A paixão é comparada ao fogo: intensa, forte, quente, envolvente e extremamente sedutora. Não manda aviso que está chegando nem pede licença para entrar em sua vida.Algumas pessoas temem a paixão. Paixão é envolvimento, o apaixonado mistura-se ao outro e às próprias expectativas em relação ao outro.

Na paixão enxergamos apenas o que queremos ver.E o que isso significa? É ruim a paixão? Saúde ou loucura? Toda cegueira traz consigo a escuridão e a insegurança. A paixão é uma forma de envolvimento emocional; o que possibilita o permitir-se apaixonar é a sensação de individualidade; quando sabemos quem somos e o que desejamos, a paixão chega como um movimento que acrescenta e nos transforma, mas, quando estamos perdidos dentro de nós, frágeis e imaturos, a paixão torna-se perigosa e viciante.

O ser humano necessita amar e ser amado para se desenvolver. Existem várias formas de amar, acredito que o amor é um sentimento que conquistamos, implica em muitas outras coisas, mas, principalmente, implica em conhecer o outro. É comum as pessoas se apaixonarem por alguém que conhecem muito pouco, simplesmente, porque a paixão vem de outra esfera, a esfera da ilusão. Muitas vezes nos relacionamos buscando no outro o que não temos, ou o que pensamos que não temos. Por exemplo, se não sabemos nos defender, colocamos o outro como nosso defensor. O caminho que cada relação vai tomar, dependerá da saúde emocional de cada um dos envolvidos.

Em síntese: Paixão é vida, é arriscar, é ousar, é envolver-se, é sentir e não apenas pensar. Aprendemos com a experiência, mas também aprendemos que a vida não pode ser conduzida pelo medo, pois é preciosa demais para ser desperdiçada. Então... você ainda tem medo da paixão?

Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

3 comentários :

  1. sim , principalmente por um amor nao correspondido, isso faz desiludir completamente da vida... é muito triste.

    ResponderExcluir
  2. eu to apaixonada, eu to contando tudo e não to nem ligando pro que vao dizer... amar nao é pecado e se eu estiver errado, q se dane o mundo eu só quero você... Pedro...

    ResponderExcluir
  3. Estou apaixonada,assim penso. Não penso em outra coisa que não seja ele, fico excitada só de imaginar em um beijo. Sou casada e não tenho filhos. Ele é casado e tem filhos pequenos, porém tudo começou com ele. Moro nesta cidade há um ano. Não sou deste estado e estou aqui trabalhando. De repente observei que existia alguém que me observava e fazia questão de me comprimentar idependente de estar com meu marido ou não. Meu marido percebeu e disse que ele estava apaixonado comigo.
    Não sei se é vontade de viver novas emoções, de experimentar algo novo. Pode ser uma paixão avassaladora que passará rápido. O fato é que eu não tenho coragem de largar meu marido para ficar com ninguém pois ele é maravilhoso comigo e não merece isso. Será que ainda o amo?? Minha cabeça está cheia de perguntas, indagações. O que faço??? Este homem também é casado e meu visinho. Será que ocorre o mesmo com ele? Alguém já vivenciou isso? Qual foi o resultado?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;