O filme que comentamos hoje é "Vivendo e Aprendendo" (104 minutos), uma produção de 1993, dirigida por Ron Underwood ("Poderoso Joe"). Nesta comédia romântica, um acidente de ônibus mata 5 pessoas na São Francisco (EUA) de 1959. O motorista vai para o céu, mas os demais decidem permanecer na terra e ficam presas a uma criança, que nasce em um carro perto do local do acidente. Com Robert Downey Jr., Charles Grodin, Alfre Woodward, Tom Sizemore, Elisabeth Shue e Kyra Sedgwick no elenco. Harrison, Penny, Julia e Milo morrem prematuramente devido a um acidente com o ônibus no qual trafegavam. Deixando diversos problemas pendentes em suas vidas, os quatro ficam presos na Terra até que consigam deixar tudo em ordem. Para sua sorte, no instante do acidente nascia o bebê Thomas, a quem ficam inexplicavelmente conectados, que é a única pessoa que pode vê-los. No entanto após alguns anos Harrison, Penny, Julia e Milo decidem que a presença deles pode ser prejudicial para Thomas, que deixa de ver seus invisíveis amigos.

Após vários anos Hal volta para levar suas almas, mas como não foram avisados que este tempo fora dado para fazerem suas vidas completas, então pedem um pouco mais de tempo. A única solução é fazer com que Thomas os ajude, para que possam terminar de resolver seus problemas que ficaram pendentes quando suas vidas foram abreviadas bruscamente. O problema é que Thomas (Downey Jr.), agora um banqueiro bem sucedido, se esqueceu dos seus amigos invisíveis e se convenceu de que foram produtos da sua imaginação. Assim, quando eles reaparecem por precisarem do corpo de Thomas, este inicialmente fica em pânico. Só após conversarem Thomas concorda em ajudá-los, para que eles possam ir para o Paraíso. Mas as tarefas que Thomas terá de fazer não são fáceis.

O filme não é uma produção muito conhecida, por isto não é muito comum encontrá-lo na maioria das locadoras. Mas é possível adquiri-lo em loja virtual ou, apesar da qualidade sofrível, fazer download do arquivo para aqueles que sãousuários do E-Mule.
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;