PENSAR... QUERER... NÃO TER (AMOR VIRTUAL)


Pensar em você é um bálsamo para minha alma,
querer é o meu desejo mais ardente
não o ter é real, impossível, é o oposto de tudo que quero...

Entre nós existe um amor puro e sincero, porém virtual,
Mas como? Se é virtual, se nunca o vi como posso afirmar que é amor?
Quis o destino que nos conhecêssemos através de um e-mail, o qual não era destinado a mim. Coincidência? Acaso? Ironia do destino ou estava escrito?

Dias após dias aquelas palavras me irritavam.
Que atrevimento! Por que tanta insistência em me conhecer?
Foi então que resolvi responder.
Claro que era um engano, mas o e-mail era quase idêntico.
Por falta de um ponto veio para mim.
Comentei que não o conhecia e nem era a pessoa procurada,
mas agradeci o poema que havia me enviado
e percebi algo em comum entre nós.

Falamos de nossas vidas, nossos compromissos,
família e, quase que diariamente,
recebia umas frases carinhosas.
Não sabíamos da distância que nos separava em quilômetros mas sentíamos nossos corações bem perto.
O tempo foi passando e o meu amigo virtual sempre ali,
me incentivando, dedicando frases de coragem e auto-ajuda e a voltar para DEUS.
Fomos percebendo afinidades,
companheirismo, compreensão, diálogo;
até que então nosso coração nos disse! "É O AMOR!"

Mesmo outonal e impossível, esta é sua alma gêmea.
Quando descobrimos ficamos afastados da telinha, dias, ou até mês, até deixarmos o coração extravasar. Sentimos o amor, um amor sem rosto, sem contato e sem conhecer o tom da voz. Não podemos ferir ninguém, sei que nunca nos veremos, mas com certeza este sentimento que ainda não sabemos definir ficará marcado para sempre em nossas vidas.
Como é bom amar e me sentir amada, mesmo sem saber como somos.
"Nunca te vi e sempre te amei"

Rayma
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;