 1 ano e meio separados.

    E mesmo depois da mentira ou realidade não sei, eu ainda a amo. O que fazer?

    ResponderExcluir
  58. oi tem mais ou menos um 5 anos que terminei um relacionamento ei era muito nova e n sabia direito oque queria hj sou casada e ele tem namorada ,so que por esses dias nao sei oque esta acontecendo eu ando pensando como seria se estifessemos juntos e sonho constantemente com ele ,ah ele mora perto da minha casa ! oque pode ser isso ?

    ResponderExcluir
  59. Minha historia não é diferente, conheci alguém há mais ou menos nove anos atrás, e nunca houve nada entre nós. Uma vez até fiz uma loucura e fui ao encontro dele em um local que sabia q ele estaria la, nos encontramos como amigos, mas não houve nada entre nós, penso que nós dois estávamos torcendo pelo primeiro passo do outro, que não aconteceu. Ele também guarda algum tipo de sentimento parecido com o meu, mesmo sem nenhum dos dois ter se declarado. Não nos vimos mais, desde então. O tempo passou e mantivemos contato pela internet através de mensagens mas este contato acontece raramente, podendo passar até um ou dois anos, ou até mais. Quando eu não resisto e mando uma mensagem, é ele quem me procura, e me pergunto porque isto acontece, porque não consigo esquecê-lo, se hoje tenho uma vida comprometida, e porque ele também não me deixa esquecê-lo. Que sentimento é este que me faz sentir culpada e ao mesmo tempo, querer estar perto dele, ouvir sua voz, ou mesmo aguardar ansiosa por um contato, ou até mesmo ouvir da parte dele que sente algo por mim. Mas é melhor assim, porque se o que anseio acontecesse não sei qual seria minha reação, não teria coragem de deixar a vida que tenho hoje para vivir um sentimento que nem eu sei o que é, só sei que doí muito em mim.

    ResponderExcluir
  60. gostaria de entender algo, faz muito tempo que sinto uma presença de alguém, tem dias que tenho tantas aflições e fico muito triste, mais sempre me vem a cabeça que é por causa da minha alma gêmea, comecei fazer minha faculdade e conheci uma pessoa, a gente sempre se esbarra na faculdade trocamos olhares, já faz tempo, mais nenhum de nós tomamos a iniciativa para termos uma conversar, eu sinto uma saudade enorme dele, mais meu coração por vezes sempre me diz para deixar-lo ir será isso um amor de vidas passadas,

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;