"A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos." (Norman Cuisins)
Dizem que a vida é curta, mas não é verdade.
A vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades.
E essa tal felicidade anda por ai, disfarçada,
como uma criança tranqüila brincando de esconde-esconde.

Infelizmente às vezes não percebemos isso
e passamos nossa existência colecionando nãos:
a viagem que não fizemos,
o presente que não demos
a festa que não fomos, o amor que não vivemos,
o perfume que não sentimos.

A vida é mais emocionante
quando se é ator e não espectador;
quando se é piloto e não passageiro,
pássaro e não paisagem, cavaleiro e não montaria.

E como ela é feita de instantes,
não pode nem deve ser medida em anos ou meses,
mas em minutos e segundos.

Esta mensagem é um tributo ao tempo.
Tanto aquele tempo
que você soube aproveitar no passado
quanto aquele tempo
que você não vai desperdiçar no futuro.
Porque a vida é agora...
Compartilhe no Google Plus

Sobre João Casmurro

Esta não é uma página pessoal. Todo o material é compilado por uma equipe de colaboradores, coordenada pela editora Ana Carolina Grignolli, jornalista especializada em comportamento.
    Deixe seu comentário
    Comente no Facebook

1 comentários :

  1. Eu preciso viver... tenho 29 anos e não vivo, estou morrendo lentamente, porque amo quem não me ama, porque não tenho coragem de sair de casa, porque não sei fazer amigos e porque todos me irritam.....

    O que será de mim?

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

REGRAS PARA COMENTÁRIOS:

O espaço de comentários do Blog Amor de Almas é essencialmente livre, mas pode ser moderado, tendo em vista critérios de legalidade e civilidade. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. são aceitos comentários anônimos, contanto que não infrinjam as regras acima.

A REDAÇÃO:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;