EM BUSCA DA PESSOA IDEAL E DA FRUSTRAÇÃO

Em muitas fases da vida montamos a imagem de alguém perfeito para vivermos o amor que idealizamos. A partir de nossas vivências com a família, com a vida lá fora, com o aglomerado de explosões e implosões, tristezas e alegrias, frustrações e realizações, as fantasias do "tipo ideal" sofrem variações, voltam atrás, ficam suspensas ou amadurecendo, porém dificilmente se anulam. As experiências vividas marcam fundo todas as nossas emoções, dirigindo mais a nossa vida do que todo esforço de inteligência, racionalidade e coerência. A partir disso podemos entender a dificuldade que uma pessoa tem de se fixar em alguém. Tudo que vivemos - os sentimentos de amor ou de rejeição constituem emoções que marcam em forma de medo, expectativa ou sonho e isso mostra que para muitas pessoas, continuar um relacionamento significa repetir ou aprofundar as marcas que ficaram.

Acontece com muita freqüência não estarmos preparados para o amor. Muitas vezes elas podem nos afastar da nossa verdadeira essência já que são construídas a partir de um descontentamento com o nosso próprio ser. Quando não gostamos o suficiente de nós mesmos costumamos fugir da possibilidade de um relacionamento saudável e nos envolvermos com pessoas complicadas. Também pode acontecer de dirigimos nossos sonhos para alguma coisa irreal, inatingível.

Muitas vezes a pessoa ideal é aquela que "mamãe aprova" "papai admira", os amigos elogiam, também podendo ser (por razões inconscientes) aquela que ninguém aceita e que achamos que só nós mudaríamos. Geralmente a busca por uma pessoa ideal implica na imperfeição dos nossos sentimentos, das nossas próprias dificuldades emocionais, nossos medos. Enfim, a pessoa ideal, imagem do sonho é a pessoa que permite que continuemos imaturos. Muitas vezes sonhamos com um amor que supere todos os obstáculos, que nunca nos acorde de um sonho romântico.

Alguém que busca uma pessoa ideal não está na realidade disponível para o amor. No amor maduro a pessoa não mistifica o outro. Existe um relacionamento de troca, de respeito à individualidade, e companheirismo. Buscar uma pessoa perfeita é busca uma grande frustração. E, quando se busca esse amor "perfeito" com a pessoa "ideal", vai-se perdendo a chance de viver o verdadeiro amor.

Edázima Aidar
Publicado no jornal Gazeta de Piracicaba. Leia texto integral
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

2 comentários :

  1. encontrar pessoa ideal temostempo certo e lugar certo tudo por deus nas nossas vidas

    ResponderExcluir
  2. Não existe a pessoa ideal, existe a pessoa certa.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;