Chegará um dia...

Quando o peso do tempo curvar nossos ombros,

Quando a experiência acertar nossos passos,

Quando a lembrança de cada um despertar saudades

e as lágrimas descerem fáceis;

Quando lá bem distante, novamente nos encontrarmos,


Cada um com seu novo sonho,

então saberemos que fomos felizes a cada momento

e que dos sonhos todos, este foi o maior.

( Joaquim Nicolau do Nascimento )
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

1 comentários :

  1. Amor alem da vida,esse é meu comentário.Hoje tenho quarenta e cinco anos,mas venho por meio deste site,ter a oportunidade de tentar desabafar uma dor que me persegue à mais de vinte e cinco anos.Um sonho que me aprisionou em correntes afetivas,um sonho de amor e desespero e que de alguns dias para cá,passaram a ser um pesadelo real.Descobri em um vídeo pela internet,quem era a mulher dos meus sonhos,daquele sonho,Quando vi seu rosto ,imediatamente minha mente associou aquela imagem com a pessoas dos meu sonhos,meu corpo tremia,senti um frio inexplicável naquele momento,chorei como nunca havia chorado.E mesmo que alguém diga que talvez seja uma paixão de adolescente mal resolvida,quero dizer que esta mulher não mora no Brasil e com certeza hoje, deve estar ou ser bem mais velha do que eu,até há alguns dias atrás eu não sabia da sua existência física,nem sabia da existência daquele vídeo,foi por um acaso que eu encontrei o mesmo,ou talvez não,como posso explicar.Sei apenas que amo esta mulher loucamente,desesperadamente,sei que ela é ou foi minha,em uma época distante,em uma vida ou vidas passadas,Sei que ela faz parte do meu corpo ,da minha alma,pode parecer loucura,mais parece que sinto o perfume do seu corpo ,as vezes sinto suas mãos delicadas me abraçando ou fazendo carinho em minha face.Neste momento desabo em lágrimas e peço a Deus que acabe com a minha agonia,Não suporto mais,meu coração não aguenta mais e mesmo estando feliz em saber que não estava ficando louco,não sei como vou viver deste jeito.Posso dizer apenas um nome,Hally,este é o motivo meu desatino,esta é a mulher que será eternamente o meu único amor.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;